terça-feira, 1 de julho de 2014

forty four ♡



Dedicado á Luiza Santos (@vishtirulipa)

Aquelas palavras ecoaram na minha mente. Era como se o mundo tivesse parado e só existisse eu ali, ouvindo aquilo. Arregalei os olhos, e senti um desespero jamais sentido.Um aperto no peito. Meu coração batia devagar, e a sensação era de que a qualquer momento eu soltaria um grito desesperado. Passei a mão pelo rosto, respirando ofegante, senti meus olhos marejando imediatamente.-
Tânia: fiquei calma, o desespero vai ser inevitável mas..pense pelo lado positivo. -me levantei ainda ofegante. Olhei pra aquele papel, e as lágrimas vieram. Vieram com tudo, comecei a chorar feito criança.- Mari: não é possível! -falei entre soluços e lágrimas olhando pra doutora, sem parar de chorar. Ela apenas me olhou com pena. Isso mesmo, pena! Será que agora eu vou ser digna disso? De pena?!. Finalmente saí correndo dali,chorando e quase gritando de desespero. Passei por algumas pessoas mais a voz delas eu não ouvia. Eu estava cega, surda. Só queria chorar! Passei por trás do refeitório, onde todos estavam tomando café da manhã. Ouvi alguém gritar meu nome, mais continuei correndo. Subi pro quarto, entrei lá rapidamente e fechei a porta. Tranquei a mesma,virei pra frente e fui escorregando até sentar no chão. Segurei meus joelhos e chorei, chorei alto, como se fosse um pedido de socorro. Como assim, eu vou ser .."mãe" ?? Como se eu ainda sou filha?? Me senti totalmente perdida e deslocada. Fechei os olhos e me vi num deserto, eu via meus planos e sonhos se distanciando de mim, indo embora, numa nuvem. Era como se eu não fosse mais eu. Não sei se é assim que uma garota que não tem um filho em seus planos e sonhos se sente mais, é assim que me sinto. Outra pessoa! Como entender?? Como isso foi acontecer?? Eu não conseguia parar de chorar. Comecei a ouvir batidas na porta, um monte delas. E as vozes da Liza e da Dinha me chamando e pedindo pra eu abrir a porta. Eu não tinha coragem, não tinha coragem de encarar aquilo.. mas elas são minhas irmãs, e sei que são as únicas pessoas que me abraçariam e ficariam do meu lado com fidelidade. Então me levantei, destranquei a porta e abri a mesma devagar. Eu estava acabada de tanto chorar. Olhei pras meninas ainda soluçando.-
Mari: eu ... tô ... -interromperam- Liza: não fala nada. Dinha: só deixa a gente te abraçar. -elas entraram. Fecharam a porta e vieram. Me abraçaram. O abraço mais acolhedor do mundo. Eu chorava ainda mais. Sem conseguir processar o que tava acontecendo comigo. Até que depois de alguns minutos nos soltamos. A Dinha pegou minha mão e nós 3 sentamos na cama.- Mari: vocês já sabiam né? -elas se olharam e apenas assentiram- Dinha: mais pode ficar tranquila que a gente não tá aqui pra te julgar. Liza: a gente sabe que você não esperava que fosse isso. É isso mesmo não é? Mari: É .. -abaixei a cabeça- eu tô grávida! -caí no choro de novo. Elas passavam a mão pelo meu rosto e cabelo- como isso foi acontecer comigo? Porque logo comigo? Eu juro que me cuidei! Eu usei proteção. Não.. não tem como!
Dinha: calma, olha, em Santos você vai fazer uma ultrassom, descobrir com quantas semanas você tá e vai poder calcular direito como isso aconteceu. Mari: eu nunca vou entender como isso aconteceu! E meus pais? Eles nunca vão me perdoar,nunca! Liza: amiga, eles são as únicas pessoas nesse mundo que mesmo que seja difícil vão te apoiar em qualquer situação. Mari: não, vocês conhecem meu pai. Quando eu contar ele não vai querer olhar pra minha cara. Dinha: Mari, infelizmente cê vai ter que encarar isso. Pode ser que ele fique com raiva na hora mais.. não é o fim do mundo. Ele vai sentir aquela mesma emoção de quando tua mãe tava grávida de tu. Avô,é pai pela segunda vez po, isso vai amolecer o coração dele. Mari: vocês não entendem.. E o Gil?? Ele vai me odiar!! Eu não quero nem pensar no que ele vai fazer quando eu contar isso pra ele. Aliás, eu nem vou contar! Liza: Odiar porque você vai dar um filho pra ele? Amiga, um filho é a coisa mais importante da vida de uma pessoa. É a única coisa que resta no final, é a unica coisa que você pode chamar de seu! Essa criança vai mudar a tua vida. Foi cedo? Foi mais, agora você vai se tornar uma mulher. Mais você vai vai amar, educar um ser. Dinha: você vai gerar um ser, olha que lindo! E o Gil? A gente vai falar tudo isso pra ele e ele vai entender também, e amar muito essa criança. Ele te ama Mari, ele nunca ia te odiar por isso. Mari: me ama? Não ele não me ama, nem isso eu fui capaz, de fazer ele me amar. Agora vou estragar a vida dele.
