domingo, 16 de março de 2014

thirty five ♡

Como que eu vou entrar nesse prédio vlh? A mãe dele nem vai com a minha cara. É bem capaz de desligar o interfone na minha cara. Ligar pro Gil eu não queria. Ele tá morrendo de raiva de mim. Mais tbm não posso ficar aqui esperando alguma coisa acontecer. O porteiro já tava me olhando estranho. Me afastei um pouco e encostei na parede do prédio do lado. Fiquei ali por vários e longos minutos. Ai eu sou uma otária. Vim pra fazer alguma coisa e chego aqui e não faço porra nenhuma. Comecei a me sentir cada vez pior. Quando dei por mim estava sentada na calçada. Com as mãos na cabeça pensando no que fazer. Comecei a chorar enquanto os minutos passavam. Eu não queria me humilhar pra ele. Não foi isso que minha mãe me ensinou e nem o que eu prometi pra mim mesma. Mais se fosse o Gil que estivesse errado talvez eu não viesse atrás. Mais o problema é que a culpa é minha. Continuei ali .. .- xxx: Mari ??? -eu conhecia aquela voz. Era .. a voz do Gil claro. Levantei a cabeça e vi o Gil dentro do carro dele saindo do prédio. Me levantei limpando as lágrimas. Fui me aproximar e ele acelerou e saiu com o carro. Achei que fosse me deixar falando sozinha mais parou com o carro do meu lado.- o que tu tá fazendo aqui ? Mari: vim falar com você. Gil: e porque não me chamou ? inves de ficar aí jogada na calçada. É cachorro agora por acaso? ah não, cachorro sou eu. -fiquei olhando pra cara dele e as lágrimas voltaram.- Mari: eu não devia ter vindo, me desculpa -virei as costas e comecei a andar pra sair dali rápido. Só faço merda mano pqp. Olhei pra trás e o carro do Gil acelerou de novo e começou a andar lado a lado comigo.-
Gil: espera Mari .. espera .. veio me procurar e agora da uma de durona ? .. espera .. eai porra , espera! -parei de andar e olhei pra ele novo com o rosto ainda coberto de lágrimas.- entra aí. Mari: não brigada, vou de ônibus. Gil: ônibus? tá doida? Mari: o unico dinheiro que eu tinha no bolso dei pro taxi me deixar aqui. Só tenho pro ôninus agr Gil: entra ai que eu te levo . Mari: não precisa, não sou tão mimada pra não pegar um ônibus. Gil: mais tu veio por minha causa , te levo po, entra. Mari: não devia ter vindo, já falei. Deixa pra lá -continuei andando com um aperto no coração e uma vontade de entrar naquele carro.- Gil: OLHA AQUI -parei de novo e o olhei- eu não devia nem tá aqui falando com você, depois de tudo o que cê fez. Tu devia agradecer que eu ainda tô olhando pra tua cara. Mari: precisa me humilhar porra? precisa? eu vim pra me explicar Gil: então pronto, abaixa tua bola porque eu ainda tô sendo legal. Ou tu entra nesse carro agora, ou eu não vou te escutar nunca mais! -continuei olhando pra ele e eu tava me sentindo um bebê chorão querendo colo. O colo dele no caso. Abaixei a cabeça esperando ele falar mais alguma coisa pra eu poder entrar de vez no carro.- vem logo vai. -fui logo antes que eu derretesse de tanto chorar. Entrei lá e fechei a porta. Ele deu partida. Não falei nada. Eu tava parecendo uma criança. As lágrimas não paravam de descer. Fomos calados e depois de uns minutos paramos na porta da minha casa.Fiquei uns segundos pensando no que falar, até virar pra ele.- Mari: Gil eu .. -ele interrompeu- Gil: ó , se for pra começar com a mesma conversinha .. -pausou- Mari: não! , primeiro eu quero explicar o que aconteceu hoje de manhã. posso? -ele respirou fundo- Gil: tá , fala Mari: eu contei pros meninos lá da escola que eu não tava mais namorando. Começaram a fazer piadinhas falando pra eu ficar com o Léo mais eu não dei nem moral. Na saída ele veio com uns papo de que eu tava me insinuando. Fui tentar sair e ele me beijou. Foi isso que aconteceu. Eu não entendo porque ele mentiu. Gil: e porque ele mentiria ? A gnt não tá mais namorando, pra quê ele ia fazer isso? Mari: pra gnt não ter chance de voltar. Eu nãl fazia idéia que ele era tão obcecado assim. Gil: Olha Mariana, eu não sou otário não flw? Já tenho 22 anos, sou homem. Sei muito bem o que eu quero e sinceramente não tenho paciência pra menininha que não sabe o que quer. Mari: eu não sei o que eu quero ? Fui atrás de você pra que ? Gil: não sei, cansou o playboyzinho lá. Cansou do beijo dele. Mari: EU NÃO BEIJEI ELE! quer dizer.. faz tempo que não beijo ele. Desde antes de a gente começar a namorar. -ele permaneceu calado.Abaixou a cabeça e acho que tava pensando no que responder. Respirou fundo e me olhou de novo.- Gil: e o que tu quer que eu faça? -me surpreendi um pouco- Mari: como assim? Você pegou tanto ódio de mim a ponto de não se importar com a minhas desculpas e explicações? Gil: desculpas? eu não ouvi isso ainda. Você pediu ? não ouvi Mari: isso .. pisa mesmo. Gil: não tô pisando não. Você acha que é assim? Você me pediu um tempo. Te dei esse tempo por quase 15 dias.Fui atrás de novo e você não quis. Mais sabe? Sinceramente eu nunca tinha passado por isso. De uma mina me evitar desse jeito. Eu sei que você é diferente, talvez por isso que eu tenha me apai .. -pausou- que eu tenha te pedido em namoro. E por isso tbm, eu senti sua falta, de verdade mesmo. E aí fui atrás de novo e o que eu vejo? Um mlk te agarrando. Pode perguntar pros meus brothers, nunca fui de namorar mesmo não. Desde de mlk gostava de dar uns beijinhos nas minazinha e depois fingir que nem conheço. Peguei muuita mina mesmo, conheci a Letícia e foi a primeira e única que eu quis levar pra frente. Pelos mesmos motivos que eu quis isso com você. Todo mundo estranhou, pensaram que eu só queria brincar com você. E eu nunca quis. Mais tbm não vou pagar de otário e mostrar pra todo mundo que você me tem na mão. Mari: só me responde uma coisa, você acredita em mim? acredita que eu não te traí mesmo que a gnt não esteja mais juntos? Acredita que eu ainda te amo ? -minha voz embargou e eu voltei a chorar- eu juro pra você que eu nunca tive nem coragem e nem vontade de fazer de tudo pra ficar com alguem. Mais com você eu tenho. Eu não acho que eu esteja me humilhando. Eu só tô correndo atrás do que eu acredito. Nosso namoro. Eu acreditava que podia dar certo. Desculpa se eu te magooei. Eu fico confusa na hora de resolver as coisas. -parei de falar em meio as minhas lágrimas. Ficamos sem falar nada por uns segundos. O único barulho que se ouvia, era o do meu choro, mesmo que discreto. Senti a mão dele levantando o meu rosto, e imediatamente me subiu um arrepio.