segunda-feira, 18 de novembro de 2013

sixteen ♡

Njr: nem sei se é bom te falar Dinha: pq não ? Njr: pq tu vai ficar brava comigo Dinha: eu ? pq ? não tenho nada contigo Njr: vai começar ? -dei risada e sentei na cama- Dinha: fala Neymar!-ele veio e se sentou do meu lado- Njr: ela me falou um negócio. Não sei se é verdade. mas se for, não quero mais nada com ela do mesmo jeito. Dinha: dá pra falar o que é ou tá difícil ? Njr: tá , ela falou que acha que tá grávida -fiquei boquiaberta olhando pra ele- Dinha: parabéns, 18 anos , sai comendo todo mundo aí dá nisso. Tá com gonorreia também não? Njr: nossa Amanda , olha o que tu tá falando. Dinha: e olha o que tu fez meo. Njr: eu nem lembro quando isso aconteceu. Dinha: não lembra? nossa mano. Vou te falar uma coisa , se tu não criar juizo , com 30 anos vai ter um time de futebol de filhos! Njr: invés de tu ficar me repreendendo, devia me dar algum conselho slá Dinha: conselhos quem dão são amigos. Não sou tua amiga! Njr: ainda bem -sorriu- Dinha: piadinha agora não. Njr: sério, não sei o que eu faço agora. A Fernanda disse que tomava pílula. Dinha: haha gato , isso na minha quebrada se chama "golpe da barriga"-fiz aspas- Njr: ela não ia fazer isso. Dinha: ah não ? tá defendendo ela ? Njr: não começa, eu sei que tu ta brava mais isso também já é demais só tenho que te falar isso, des-cul-pa Gosto muito de você, não quero que tu pare de falar cmg por isso. Dinha: porque eu pararia ? não tenho nada a ver com isso. Njr: cara, vou te falar. tu tem que parar fingir que não se importa comigo. Quando na verdade, tudo o que tu quer sou eu.
Dinha: se toca, não quero nada. Ainda mais tu tendo um filho com aquela maria chuteira. -me levantei pra sair do quarto. Ele levantou tbm , pegou no meu braço e me virou pra ele. Njr: daqui você não sai! [...]
~Amanda off ~
~Liza on~ Saí do prédio com o Ph arrasada. Amo ele mais do que tudo nesse mundo , mais não quero atrapalhar a vida dele. Ele rodou muito pelas ruas e nada de me levar pra casa. Depois parou no drive thru do Mc ,e comprou um suco pra mim e voltou a rodar. Agora tá aqui , ainda rodando e não responde uma pergunta que eu faço. De repente ele foi parando o carro .. Ph: vamo vê se tu tá esperta. Onde a gente tá? -abaixei um pouco a cabeça pra olhar- Liza: seu prédio. Parou aqui pq ? Ph: pq tu ainda tá brava comigo, e a gente tem que conversar. Preciso falar. Liza: pra que eu ia querer saber ? Ph: preciso mesmo dizer ? Liza: precisa Ph: pq você faz parte da minha vida -ri irônica- Liza: há conta outra Ph: vamo subir que eu te conto. Liza: não vou subir pra sua casa Paulo Henrique. Presta atenção nisso. Eu, na sua casa, com você! Ph: exatamente -ligou o carro de novo e foi entrando no prédio. Resmunguei bastante mais não adiantou. Ele parou o carro na garagem. Liza: cara , sem chance de eu subir . Ph: sem chance ? -encarei ele. O mesmo saiu do carro. Deu a volta e foi abrindo a porta do lado que eu estava. Pegou no meu braço e foi me puxando. Liza: para! -foi me arrastando até eu sair do carro.- caralho, tá machucando! -me soltei dele. e o mesmo riu. Foi indo em direção ao elevador. Fiquei ali parada , não acreditando que ele não tava dando a mínima pro que eu queria. Me virei e fui indo em direção ao carro. Vou entrar , e só saio na porta da minha casa. Quando eu ia abri a porta. "alguém" trava a porra do carro. Respirei fundo, olhei pra trás e o Ph tava sorrindo.