Liza: estragar? Não fala isso amiga. Mari: e se fosse com vocês ? Dinha: se fosse eu, eu tenho certeza que vocês iam me fazer enxergar tudo de outra forma e eu entenderia. Uma hora eu ia entender, e você também vai! Liza: é isso que a gente tá fazendo, te fazendo enxergar da melhor forma. -olhei pra elas vendo sinceridade nelas. Era o que eu precisava, que alguém fosse sincero comigo. Minha reação foi abraçá-las de novo. Talvez isso seja pra me amadurecer mesmo, mais vai ser muito difícil de entender..as lágrimas ainda nem secaram.- Liza: a gente vai tá sempre aqui amiga. Sempre mesmo! Dinha: mesmo que todo mundo de vire as costas. Liza: e olha .. -nos soltamos- você ganhou duas lindas madrinhaaas -riram de leve e eu sorri pra elas- Dinha: ó, as meninas devem tá subindo já. Lava esse rosto, e vamos arrumar as malas. A gente ainda vai conversar bastante, calma. Mari: tá bom, só não contem nada pra ninguém por favor, muito menos pros meninos. Liza: claro amiga, se alguém perguntar aqui tu fala que tava chorando porque não descobriu o que tem. Mari: tá bom, brigada .. eu só tenho vocês agora. Dinha: ow, pode parando. Cê vai ver como tá errada em pensar isso. Mari: tá .. vou lavar o rosto. -levantei e fui pro banheiro, lavei meu rosto e quando me olhei no espelho nem sabia mais quem era eu. O que ia ser de mim agora? Eu não conseguia me imaginar nessa situação. Mais o que mais me preocupa é o Gil. Meu pai, eu tenho certeza que eu uma vão entender. Mesmo que demore. Mais o Gil .. eu não faço idéia de como ele vai reagir. Ele nem conhece os meu pais ainda! É, nisso eu errei. Devia ter feito esse encontro muito antes. E agora vai ser da pior forma. Ele indo dizer que me engravidou. Ai meu Deus, sei que foi da tua vontade acontecer isso comigo mais.. Não podia ser menos complicado?!. Bom, enxuguei meu rosto, e assim que saí do banheiro a Catharine e a Marina me olhavam preocupadas.- Catharine: o que houve amiga? Cê passou feito um furacão pelo refeitório. Marina: e chorando horrores. O que aconteceu? -me aproximei delas e sentei na cama- Mari: ah, eu não descobri o que eu tenho. Fiquei triste né, eu ando passando mal. Catharine: ah tá, mais olha,lá em Santos cê vai num bom hospital po Marina: isso, não deve ser nada grave. No máximo algo no estômago sei lá. Mari: uhum -sorri sem mostrar os dentes e ficamos em silêncio por alguns segundos.- Liza: então, partiu pro momento mais triste? Catharine: o que? Liza: arrumar as malas -fez biquinho e elas riram.- Dinha: fazer o que né? Bora! -começamos á arrumar as malas, as meninas conversavam, falavam sobre como foi maravilhosa essa viagem, mais eu só conseguia pensar na minha situação. Sabendo que agora a única coisa que eu podia fazer, é aceitar! ~Mari off~
~Njr on~ Desde que eu conheci a Amanda, minha vida foi mudando cada vez mais. Antes eu já tinha me acostumado, que eu podia ter tudo o que eu quisesse. Eu tinha me tornado o queridinho do Brasil, eu fazia o que eu queria, tinha a mulher que eu queria. Apesar da minha pouca idade, eu sempre soube que pra mim tudo ia acontecer cedo demais. Até encontrar o amor da minha vida. A garota que viraria minha cabeça,que me faria entender quem eu realmente era e realmente queria. No começo eu fui orgulhoso, cabeça dura. Mais também, como não ser? Com aquela marra toda que essa menina tem? Acho que isso foi o que mais me puxou pra ela. Aquela vontade de fazer ela se render, de fazer ela amolecer. Esses dias que Amanda ficou longe, pareceram anos. Porra, foi só uma semana e todas as vezes que a gente se falava era como se ela tivesse em outro planeta! E eu não pudesse alcançá-la nem se eu quisesse. Mais na verdade foi bom, porque esses dias me fez pensar que tá na hora. Tá na hora de oficializar. Pra quê esconder do mundo o nosso amor? A nossa vontade de ficar junto? Tenho pensando em como fazer isso todo esses dias. Agora tô aqui,na casa do maninho. Ontem levamos o Paulista,tô felizão!! Acabamos de almoçar, aliás, que saudade eu tava da comida da Tia Creuza, não é por nada não, mais essas comidas do Pará, são de comer rezando! Agora tamo aqui jogando um game.FIFA 2010 claro. Eu com o Barcelona e ele com o Real Madri.-
Ph: GOL! Hahahaaa Caralho! -empurrou meu ombro.- Njr: ah tomá no cú, vou jogar mais não! Ph: hmm ficou putinho? Vai ficar dando xilique? É um viadinho memo, puta que pariu -riu e eu acabei rindo tbm- Njr: tem dias que acontece manézão -ri- Ph: acontece de tu ser meu freguês.. acontece
Njr:hahaa aí cê acordô né? Meu pato pra sempre. -ri e ele me empurrou de novo- não mais é sério, tava distraído, pensando num bgl aqui Ph: tá pensando?? putz achei que não ia chover hoje Njr: é sério puto! -ele riu- Ph: fala aí Njr: as meninas chegam hoje né? Ph: é, á noite. Njr: tô pensando em fazer uma surpresa pra Amanda. Ph: tipo?? Njr: sei lá, tipo aquilo que tu fez pra Liza. Ph: tu podia ter levado a Dinha lá também. Da hora lá. Njr: ta loco, daqui a poco vamo dividir as cueca também? -ele riu- Ph: fala aí o que tu tá pensando. Pra amanhã né? Njr: é po. Ph: beleza, vamo lá pra cima e tu fala. Njr: fmz. Truco?? Ph: ham, quero ver. -levantamos e fomos subindo- Njr: que? Tu é mó fraquinho ow Ph: eu né? Tá! -subimos ele pegou lá o baralho,colocamos uma toalha numa das mesas da sala de jogos e tal. Coloquei um somzinho no iphone,tirei uma foto e postei.- neymarjr: Começando os trabalhos .. #truco @samsungphganso10

pedrosales: truco não é truco se não for na toalha! hahaha apegonjr: jotace520: tu é loco, não tem ladrão pior que o Paulo Henrique!!! bondedotois: meus divos juntosss neymarjr: tô ligaaado man kkk @jotace520 meumeninoph: thiaguetesfc: ouvindo th fernandadias: kkk comentário do jota
Parei de ver lá e começamos a jogar. Fui falando pra ele o que eu tava pensando a pá. Espero que eu consiga fazer aquela marrentinha felizz. ~Njr off~
~Amanda on~ A viagem pra porto foi per-fei-ta!! Me diverti ao máximo todos os dias. Bebi do jeitinho que eu queria, foi realmente a viagem dos sonhos. Eu e as meninas esperamos muito por isso. Não fiz nada de "errado",em relação ao Junior claro. Aliás,nos falamos todos os dias. Tô morrendo de saudade dele. Com certeza essa viagem vai ser decisiva pra gente. Eu fiquei muito feliz pela Liza. Finalmente ela e o Paulinho estão juntos e felizes. Quero muito isso pra mim e pro Junior. No começo claro, eu não acreditava muito na gente não. Ele, o jogador mais cobiçado e rico do momento. E eu era quem mesmo? A fãzinha classe média dele. Parecia impossível acontecer alguma coisa verdadeira entre a gente. Mais não tem mais porque eu duvidar dele. Ele já provou que me .. ama. É, é um pouco difícil entender que ele me ama. Eu tentei de todas as formas fazer com isso não acontecesse. Fui orgulhosa, fui marrenta, fui insuportável algumas vezes mais, quando é amor, não tem como fugir. Também falei bastante com os meus pais. Pelo telefone tive coragem de confessar que tava "ficando sério" com um jogador. Meu pai ficou maluco! kk. A Liza me disse que quando contou pro pai dela a reação também não foi muito boa. Já que a gente vivia correndo atrá de jogador kk. Agora justamente os que a gente corria atrás a gente põe dentro de casa? Eu sei que vai ser um pouco difícil. A Liza disse que o Paulinho quer ir o mais rápido possível conhecer os pais dela. