sábado, 16 de novembro de 2013

fifteen ♡

Arregalei os olhos quando vi que era o Lucas (jogador). Lucas: eai gata -sorriu e eu me afastei um pouco- Liza: oi -sorri tbm- Lucas: bom demais te encontrar aqui Liza: é ? porque ? Lucas: pq eu te achei linda demais. Fiquei com vontade de pedir teu número aquele dia -dei risada- é sério. Tu é gata demais .tá ficando com alguém aqui ? Liza: eu ? -olhei pro Ph e ele tava olhando com a cara fechada- não , não tô ficando não. Lucas: então dança comigo. -nos aproximou de novo e ficou "se esfregando" em mim. Ele é lindo e pá mais não é o Ph. Ficamos ali dançando um tempinho- Essa tua boquinha pequeninha , tá me chamando sabia ? -olhei nos olhos dele e ele foi aproximando o rosto dele do meu. Foi chegando bem pertinho e eu já sentia sua respiração perto da minha boca. Olhei pro lado e vi o Ph colocando o copo que ele estava na mão , em cima da mesa , e saiu andando. Pra onde ele ia ? Antes que eu visse , o Lucas virou meu rosto novamente pra ele. Sua lingua estava quase invadindo a minha boca. xxx: irmão , posso te roubar ela um pouquinho ? -paramos tudo. Olhei pra quem disse e era o Ph.- Lucas: ah -me olhou- pode né -riu fraco , foi se afastando e saiu- Ph: vai ficar com ele então ? Liza: não , só tava dançando ué Ph: ah , daquele jeito? Nossa! Liza: tá com ciumes ? -sorri- Ph: po, aquele dia eu não falei nada de tu dando mole pra ele , agora fica se esfregando no cara ? Liza: esfregando ? Não sou vagabunda pra me esfregar em ninguém Ph: não quis dizer isso. Liza: mais pensou.
Ph: pensei em nada. Liza: mais ficou com ciumes Ph: eu não u.u -balancei a cabeça negativamente sorrindo. Voltei pra perto do povo e fiquei lá , bebendo, dançando, zuando e pá. O Neymar tava pra lá falando com o Ph não sei o que. Agora acabou de chegar aqui ,mais o outro ficou lá. Af -.- . Njr: eai minha conselheira. -sorri pra ele- tu é outra chata também né ? Liza: oi ? Eu ? -ri- Njr: tu mesmo! Tem abelha te rondando já ó Liza: abelha ? Tá maluco? Njr: é , abelha. De tanto cú doce que tu faz -gargalhei- tu ri ? Eu vi muito bem a ceninha agora pouco ali com o Lukinhas haha Liza: é doido aquela porra , me viu uma vez e veio querer pá ali Njr: bem que tu queria Liza: tu sabe que não é ele que quero. Njr: já te falei das abelhas , ele tá ali ó -apontou pro Ph lá atrás- Liza: po , eu vou ficar dando mole pro mlk , sendo que ele tem namorada ? Njr: namorada .. bela namorada ela é. -ri- Liza: porquê ? Njr: legal essa namorada que trai o namorado com o primo. Liza: to ligada nessa historia mais será que é verdade ? Njr: xô te falar uma coisa preta . -chegou mais perto- vou te contar umas coisas. Mais pelo amor de Deus se ele te contar finge que não sabia . Liza: beleza, juro. Conta aí Njr: tu soube que a Giovanna tava de sacanagem com ele e pá com esse primo aí. Liza: uhum soube Njr: então. Lógico que ele ia terminar e tal. Mais é aí que o bgl fica louco Liza: pq ? -ri- falaaa Njr: pq assim , o padrasto da Giovanna , é igual um pai pra ela. E ele tem uma doença tipo , sem cura mesmo. Faz tempo que ele tá internado. Eu não sei o que é. Uma doença rara mesmo. E aí , antes de o Paulinho descobrir essas coisas da Giovanna, o padrasto dela fez ele prometer que ele iria cuidar dela. Ele prometeu. Pq ele deve muito á esse cara. Ele cuidava da carreira dele tbm. E é por isso que ele ainda tá comprometido com ela. -quando ele terminou de falar, eu tava boquiaberta olhando pra ele. Nem tava acreditando. - Liza: que história véi ! Njr: e ó , eu conheço o Paulinho á anos. Se ele tá querendo alguma coisa cntg , é pq é verdadeiro. Ele não ia se interessar por ngm. Ele amou muito a Giovanna Liza: cara , mais esse é mais um motivo pra eu deixar ele em paz Njr: mano , ele tem que viver a vida dele. Independente dessa promessa aí . Liza: não posso mexer com essa promessa dele. Njr: ah para , o confuso dessa história sou eu -olhou pra Dinha dançando- Liza: confuso não sei porquê , tu é livre e desimpedido e ela tbm.-ele assentiu- brigada pelo conselho Njr: te devia uma . -sorrimos e dei um abraço nele e fui pra rodinha. Fiquei ali dançando e causando com os meninos. De repente senti novamente duas mãos pegando na minha cintura. -.- Liza: ô Lucas eu não .. -fui me virando pra pessoa imaginando que seria o Lucas. Parei de falar quando vi que era o Ph. Sorrimos um pro outro.- Ph: achou que fosse p Lucas ? Liza: é -ri- ia dá logo um corte -ele riu e eu fiquei olhando pra ele. Voltou com as mãos pra minha cintura. Fui dançando e ele acompanhava com as mãos cada movimento do meu quadril. Tava tudo muito estranho nesse momento. Lembram quando tudo ficou com câmera lenta quando vi ele pela primeira vez no ct ? Estava assim novamente. Ele foi aproximando o corpo dele do meu. Olhava pro meu jeito de dançar de uma forma diferente. Não com toda aquela paz que ele passava. Aquilo estava me deixando aflita pois eu não sabia o que viria. Encostou por total seu corpo no meu. Levantou meu rosto fazendo eu parar de dançar. Então nossos olhares se fixaram. Devagar ele foi subindo uma das mãos que estavam na minha cintura e a parou na minha nuca levantando levemente meus cabelos e meu rosto. Aproximou mais ainda seu rosto do meu. Eu pudia sentir sua respiração ofegando batendo no meu rosto. Seu olhar agora se focou na minha boca. Meu coração agora pulsava forte e rápido , no mesmo ritmo da respiração dele. Ph: não tô mais aguentando -falou bem baixinho e finalmente nossos lábios se colaram e nossas línguas se encontraram.Foi como se meu corpo não me obedecesse mais , e não resistisse aquele encontro de desejos. A força do amor era mais forte que eu. Nossas linguas se entrelaçavam e dançavam juntas de forte delicada e ao mesmo com muita vontade. Movimentos firmes. O céu parecia ter descido sobre nós. Não podia conter a alegria de beijar o homem que me fez conhecer o sentido de amar. Mais de repente , comecei a lembrar do tudo o que o Junior me disse. Sobre a promessa que o Ph fez pro padrasto da Giovanna. Eu não tinha o direito de estragar aquilo. Quando me dei conta disso , empurrei o mesmo. Não tive nem tempo de me segurar. As lágrimas começaram a rolar ali mesmo e ele me olhava assustado. Saí rapidamente e fui indo em direção a porta. Saí daquele apartamento e fui indo pro elevador bem rápido. Por sorte , tinham duas pessoas saindo do elevador. Olhei pra trás , e vi o Ph saindo do apê. Entrei de vez no elevador. O mesmo se fechou antes que ele entrasse. Me encostei nas "paredes" e voltei a chorar. Mais dessa vez , eu me acabei. Coloquei as mãos no rosto e estava soluçando. O elevador chegou no térreo. Saí do mesmo e comecei a correr. Quando cheguei na portaria , tirei o salto e saí. Comecei a andar beeem rápido. Quanto mais eu enxugava as lágrimas, mais elas caíam. Senti umas mãos me segurando e me virando fortemente. Era o Ph. Ph: para! dá pra explicar o que tá acontecendo ? Liza: isso não podia ter acontecido, tu sabe disso . Ph: não podia ? para de se enganar. você já sabia do desejo que eu tinha por você , e do desejo que você tinha por mim. Liza: exatamente , desejo. Porque amor mesmo , você sente pela Giovanna Ph: jura que você quer estragar esse momento por causa dela ? Liza: no caso "ela" -dei ênfase- é sua namorada. Ph: é, acho que já tá na hora de tu saber de tudo. Liza: não quero saber de nada ! vou pegar um taxi, e ir pra casa -me virei e ele me virou novamente pra ele- Ph: eu não vou deixar tu ir de taxi , e nem que vá embora com raiva de mim e ainda sem deixar eu me explicar. -encarei ele- Liza: tá , eu não consigo mais te evitar. Ph: esse drama todo por causa de um beijo cara ! -não disse nada. Entrei com ele no prédio de novo. Fomos pra garagem , entramos no carro e ele deu partida. Não dá mais pra eu fingir que não sei que ele tá "me querendo". ~Liza off~
~Amanda on~
Bom, fui mesmo pra festa com o Junior. E aqui ele não saiu do meu pé até agora.Quando não tá aqui , tá me olhando de longe. é como diz aquela música do Thiaguinho : "Tô me perguntando se é verdade, o que é esse estranho sentimento, será que essa nossa amizade, já virou paixão. " Será ? porque da minha parte sempre foi. Mesmo não estando com ele , tô curtindo muito essa festa. Agorinha pouco vi a Liza saindo correndo do apê chorando. Ia atrás mais vi que o Ph foi, e era melhor ele do que eu né kk. Já bebi pra caráleo , dancei muuuuito e ainda tô dançando. Aliás, minha vodka acabou. Fui até a mesa , enxi o copo e coloquei gelo. Fui voltando pra perto do povo. Rafa: eita , outro copo? manéra amiga -rimos- Gui: a mais nova pé de cana Dinha: beber pra esquecer dos problemas né? Godoy: que problema? ser gostosa dá trabalho? Dinha: ué , esqueceu a vergonha na cara em casa Victor ? -ri- Gustavo: ixi , tira o cavalo da chuva Vitin . Gustavo: pior o teu né Guzin , que já tá na chuva á meses. -todo mundo riu- Gustavo: que nada, olha o poder da seduction -mordeu os lábios e passou a mão pelo corpo gargalhamos- Gil: beleza ,então vou te dar um desafio.
Gustavo: manda, mlk aqui é foda tio. Gil: se tu é foda memo nem vai ser dificil. Gustavo: fala viado ! Gil: tá vendo aquela minazinha gatinha ali -apontou pra uma loira corpo de panicat mais pra frente e a Mari deu uma cutucada nele kk-
Gustavo: o que que tem? Gil: chega nela, quero ver pegar -os mlks fizeram "ahhh caralhoo e a gente riu- Gustavo: quer ver ? eu pego mano , eu pego. se liga só -piscou e saiu andando em direção a menina. Cutucou ela umas 3 vezes e ele nem aí. Ficou de frente pra ele e começou a falar. A mina começou a rir da cara dele. Riu pra caralho e ele ainda insistindo. Depois ela fechou a cara. Ele foi pra tentar agarrá-la. E foi jogou a bebida do copo dela na cara dele. Caralho , a gente começou a rachar o bico mano. Escutamos o "ta loca mina?" , ela saiu andando com as amigas. E ele veio voltando. Os mlks tava tossindo de tanto rir kk. Jota: parabéns mano , tu é foda -disse ainda rindo- Gui: deu sorte de ela não dar com a mão na tua cara . Gustavo: se fudê todo mundo! Gui: ui, a menina tá braba -falou grosso e a gente riu. O Gus foi em direção ao Neymar. Falou alguma coisa pra ele e os dois subiram pros quartos acho. Bebi tanto que agora tô muito apertada pra fazer xixi rs. Não queria subir agora que o Neymar tá lá. Mais eu não tava aguentando. Dinha: Rafinha, tem banheiro aqui em baixo? Rafa: até tem nega ,mais tá interditado. Dinha: não dá pra usar? Rafa: não kk , vai lá em cima poxa -assenti. Aguentei mais um segundinhos mais não deu. Subi rapidinhos e fui procurando. Achei o banheiro no final do corredor. Entrei no mesmo , levantei o vestido com cuidado, e fiz xixi. Lavei as mãos, dei uma ajeitada no cabelo e fui saindo. Vi o Gustavo terminando de descer as escadas e o Junior tava no meio do corredor falando no telefone.
Njr: tá bom Fernanda, eu vou ligar. tchau -desligou e olhou pra trás. Me viu vindo. Apertei o passo pra tentar passar rápido por ele mais o mesmo me pegou pelo braço- tá nervosa? Dinha: eu sou nervosa , me deixa! -tentei sair mais o mesmo foi me arrastando até um dos quartos. Entrei e ele fechou a porta.- seu escroto! abre essa porta agora Neymar Njr: deixa eu explicar Dinha: oi? Njr: sobre o que eu tava falando com a Fernanda Dinha: quem disse que eu quero saber? -cruzei os braços- Njr: mais eu quero falar. -abaixou a cabeça e parecia bolado- preciso falar pra alguém mesmo -descruzei os braços- Dinha: que foi? é sério assim? Njr: é, to muito bolado agora Dinha: então fala poxa! [...]


continua!


ta ai meninas, desculpa pela demora, obrigada pelos comentários e é isso ai, beeeijos!

16 comentários:

  1. oun *-* lindos, continua

    ResponderExcluir
  2. CONTINUA RAPIDO @GilCebola_Loveu

    ResponderExcluir
  3. Perfeitoo, ta mt top mesmo continua logo

    ResponderExcluir
  4. ai meu heart continuaaaaaaaa

    ResponderExcluir
  5. cada vez melhorrrrr continua florrr e nao demora plissss

    ResponderExcluir
  6. u.u lá vem treta
    hahaa

    ResponderExcluir
  7. Ta vindo treta por ai heim... Rsrs/ ADOREI.CONTINUUUUUAAAAA

    ResponderExcluir
  8. ixiiii sempre neymar pra ter treta em kkkkkkkk, +

    ResponderExcluir
  9. Continua ' Tá top demais ' Sinto treta no ar!

    ResponderExcluir
  10. Top demais. @5February92

    ResponderExcluir