Ph: anda logo chata -virou e continuou indo. Fui indo também né, fazer o que -.- . Entramos no elevador, o mesmo apertou o botão pra cobertura. E eu continuava com a cara fechada. Chegando , saimos , e nos dirigimos até o porta. Ele abriu a mesma e deu passagem pra eu entrar. Ph: se sinta em casa Liza: hahaha -revirou os olhos e fui entrando. Escutei o barulho da porta se fechando. E as luzes da sala foram acesas. Levei um susto ! aquela sala era tão do jeito que eu imaginava ..as coisinhas dele , os efeitos, as decorações e todos os detalhes. Era tudo muito ELE *-*. Fiquei viajando só pensando em todos os momentos que me imaginei aqui. E agora é verdade .. Ph: ow -despertei e olhei pra ele- vou te mostrar a casa, vem. -pegou na minha mão e foi me levando. Entramos na cozinha , e era enoorne , aquelas americanas sabe?. Depois a academia , uma sala de jogos , uma de jantar , e depois uma de "futebol". Tinha muita coisa. Prêmios ,medalhas, troféis, porta-retratos, camisas autografadas, reportagens por todo cantos e afins. Típico de um jogador. adorei. Ele começou a subir as escadas.
Liza: aí em cima tem o que ? Ph: os quartos ué -falou sen parar de subir. Subi tbm e vi várias portas. Ele entrou em uma daquelas portas. Fui atrás e entrei tbm. Era um quarto. Beeem masculino , mais todo arrumadinho e sem bagunça. Gostei u.u. Ph: esse é o meu quarto Liza: tá, agora me leva pra casa? -ele tirou o tênis e se jogou na cama. Pegou o controle da tv e ligou a mesma no multishow. Cruzei os braços e fiquei batendo o pé pra chamar a atenção dele. O mesmo me olhou e sorriu. Liza: é só a maria chuteira entrar no quarto que o jogador se revela né ? -ele se levantou da cama e foi vindo até mim. pegou nas minhas mãos e respirou fundo.- Ph: vou te falar tudo. -me levou até a cama e eu sentei na mesma. Ele começou a falar tudo o que o Neymar já tinha me falado. Escutei tudo com atenção e no final fingi surpresa.- Liza: é, entendi. e é exatamente por isso que eu não quero me envolver. Ph: me dá um tempo pra resolver isso ? vai ser difícil pra todo mundo. Liza: eu tenho que te dar tempo ? a gente não tem nada. Beleza , que a gente se beijou mais, foi só essa vez. entendeu? Ph: mais é que eu quero te provar que não é por diversão que eu to te levando pra cima e pra baixo.É pq desde aquele dia que eu te atropelei e vi você lá me xingando , e com meu nome no pescoço -riu-. Eu não parei de pensar em você. Esse teu jeitinho que as vezes parece tão frágil , como agora. Mais ao mesmo tempo é um furacão de mulher.O furacão que eu dançando lá na festa. -meus olhos estavam marejando. Eu não podia acreditar nas palavras dele. Ele estava se declarando pra mim- Liza: não faz isso comigo. por favor , isso é tortura.-comecei a chorar- Você é meu primeiro, meu segundo e meu terceiro amor. Mesmo que não correspondido. Mais para com isso , para! Ph: parar de fazer o que ? de gostar de você. Acorda Lizandra. Eu to dizendo com todas as letras que é você que eu quero. -encarei ele respirando fundo de tanto medo que eu estava sentindo daquelas palavras. Ele veio se aproximando , levou sua mão devagar até minha nuca e puxou meu rosto pro dele. Juntou nossos lábios. E mais uma vez eu amoleci. Deixei ele me levar naquele beijo fazendo nossas linguas bailarem devagar.Não durou muito pois eu estava nervosa. Parei o beijo mordendo seu lábio inferior e sem afastar meu rosto do dele. Liza: não me magoa ,por favor . Ph: confia em mim -sussurrou no meu ouvido e eu me arrepiei. Ele se levantou , me estendeu a mão, eu peguei e me levantei também. Colou os nossos corpos num abraço cheio de desejo e toque. Suas mãos estavam indecisas entre meu quadril e minhas coxas. Comecei a sentir um calor jamais sentido antes. Começava pelos pés, ficava mais quente nas minhas partes íntimas e ia até meu pescoço. Ele voltou seu olhar pro meu. Começou mais um beijo e dessa vez já de começo era bem feroz. Sem parar o beijo foi virando meu corpo e empurrando pra cama novamente. Parou o beijo , me olhou mais uma vez. Olhei pra tv e vi que tava começando um show do Natiruts. Começou a tocar a primeira música. E era "Super Nova". Será que foi Deus quem mandou a música mais linda pra embalar o momento mais lindo da minha vida? Voltei a olhar pra ele. Deu uns passos pra frente, me fazendo dar alguns pra trás, e com isso , "cair" na cama. Ele se abaixou até meus pés, tirou cuidadosamente minhas sandálias, que eu havia colocado novamente no carro dele. Se levantou de novo. E veio "subiu" devagar por cima de mim. Afastou meus cabelos do pescoço e começou a beijar o mesmo. Passou a mão por trás das minhas costas e logo achou o fecho do meu vestido. Parou de novo o beijo. Me pegou pela cintura e me colocou mais pra cima na cama. Voltou pro fecho do vestido , foi abrindo o mesmo. E quanto mais abria , mais gelada eu ficava. Quando abriu todo , voltou a beijar minha boca. Esfregava seu corpo no meu de forma selvagem e o beijo foi ficando bem mais forte e com muita vontade. O calor chegou de novo. Eu me contorcia na cama. Ele foi descendo os beijos devagar até chegar na área dos meus seios. Desceu um pouco meu vestido deixando meu sutiã á mostra. Fiquei com um pouco de vergonha mais não tive muito tempo pra isso pois ele começou a dar beijinhos em cima. Continuou descendo meu vestido e tudo foi ficando beeem mais quente. Meus batimentos não podiam ser contidos. Havia um homem me tocando. O meu homem!. Terminou de desceu o vestido e jogou o mesmo longe. Foi carinhando meu corpo todo e quando chegou acima de novo, eu agarrei. Trouxe o corpo dele pro meu e comecei a levantar sua blusa enquanto ele mordia meu pescoço. Fui subindo a blusa e finalmente a tirei. O abracei de novo sentindo o calor do seu corpo sobre mim. Senti de repente um certo volume em minhas partes íntimas. De tanto nos esfregarmos , eu já estava anciosa para os finalmente. Ele então voltou pra minha boca , e com uma mão foi massageando meus seios. Eu sentia uma prazer diferente ,tinha vergonha de mim mais queria tudo dele. Desceu os beijos da boca e pulo pros seios , tirou rapidamente meu sutiã e caiu de boca ali. Soltei alguns gemidos baixinhos e medrosos. Sem parar o que estava fazendo , desceu sua mão e começou a tirar sua calça. Ajudei ele a fazer isso e fiquei tão excitada ao ver seu membro ereto que ajudei ele a tirar a cueca tbm. Ele veio de novo , sem colar nossos corpos tirou minha calcinha e dei alguns beijinhos na minha coxa. No bolso da calça pegou uma camisinha , abriu e colocou rapidamente em seu membro. Juntou seu corpo a mim , me abraçou forte e bem devagar foi penetrando seu amigo. Senti uma dor até que forte e soltei mais um gemido. Ele continuou enfiando devagar. Me contorci e ele me abraçou mais forte até enfiar tudo. Começou os movimentos de vai e vem e o prazer veio. Os gemidos agora eram incontroláveis. Aquela dor sumiu e eu estava em outro mundo. Só havia eu , ele e todo o amor que um passava para o outro. Os movimentos foram ficando bem mais rápidos. Ele agora segurava minhas pernas e as abria Mesmo por baixo eu me mexia e via que os meu movimentos atraiam ele tbm. Sem que eu esperasse ele tirou seu membro. Se deitou do meu lado e me virou pro outro. Penetrou nessa posição de "conchinha" e foi melhor ainda. Segurava forte minha cintura a cada entocada. Os movimentos de repente ficaram muuuitos rápidos. Comecei a sentir vontade de gritar de prazer. E vi que ele tbm soltava alguns gemidos. Até que numa entocada bem forte. Cheguei ao ápice do meu prazer junto com ele. O orgasmo veio. Respirei ofegante. Puxei o lençol , virei de bruços e me cobri. Ele se cobriu tbm. Apoiou o braço na cama e a cabeça no braço. Começou a mexer no meu cabelo. Sorri pra ele. Liza: o que foi que a gente fez hein ? Ph: amor -me deu um selinho e sorrimos- ~Liza off~