- Gil: acreditava? Não acredita mais. Mari: depois de tantos dias separados? E depois de tudo o que aconteceu? Não sei. Gil: Então me fala a tua vontade. Mari: minha vontade Gil? Minha vontade é cair nos teus braços agora, sentir de novo e teu calor. A gente sozinhos, em algum lugar, só com o teu beijo pra me aquecer. Eu acho que essa é a minha vontade. Além da de ouvir você falar do teu sentimento .. -sorri e ele riu- Gil: bom , acho que eu posso realizar algumas dessas suas vontades. -continuou sorrindo- Mari: tá me zuando? Gil: não , limpa essas lágrimas aí que eu não aguento mais te ver chorar. Fica feia sabia? Mari: não tô te entendendo -ri forçado e ele continuava sorrindo. Ele tá doido, só isso. Ligou o carro de novo e foi saindo dali.- ow , que isso? Tá indo pra onde .. Hein ? ... Gil? ... Dá pra responder? .. GILMAR?? -gritei- Gil: xiu sua escandalosa. Mari: só me fala onde a gnt tá indo? Vai me matar tbm? Pela sua raiva .. Vai saber. -ele riu. Fechou a boca como se fosse um ziper e voltou o olhar pra direção. Sorri. Ele tinha me perdoado?A gnt tinha voltado? Ai sei lá. Ele atravessou toda cidade. Pegou o caminho da rodovia. Senti um pouco de medo. Mais não falei nada, ele não me faria mal. Depois de alguns minutos na estrada ele foi pro acostamento, virou a direita e entrou numa estradinha de terra por dentro de uma mata. Aí sim eu fiquei assustada.- Mari: pô Gil , dá pra falar agora? Tô ficando assustada. -ele riu e me olhou- Gil: relaxa gatona -pelo menos deve ser por uma boa causa. Até voltou a me chamar de gatona.Voltei a ficar calada. E depois de mais uns 5 minutos nessa estradinha, descemos uma ladeira lá. Ele parou o carro em frente um portão enorme. Desceu do carro com um molho de chaves na mão. Abriu aquele portão, voltou pro carro , entrou com o mesmo pra dentro , saiu, fechou lá de novo e voltou pro carro mais uma vez. Parou o mesmo mais pra frente, tava bem escuro mais consegui ver que estamos em frente uma casona enorme.- Mari: que lugar é esse meo? Se tu não falar eu não desço. -ele riu de novo- tá virando palhaço? Só sabe rir agora. Gil: a gente tá na minha casa. Mari: sua? Ah tá Gil: é po , da minha familia na verdade. É uma chácara pra festas de familia mesmo. Mari: e o que a gente veio fazer aqui ? Gil: vamo descer. Mari: tá escuro , vou cair aqui -ele riu- Gil: perai que eu vou acender as luzes de fora. -desceu, foi lá na frente e logo as luzes acenderam lá. Bem bonito lá. Desci do carro e fui até ele. Ele abriu a porta principal e entramos. Ele acendeu as luzes de dentro agora. Muito linda a casa, toda de madeira e bem luxuosa. Tinha até lareira kk. Fiquei parada na sala.- Gil: pode tirar o sapato -ele falou tirando o tênis. Tirei minha sapatilha e sentei no sofá. Ele foi lá pra dentro mais logo voltou com uma garrafa de vinho e duas taças nas mãos.Sorri.- Mari: pra quê isso ai ? Gil: pra gente. -ele sentou no tapete da sala e me olhou como se chamasse mesmo. Levantei do sofá e sentei no tapete de frente pra ele. Aliás, aquele tapete mais parecia um colchão de tão fofo.- Mari: acho que eu não mereço tanta consideração assim -falei vendo ele colocar o vinho nas taças.- Gil: já provou que merece sim. -sorri- Mari: você me desculpa? vai deixar a gente começar de novo? Gil: vou deixar rolar de novo beleza? vamo ver no que dá -me deu a taça e me ofereceu um brinde. Juntamos as taças- ao nosso recomeço? -sorri- Mari: ao nosso recomeço! -fizemos o "tim tim" e bebemos o vinho.- não tá fazendo isso por obrigação né? Gil: eu já não falei que gosto de você? Mari: e eu te amo .. -falei olhando dentro dos olhos dele- Gil: então pronto po. -deu mais um gole lá. Incrível, 'eu te amo' não existe no vocabulário dele.- só não quero mais a MINHA NAMORADA -enfatizou- na rodinha daqueles mlk de novo. Avisa pra aquele prego que dá próxima vez não vou aliviar pro lado dele -eu ri e cheguei mais perto dele.- Mari: ok senhor ciúmess Gil: ciúmes não, cuido do que é meu! ou não é mais meu? -cheguei ainda mais perto- Mari: claro que é -ele ficou me olhando bem sério. Seus olhos pareciam indecizos em olhar pra minha boca ou pros meus olhos. Acabei fechando os olhos esperando por seu beijo.- Gil: falta mais umas coisas -levantou, acendeu a lareira, desligou as luzes da casa, ligou o som e sentou de novo. Era um cd do projota, ain amo kk. A única luz da casa era da lareira. Ele se aproximou de novo. Tava mesmo ficando friozinho, a lareira deixou tudo bem melhor.- tava com vontade só dos beijos e dos abraços? -deu um sorrisinho bem malicioso e eu ri- Mari: preciso mesmo falar? -sorrimos um pro outro e finalmente nossos lábios se encontraram de novo. As taças foram deixadas de lado. Começamos um beijo agitado e bem intenso. Vontade, saudade e muito desejo de sentir aquele gostinho da boca dele. Nossas línguas estavam em perfeita sintonia se entrelaçando. Uma procurava a outra com muita tranquildade. Ele foi com as mãos pro meu cabelo, e acarciando o mesmo, foi me fazendo ficar molinha. Ele foi descendo as mãos e parou as mesmas na minha cintura. Apertou ali e me puxou pra mais pra frente. Continuamos o beijo que a cada movimento ia ficando mais rápido. Senti algo fervente subindo pelos meus pés assim que durante o beijo, o Gil deu uma sugada no meu lábio inferior. Nos fazendo parar e nos encarar. Estranho mais naquele momento, meu corpo todinho já queria ele. Então num momento de coragem "voei" de novo em na boca dele. Começando mais um beijo. Com a forma avassaladora que eu fui pra cima , ele foi meio que se deitando sem parar o beijo. Fui caindo em cima dele me deixando levar pelo momento. As mãos dele agora deslizavam por todo o meu corpo. No começo devagar, depois foi acelerando a forma com que ele me apertada. E nisso eu ia ficando mais quente e por consequência o beijo tbm ia ficando com sensual. Eu me contorcia e arranhava sua nuca de vontade. Ele parou o beijo de repente, me empurrou e veio por cima de mim. Começou a beijar delicadamente e intercalando entre o meu pescoço e atrás da minha orelha. Eu sentia a respiração dele quente na minha pele. Me lambendo mesmo, sugando meu corpo. Voltei a me contorcer ao sentir essa sensação. Ele então voltou a percorrer meu corpo com as mãos. Devagar ia descendo e ainda com a boca em cima do lóbulo da minha orelha. Deu uma mordida ali e eu me arrepiei. Suas mãos agora habitaram-se sobre minha intimidade. Nem deu tempo do meu corpo esfriar. Senti mais uma vez o calor subindo, o Gil começou a apertar minha bct. Não com força, mais com intuito de me deixar mais excitada. E funcionou pois logo senti que estava molhadinha. Correspondi o agarrando as costas. Fui subindo sua camisa enquanto ele se esfregava em mim. Arranhei suas costas com um pouquinho de força e ele gemeu arrepiado. Então abriu com pressa o zíper da minha calça. Foi descendo a mesma com um pouco de dificuldade pois ainda estava concentrado em algumas mordidas na minha orelha. Empurrei ele pra parar. Pois eu já estava morrendo de vontade de sentir seu corpo em mim. Ele entendeu e terminou de tirar a calça com pressa. Veio de novo e eu fui Subindo sua camisa de novo até tirá-la. Ele afastou minha calcinha e começou a massagear minha bct. A sensação era deliciosa, eu comecei a sentir um tesão enorme dele. Enquanto ele fazia isso, ainda lambia o meu pescoço. Seus dedos acabaram adentrando minha amiga. Foram se movimentando em vai e vem. Eu gemia baixinho de prazer e ele parecia gostar. Colocou mais um dedo e eu agarrei os "pelos" do tapete. Foi fazendo os movimentos e eu tava doidinha.- Gil: geme vai , eu gosto -ele sussurou no meu ouvido e eu ri meio que sem som. O empurrei de novo e fiquei em cima dele. Tirei minha blusa olhando pra ele. Desci a mão por seu abdômem e parei no zíper da bermuda. Abri e fui tirando rapidamente e junto com sua cueca. Olhei seu membro em pézinho e caí de boca ali. Comecei a chupar, subindo e descendo com vontade. Não era bom somente o gosto mais ouvir os gemidos dele a cada movimento que eu fazia tbm. Eu modia a cabeçinha e continuava chupando vendo ele ficar doidinho até ele puxar meus cabelos me fazendo voltar pra cima. Deitei ao seu lado no tapete e ele veio. Afastou meus cabelos deixando meu pescoço livre. Me deu um beijo no rosto me fazendo estremecer mais um pouco. Pegou uma camisinha no bolso da calça e me deu. Abri e coloquei nele que sorria bem safado. Ele pegou na minha cintura e apertou. Senti que ele pegou em umas gordurinhas. Acho que engordei um pouquinho kk mais acredito que ele não se importe. Acabei deitando de novo no tapete. Finalmente ele veio. Juntou nossos corpos e eu senti seu calor ardendo sobre mim. Nossas intimidades estavam coladas e ai seu membro adentrou minha bct. Subi um pouco meu corpo e ele me acompanhou. Começou a meter bem devagar, me fazendo sentir um intenso prazer. Eu arranhava suas costas e gemia no mesmo ritmo. Ele ia enfiando cada vez mais, até botar tudo. A cada entocada ele me deixando mais louca. Me segurava pelos cabelos e hora ou outra sussurava no meu ouvido. Meu corpo estava totalmente entregue ao momento. Não era só prazer. Era os nossos sentimentos se misturando. Parecia que eu queria cada vez mais dele. Era uma sensação fora do comum mesmo. Depois de tempo naquela posição, parei o rosto dele o fazendo parar de "bombar". Nos dois sentamos um de frente pro outro. Subi em cima dele e o mesmo foi me acompanhando com o olhar. Segurou na minha cintura olhando o que eu iria fazer. Sentei no seu p. fazendo ele enfiar de novo. Comecei a rebolar em cima dele. Gemiamos juntos e ele apertava meu bumbum todo inquieto. Fui aumentando a velocidade dos movimentos e comecei a quicar em cima dele. Segurei em seus ombros e ele me pegou pela nuca. Continuei os movimentos vendo ele pirar. Senti que estava chegando no ápice do prazer. Aumentei mais ainda a velocidade. Tava tão gostoso que eu sentia vontade de gritar. Tava quase porque eu já gemia super alto. E quando eu já não aguentava mais, senti que ele gozou e eu acabei gozando tbm. Sai de cima dele e deitei de novo no tapete. Ele apoiou o braço no tapete e ficou me olhando ainda ofegante. Afastou uma mecha do meu cabelo e eu sorri pra ele.- Gil: queria dar outra definição mais a única coisa que eu consigo falar é que tu é muito deliciosa vlh , pqp -falou passando a mão no seu rosto e eu gargalhei- é sério, se veste logo se não vai ter segundo round hein? -ri de novo e peguei minha calcinha. Vesti lá e em seguida todas as outras peças. Ele tbm se vestiu e tal.- Mari: vamo? Gil: porque? Tem que chegar cedo? Mari: nem avisei que ia sair. Meus pais devem tá pensando que eu tô na casa das meninas. Gil: então, pra todos os efeitos tu ainda tá lá -ri. Ele pegou de novo o vinho e as taças. Colocou lá mais um pouco pra gnt- tá com fome? Mari: ai, eu tô. Até tomei café mais ultimamente a fome tá monstra. -rimos- Gil: vou ver se tem alguma coisa pra gente comer. -ele levantou e foi até a cozinha. Depois de um tempo voltou com um pratinho com dois mistos quentes. Comemos, conversamos, e namoramos durante mais uns quarenta minutos. Depois a gnt foi embora. Parece de demorou mais pra chegar do que pra ir kk. Mais enfim chegamos.Ele tirou o cinto e se aproximou de mim.- êh gatona, tava com saudade. Mari: tava mesmo ?? Gil: tava, de verdade mesmo. Mais pelo menos pra mim não é fácil dar o braço a torcer. Mari: eu tive que dar. Porque não tava mais aguentando. -ele sorriu- Gil: vai ficar tudo bem agora. Só promete pra mim que nunca mais vai fazer um plantão daquele na porta da minha casa? -eu ri- Mari: preferia que eu não fosse? 
Gil: não é isso, é que eu não quero mais te ver daquele jeito. Da próxima vez me liga , fala pros mlk te levar, manda as menina falar cmg , sei lá. Mari: tá bom , não vou mais fazer isso. Foi ridículo mesmo. Mais, não vou mais nem por você e nem por ngm. Gil: não que eu não mereça né gatona? Mari: mais ou meeeenos, mais meeeeenos. -ri- Gil: aaah é ? -fez cosquinha em mim e eu empurrei ele rindo- Mari: ai , vou entrar que minha mãe deve tá dando cria já -rimos. Me aproximei e dei um selinho nele.- boa noite - saí do carro e fechei a porta. Sorri pra ele e me virei- Gil: Mari?! -me chamou e eu olhei- brigada pela noite -corei um pouquinho e dei um sorriso. Não falei mais nada, me virei e entrei em casa. Passei pela sala , fui pro quarto dos meus pais. Escutei um pouquinho mais depois foi de boa. Fui pro meu quarto. Tomei um banho, me vesti colocando meu pijama e deitei. Só pensando positivo pra que tudo dê certo entre mim e o Gil dessa vez. Virei pro lado, olhei o reloginho e eram 00:14. Hora de durmir kk , fechei os olhos e logo adormeci [...] Bom, eu e as meninas estamos saindo da escola agora. Hoje eu nem olhei cara do idiota do Léo. Fiz questão de ficar exibindo minha aliança de novo. Ele parecia bem nervosinho. Quem mandou passar dos limites? Enfim, acabamos de chegar aqui na minha casa. As meninas entraram cmg.- Mari: vou tomar banho. -falei deixando minha mochila no canto. Elas deixaram tbm- Liza: beleza, a gnt vai fazendo o almoço -assenti e fui pro banheiro. Tomei meu banho, me vesti con shorts jeans e regatinha laranja. Fui pra cozinha, terminei o almoço enquanto as meninas foram pro banho. Falei pra uma ir pro banheiro dos meus pais e outra pro meu. Elas foram. Terminei de fritar o frango e as batatinhas. Quando elas saíram, a gnt comeu. Lavamos toda a louça e fomos pro meu quarto. Liguei a tv, a gnt deitou e ficamos conversando. Coloquei no multishow e tava passando um show da Demi Lovato. Deixei lá.-
Dinha: então quer dizer que ontem o coro comeu? -gargalhamos- Mari: ridicula .. tem nada de comer não. Liza: tá bom, prefere como? o trem moeu? o jiripoca piou? -rimos de novo- Mari: cala a boca vcs -ri- a gnt se entendeu bem até demais, só isso. Liza: verdade, bota bem nisso. Mari: fica quietinha que até agora pouco tu tava falando bgl de dar um tratinho no Paulinho -rimos- Liza: eu tava brincando meo, tenho mó vergonha dessas coisas Dinha: aii tadinha, a Mari te ensina como faz. Mari: falou a santinha Dinha: ai eu sou mesmo -rimos e continuamos conversando sobre outros assuntos. Depois que a gnt ficou um tempinho em silêncio, comecei a prestar atenção no show e cantar. Tava passando "Fix a heart" , amo essa música. Fui interrompida pelas meninas kk .- Liza: ainn Mari , odeio sentir inveja de você Dinha: duas, pareço uma taquara raxada cantando -rimos- mano, mó cota que tu não canta. Liza: né meo, quanto tempo que tu não faz um vídeo cantando ? Mari: pois é , eu devia ter uns 14 anos quando fiz o ultimo -ri-
Dinha: ai , porque tu não faz amiga ? Mari: sei lá ,nem sei se tenho a senha da minha conta no you tube ainda Liza: qualquer coisa redefine po . Faaaazzz -elas começaram a bater palma lá- Mari: aii meu Deus, tá bom vai. -ri. Levantei , peguei meu violão e sentei de frente pra câmera.- o que eu canto? Dinha: vishh , não sei. Liza: pensa no Gilzera -rimos e eu decidi Cantar 'Logo eu' do Jorge e Mateus.Liguei a câmera, e comecei. As meninas ficaram do lado só olhando. Realmente aquela música era todinha pro Gil. A cada verso eu me lembrava da noite passada. Quando terminei , entrei na minha conta e postei na minha conta do youtube , onde eu tinha muitos inscritos e compartilhei com o meu face e com o twitter- mabittencourt: MARIANA BITTENCOURT - COVER LOGO EU - JORGE E MATEUS  
Quanto tempo hein? Bom, decidi voltar a postar os vídeos aqui. Espero que voltem a me acompanhar : )) Beeeeeijossss    
Logo começaram a aparecer alguns coments. Entrei no twitter e os fã clubes do Gil tavam tudo alvoroçado kk. Começaram a marcar o Gil no vídeo e tudo. Mais nem vou falar nada, deixa ele ver e depois me fala kk. Continuei ali com as meninas que passaram a tarde cmg.. ~Mari off~
~Amanda on~ Aquele dia rolou um pequeno stress entre mim e o Junior por conta da festa do meu primo e tal. Mais depois ficou tudo bem. Foi mais umas das crises de ciúmes dele. Blz, tô me acostumando. Agora que eu cheguei em casa. Tava lá na Mari. Deixei minhas coisas no quarto e fui pro dos meus pais. Só tava minha mãe na verdade. Meu pai tinha saído pra comprar não sei o que.-
Dinha: eai amor -falei sentando na cama e ela voltou a atenção pra mim. Me deu um beijo e sorriu- Luísa: tudo bem ? faz tempo que não ficar um pouquinho sozinha comigo. Dinha: culpa do meu pai que não te larga. Luísa: que bom né minha filha -riu com o nariz e eu sorri.- mais e você? seu coraçãozinho? Dinha: ah mãe, de boa. Batendo -ri- Luísa: batendo acelerado por alguém? Dinha: até que sim -ri- mais não sei se vai dar certo. Luísa: por causa de você ou dele ? Dinha: os dois. Primeiro por ele e segundo por mim. Luísa: mais vocês se gostam? Dinha: sim, mais o estilo de vida dele é dificil pra mim Luísa: o que ? ele não quer trabalhar? é pobre? -gargalhei- Dinha: pobre? se ele quiser compra santos inteira. Luísa: é mesmo filha? mais é um bom menino? Dinha: ele é sim. As vezes um pouco imaturo mais, é o jeito mlk dele. Luísa: então qual é o problema? Dinha: o problema é a vida dele mesmo. Não tenho como te explicar, nem precisaria. Era só falar o nome dele. Luísa: porque? conheço ele? Dinha: Si.. quer dizer, não. Luísa: não tô entendendo -riu- Dinha: ah mãe, a gnt não tá namorando. Quando, ou se isso acontecer, ele vai vir aqui e vcs vão saber de tudo. Luísa: tudo bem então. Só tenha juizo. Mesmo que ele seja um bom menino, nunca se sabe. Dinha: claro mãe, sua filha não é burra não -rimos de leve- e as meninas? Mari tá namorando né? Dinha: tá -ri lembrando do idiota do cebola- aquele mlk é demais. super engraçado, cê tinha que conhecer. Aliás, todos eles são assim.
Luísa: eles quem? Dinha: o bonde que eles andam , tipo, os amigos e tal. Luísa: ah sim .. e a Liza? Dinha: tem o amor dela tbm. Ela andou sofrendo aí por ele mais, ele gosta dela. -sorri- Luísa: que bom .. tão estranho ver vcs crescendo assim. Parece que ontem mesmo eu e as mães das meninas estávamos levando vcs pra escola -ri- Dinha: ai mãe , faz tempo hein ? Luísa: na cabeça de uma mãe nem tanto. -sorriu- Dinha: nunca vou deixar de ser sua menina -dei risada e deitei no colo dela. Fiquei ali durante um tempinho. Depois fui pro meu quarto. Sentei na cadeira do computador e liguei o mesmo. Ouvi a campainha tocar. E depois de uns segundos a Liza entrou lá.- Dinha: orra, saudade? Liza: sim, tô carente. Dinha: vish, perai que eu vou ligar pro Paulinho. Liza: ai , sai dessa ow -riu e deitou na minha cama- chama a Mari. Dinha: e ela não falou que ia durmir? Liza: ah é, nossa daqui a pouco ela hiberna mano. -eu ri- sério, tá durmindo dms. Dinha: Gilzin, acaba com ela né -rimos. Ela pegou meu not e abriu lá.- Liza: noossa, mó cota sem entrar no meu face. -falou vindo com meu not e colocou ele do lado do pc na mesinha. Depois um banquinho e sentou do meu lado.- Dinha: e eu ? -ri- tô entrando agora. Liza: eu tbm -riu. Entrei lá e tinha uma pá de coisa. Solicitação de amizade eram 15 .. nass kk. - Liza: caraio tem um monte de solicitação de amizade -riu-
Dinha: aqui tbm -vi que ela abriu e abri tbm.- Liza: CHRYSTIAN??? Dinha: GABRIEL???-gritamos quase juntas olhando quem tinha solicitado amizade pra gnt. O Chrystian, que a Liza pegou na balada aquele dia, e o Gabriel da festinha do meu primo.- Liza: pqp , como esse mlk me achou? Dinha: teu nome não é muito comum, deve ser por isso. Liza: noooosssa vlh, que bgl loco isso. E agr? tu vai aceitar o Gabriel? -pensei um pouco antes mais, que mal tinha? - Dinha: ah, eu vou. O que que tem? Ele é meu amigo. -falei e já aceitei lá.- e tu ? vai aceitar? Liza: claro que não. Eu fiquei com ele, óbvio que me adicionou pra marcar alguma coisa. Dinha: caraio, ele é gato hein ow ? -falei olhando pro perfil dele que ela tinha clicado.- Liza: ele é -ri- tu não tem noção da pegada da criança! -rimos- Dinha: safada! melhor que a do Paulinho? Liza: não né, mais porra, beija muito bem -riu- já ia perguntar do Gabriel mais tu nem ficou com ele e tal. Dinha: nem fala um trem desse -rimos- nem vou ficar. Liza: mais pelo visto ele quer .. tu falou que tem namorado? Dinha: não. Eu tenho? não tô sabendo. Liza: para mano -riu- e ai, eu recuso ou deixo aí a solicitação? Dinha: quer saber? aceita. Liza: oi? bebeu Amanda? Dinha: tu não falou que a Giovanna tá armando pra dar o bote no Ph? não falou que ia usar tuas armas? além de usar essa "arma" aí que tu tá querendo -rimos- tu pode deixar ele com ciumes tbm. Liza: tipo, que se eu aceitasse ele ficaria com ciumes? Dinha: é , ia achar que pode te perder. E ai sim, só vai dar você nos olhos dele -rimos-