~Amanda on~ O Junior não me deixou sair do quarto. Agora ligou o som e tá aqui á uma hora ou mais falando. Tentando me convencer do sentimento dele. Mais como? como eu vou acreditar se até ontem era tudo uma ilusão? Dinha: Junior, tá tarde sabia? Njr: tu não vai embora. A gente vai se entender hoje. Dinha: filho, ninguém manda em mim. Se eu quiser sair saio. Nem aproveitei a festa. Njr: tenta sair! Dinha: sério ? -ele assentiu. Me levantei e fui em direção a porta. Quando fui virar a chave ele veio. Ficamos ali "lutando" ele puxava pra um lado e eu pro outro. Dinha: para! -ele parou. tirou a chave da fechadura e jogou longe. Colou fortemente meu corpo no dele. Empurrei o mesmo. E na empurrada fui pra trás , eu também fui empurrada. Bati na
mesinha de trás e ouvi um barulho estranho. Parecia roupa rasgando [...]



continua!

hahahahaha olha o rot ai pra quem tinha pedido kkk espero que gostem, beijos

23 comentários:

  1. Quero mais muito mais e rapido @Gilcebola_loveu

    ResponderExcluir
  2. Awnt to amando agora so falta a Dinha parar de ser durona e se acertar com Neymar logo*--*

    ResponderExcluir
  3. oun todo fofis esse ph *---* quero o prox logo u-u

    ResponderExcluir
  4. melhor blog que eu já li, continua looogo!!!

    ResponderExcluir
  5. hahaha que fofo o ph "amor" hehe

    ResponderExcluir
  6. perfeito como sempre

    ResponderExcluir
  7. amando muitcho
    <333

    gabi

    ResponderExcluir
  8. aaaa meu Deus, que capitlo maravilhoso, contia logo pelo o amor de deus

    ResponderExcluir
  9. o vestido rasgou, certo? hahahahaha ameeeei a parte do ph e da liza <3<3

    ResponderExcluir
  10. agora com esse vestido rasgado.. não vai prestar, safado do jeito que o Ney e kkk continua

    ResponderExcluir
  11. amando muito,
    demora pra postar
    nao!!!!!!!!

    ResponderExcluir
  12. Posta Mais..
    Amando >.<

    ResponderExcluir
  13. Muito romantica a parte da liza e o ph... mas quero ver o neymar e a amanda juntosss, posta logoooo!!!

    ResponderExcluir
  14. eita que ta muito
    boom , mais

    ResponderExcluir
  15. leitora nova *-* to
    amandoooooooooooo,
    continua <3
    de: jessica

    ResponderExcluir
  16. Aaaaaaaameii- huehuehue
    CONTINUAA

    ResponderExcluir