Liza: acho que ele me mataria. Dinha: ele nem usa o face direito. Liza: mais pensando por esse lado, ele acharia que pode me perder mesmo .. ah , foda-se , vou aceitar -aceitou lá e a gnt caiu na risada pelo jeito que ela falou.Ficamos lá conversando. Depois de umas horas elas foi embora. Eu saí do pc, tomei outro banho, tomei café , deitei , depois jantei kk E agora tô aqui deitade vendo tv de novo. Acabei de falar com o Junior. Ele não falou nada sobre alguem que eu aceitei no face. Ou seja, nem viu kk e nem vai ver. E outra, tem nada a ver. Como eu falei. Ele chamou a gnt pro jogo amanhã e a gnt vai. Tô com saudade dele .. ~Amanda off~
~Liza on~ Segunda o Ph me contou que a Giovanna tem ligado pra ele todos os dias. Não tinha nem como eu não sentir ciumes né? Ela pensa que tá mexendo com otária. Talvez por eu nunca ter namorado. E talvez por eu ser fã. Não tô abobada por ele ao ponto de pensar que tô num conto de fadas onde já conquistei meu príncipe pra sempre. Sei muito bem o que ela quer. Fazer ele ir pra lá, e se fazer de coitada pra ele ter pena e ter uma recaída por ela. Claro que o estado que o pai dela tá me comove. Mais ela não devia usar isso como desculpa. Ridículo isso. E eu decido naquele momento que ia fazer o que impossível pra dificultar as coisas pra ela kk. Lógico que tenho medo de ele recair. Mais tenho muita capacidade de fazer um homem ficar na minha mão. Não me gabando. Mais dá uma ligada no Caio. Fala se ele não é um Deuzinho Grego? E se eu ligo agora pra ele, ele vem me buscar aqui agora. Mais infelizmente quem "roubou meu coração" não foi ele. É como diz aquela música do Th que um dia o Henrique mesmo cantou pra mim.. "Só sei que foi demais pra mim, o amor não existia, mais, até ver você". Eu não fazia idéia que pudesse se amar desse jeito. Tão afim de fazer de tudo por uma pessoa. E por isso que eu sei muito bem o que eu vou fazer. E não vai demorar muito, não quero dar tanto tempo assim pra ela. Meo, hoje abri meu face e tinhas várias solicitações de amizade. Me surpreendi mesmo foi com a primeira. Era o Chrystian tipo, como ele me achou? talvez seja o que a Dinha falou. Meu nome não é muito. E por ter muuuuuitos amigos,pode ser que tenhamos alguns em comum. A Dinha falou que uma das armas tinha que ser fazer ciumes. Aí eu acabei aceitando e tal. Espero que o Ph nem veja. Mais lá no fundo queria que ele visse sim rs. Bom, agora tô sainda da escola com as meninas nessa quarta feira. Foi tudo normalzinho hoje. Tinha um povo no intervalo falando que a escola tava organizando nossa viagem de formatura. Parece que essa semana vão passar nas salas pra avisar como vai ser. Ano passado o terceiro ano fez no meio do ano e não no fim. Mais não sei como vai ser esse ano né. Meo, faz aaanos que a gnt tá anciosa pra essa viagem. Geralmente é com a forma turismo. Eles falam pra gnt escolher o destino. Todo mundo acaba escolhendo Porto Seguro. É isso que a gnt quer kk. Maass vamos esperar eles avisarem a gente. Fui indo pra casa com as meninas. Assim que cheguei, me despedi delas e entrei. Deixei minha mochila no canto e fui pro banheiro. Entrei no banho, tomei bem demoradinho. Depois saí, me sequei e me vesti com um macaquinho rosa de algodão. Fiz um rabo de cavalo bem alto. Fui pra cozinha, fiz meu almoço com peixinho frito. Muito bom, saudável e gostoso. Arrumei tudo por lá, e na casa em geral. Depois fui pro quarto. Peguei o not e abri as redes sociais. Inclusive o face. Assim que entrei subiu uma janelinha do Chrystian me chamando. Puuuutaaa merdaa.-
-Bate Papo- Chrystian Sampaio: eaee gata , po achei que nunca fosse te achar. Liza Albuquerque: eaee haha , nome difícil né ? Chrystian Sampaio: po, tava procurando teu nome normal. Nem sabia que tava pelo apelido. Liza Albuquerque: E como tu achou? Chrystian Sampaio: a gnt tem uns amigos em comum. Coloquei teu apelido e apareceu na hora. Reconheci na hora teu rostinho lindo. Liza Albuquerque: ^.^ Chystian Sampaio: kk mais eae, tudo bem? Liza Albuquerque: tô bem e você? Chrystian Sampaio: tbm .. e aquele dia lá ? Teu namorado brigou bastante cntg? Liza Albuquerque: ele nem é meu namorado kk até que brigou sim. Chrystian Sampaio: não é? então tu deixou jogadorzinho apaixonado hein ? Liza Albuquerque: kkkk vai saber né Chrystian Sampaio: tá ficando com ele ainda? Liza Albuquerque: aham , tô sim kk Chrystian Sampaio: po , e eu hein ? nossa, não tirei teu beijo da cabeça. Liza Albuquerque: sério ? kkk Chrystian Sampaio: sério meu, teu cheiro gostoso, e teu corpo dançando todo provocante. ai ai Liza Albuquerque: tá falando isso só pra me levar no papo Chrystian Sampaio: to falando sérião, fiquei olhando de longe e pensei comigo "que deusa mermão! " Liza Albuquerque: kkkk po, brigada pelo 'Deusa' Chrystian Sampaio: orra, e é mesmo. mais fala aí, tu gostou ? Liza Albuquerque: ah, gostei kkk só que aquele dia só ficamos pq eu tinha brigado com "ele"antes. Chrystian Sampaio: tô ligado, mais tenho pegada não tenho? E tu tbm tem. Namoraria cntg hoje deusa. Liza Albuquerque: séloco , namorar .. kkk Chrystian Sampaio: na moral memo, tu é muito gata. Não combina com aquele joelhinho de vidro. Liza Albuquerque: ah meo, fala assim dele não .. pq não? kk sou santista. Chrystian Sampaio: mudaria de time por mais um beijo seu. Liza Albuquerque: kkkkk se liga, vou sair aqui porque vou pro jogo e tal. Chrystian Sampaio: fmz linda, vai lá. Posso te chamar de novo outra hora? Liza Albuquerque: pode sim kk , vou lá beijo. Chrystian Sampaio: beijo deusa. Fechei tudo lá e gargalhei. Ai meu Deus, mereço mais um kk. Já falei que minha autoestima não aguenta. Fui pro banheiro de novo. Tomei um banho rapidão pq já tava mei atrasada. Saí, coloquei uma calça, uma blusa branca tomara que caia com uma caveira em pedrinha. Calcei minha sapatilha preta, arrumei cabelo e uma make básica. Passei perfume, creme essas coisas, peguei uns acessórios e arrumei minha bolsa. Tire uma foto lá, fiz uma montagem delas e postei no insta- 
lizalbuquerque: "Se a gente colhe o que planta, coloca um sorriso no rosto que logo ele brota na alma" #fuiss     

[@] meninasdotoiss: scrr que princesa . [@] caioyukio: maravilhosa como sempre   
[@] mabittencourt: vem logo noiva, tamo aqui fora.
[@] orgulhoph: Que gata véi, nossa .. [@] bondedotois: roubou a beleza do mundo! [@] prasemprenjr: me dá um tikin de lindeza? [@] catharinesouza: quero seus olhos *-* [@] sorriarafa: aiii que lindaaa cara [@] samsungphganso10: Linda demais   cartasproph: conhece ela @samsungphganso10 ?
[@] principeph: falei pra tu que aí tem @cartasproph ..
Peguei minhas coisas e saí. As meninas tavam lá fora msm.- Dinha: lá vem a noiva, lá vem a noiva, lá vem a noiva, lá lá lá lá -cantou a nós rimos- Liza: me errem hein -ri- cadê nosso motorista? Mari: o MEU motorista tá chegando já -rimos. Rapidinho o Gil chegou. Entramos lá no carro e ele deu partida. Meu celular apitou e era um whats do Ph. Abri lá.- Henrique  
eaiii pode parar de tirar foto e vem me logo que tô com saudade u.u kkkk tô chegando chega antes de eu ir pra vila? aham, tô perto já. blzz morena            
Chegamos lá, entramos com o carro. Ele estacionou, descemos e entramos. Os mlks tavam descendo já kk.-
Liza: apenas demoramoss Ph: apenas demoraram mesmo. Tamo indo já -ele tava meio sério. Me aproximei, e ele parou. Pegou meu rosto com as duas mãos e me deu um selinho demorado. Sorri pra ele que ainda estava sério-
Liza: que foi? tá sério. Ph: na volta a gnt se fala. vou lá -beijou o ar e foi. Caraio, conversar de novo? ai senhor .. [...]

CONTINUA!

Temos dois recados pra vocês, o primeiro meninas, é que, essa semana ficamos sabendo que um blog estava plagiando nossa introdução. Ficamos meio chateadas mais nem tivemos tempo de olhar o blog porque tá tendo muuuuuitossss trabalhos na escola. Quando fomos ver a menina tinha excluido tudo. Não sei se algumas de vcs comentaram lá , so soubemos de umas meninas la da escola que sao leitoras aqui tbm. Achamos ate meio engraçado mais nao gostamos claro. Maaaaasss , como nao vimos , e as meninas ainda disseram que a dona do blog era leitora aqui . Queremos dizer pra ela que , se alguem falou alguma merda ,não foi a gnt . Mais que claro que a gnt ficou super chateadas. Mais agr está tudo resolvido né. Que ela continue lendo nossa historia , e se quiser que divulgue a dela aqui pode pedir . E o segundo é o seguinte, agr vai ser assim , sem comentarios, sem post. Quando a gnt reclama vcs comentam, mais se a gnt para, vcs param de comentar tbm. Quando comentam, elogiam p crl mais dps deixam de comentar? olha, nunca pensamos em abandonar, mais se nesse capitulo nao tiver pelo menos mais da metade do que costuma ter em pouco tmp, vamos pensar seriamente nisso. Po, a gnt smp fica muito feliz com os comentarios e nos dedicamos ao máximo pra fazer um capitulo criativo.As vizualizações não chegam nem perto do numero de comentarios. Vocês aí que só leem sem comentar, comenteeeeeem. Nem que seja um "continua" ou "+" . E Quanto mais demorar pra aparecer os comentarios, mais a gnt vai demorar pra postar. Se vocês comentassem a gnt postaria até 2 por semana. Bom, é isso , estamos tristes .. Comentem meninas. Ah, e se a gnt deixa vcs na curiosidade e paramos na melhor parte, é por uma boa causa kkk amamos vcss , beijos e quando tiver um bom numero de coments, a gnt posta. Ah, no outro post esquecemos de passar nosso whatsapp, a gnt criou um grupo lá, então adc a gnt mas falem que vcs são leitoras do blog, beijosss
AMANDA: 013 9 97500354 LIZA: 013 9 88650388 MARI: 013 9 81413878 Tá aí pra quem quiser conversar ou perguntar alguma coisa   

43 comentários:

  1. Perfeito como sempre! !!

    ResponderExcluir
  2. Que medo dessa conversa do Ph com a Liza. Cap top.

    ResponderExcluir
  3. e ai girls sou nova leitora aqui, e sempre que der p comente, eu comento ta ? Ta super perfeito, amo o blog d vocs !!! Ahhh e eu vou chamar vcs lá no wpp okay ??

    ResponderExcluir
  4. posta logo uhuuuuuuul

    ResponderExcluir
  5. EELE TEM QUE FALAR EU TE AMO PRA MARI MANOOOOOOOO

    ResponderExcluir
  6. Hahahahahah top ! Eu adorei o gil e a mari... to muito curiosa pra saber oq o paulinho quer... :( tomara que nao seja nada grave e.nada que afete a relaçao deles. Mas tenho ctz q tem dedo da giovana nisso :@ essa mina tem que se tocar em ..?! Haha top meninas continueeem -Mari

    ResponderExcluir
  7. Perfeito, sem mais. Continua logo!!!!

    ResponderExcluir
  8. o Gil e a Mari dois safadinhos ;)..#Euacho que ta na hora do gil dizer EU TE AMO Mari...Continuaaa é impressão minha ou os cap tão diminuino ?!!Escrevam maior um pouquinho PF...
    Amanda

    ResponderExcluir
  9. posta mais , esta maravilhoso .

    ResponderExcluir
  10. Perfeita a reconciliação do Gil e da Mari, o que será que o Ph que conversar com a Liza tô curiosa, continua to amando!

    ResponderExcluir
  11. Vocês param na melhor parte isso já e secagem Ne não faz isso comigo Poxa, será o que o ganso que falar com ela tomara que eles não fiquem longe denovo, Hmmmmmmm e o Gil e a mari em? tão na ativa Kkk @Sexyneymar

    ResponderExcluir
  12. Continua logo, ta demais!

    ResponderExcluir
  13. Oi trio que eu já gosto e que ferram meu emocional me deixando nessa curiosidade... Tou na vibe das meninas tá faltando um eu te amo, dois ou vários do Gil pra Mari e vice versa e já quero ele batendo no carinha sem noção o tal do Léo ele podia tentar agarrar a Mari e as meninas meio q salvarem ela e ela ficar mal e ir pra casa aos prantos e elas ligariam pro Gil e ele ia surtar primeiro ia na casa dela e cuidaria dela e eu acho q podia rolar o eu te amo dele pra ela e uma declaração fodástica no instagram e no outro dia ele ia na escola pra cv com o tal do Léo e como ele é folgado o Gil daria dois socos nele e diria que se ele encostar na Mari denovo ele iria deixar ele sem dente nenhum na boca nesse dia a Mari podia faltar pq ainda estaria mal. Quanto ao Ph ou ele começa a se impor ou a fila da Liza tem que andar tá chato esse rolo dele com a ex e a família dela... ah a Dinha me extressa e Amanda te disse o pq haha. Postem logo loucas

    ResponderExcluir
  14. PQP vcs sao perfeitas

    ResponderExcluir
  15. Concordo com a Vanessa Cristina... acho que se acontecer isso ai q ela disse ia ser top. Continueeeeeem ARRASARAAAAM

    ResponderExcluir
  16. estou adorando o blog de vcs

    ResponderExcluir
  17. Concordo com a vanessa na parte da liza e do Ph, ta me dando raiva dele já! Acho q ela devia arrebentar aquela idiota da namorada dele tbm. kkk

    ResponderExcluir
  18. Não tenho nem oq falar mt pft essa fic contínua rapido pf.. . mais....... O Gil tem q amolecer esse coraçaozinho aí heim ;-)

    ResponderExcluir
  19. Vcs querem me matar aqui só pode! Q pft

    ResponderExcluir
  20. cada dia mais viciante e perfeito !!!continuaaaa

    ResponderExcluir
  21. Hmmmmm Néé ... eu tava lendo o capítulo anterior que eu não consegui terminar de ler. Ehhh Caraa, Gilzim e Marii Taum Safadiiins kkkkkkk "Continuuuuaa" Ou '++++++++" kkkkkkk
    Amooo Vcssssss !!! Eeeeh Ooooh Niiveer Da Diinhaaa Jááááá Ta quase chegaaaandoooooooooo 11/4 em uma Sextaaaa !!! 1.7 Aneeenhooooooooooooooooooss kkkkkkkk

    ResponderExcluir
  22. TOOOOOOOOOP CONTINUA

    ResponderExcluir
  23. Quantas vezes vou ter que repetir que vocês são fodas? kk Continuaaaa

    ResponderExcluir
  24. ++++++++++++++++++++++

    ResponderExcluir
  25. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  26. Amo demais <3 ++++++

    ResponderExcluir
  27. Mega curiosa,esse blog é viciante cara *o* rs Amo demais

    ResponderExcluir
  28. morro de amores *-*

    ResponderExcluir
  29. voz da mari<3 posta mt perfo

    ResponderExcluir
  30. Oi linda, eu lia seu blog mas tinha perdido o link, então achei um dia desses e voltei a lê-lo. Adoro a história e essa dinâmica de três meninas narrando, dá uma particularidade ao seu blog. Meus parabéns pela história e continuem porque eu to ansiosa pra saber o que o Ph quer falar com a Liza rs. Se puder indicar meu blog ou dar uma lida agradeceria. É gilmeuamor.blogspot.com. Indicarei o de vocês no meu com certeza. E pra não perder o costume CONTINUAAAAAA, rs

    ResponderExcluir
  31. Sei lá, só acho que já podem postar logo! kkk Continuaa

    ResponderExcluir
  32. Meninas voces sao foda, esse blog è simplismente perfeito, tomare que voces nao para de escrever por que as melhores fanfics sempre sao assim! amo voces demais <3

    ResponderExcluir
  33. Sdds de vcs postando sdds :$

    ResponderExcluir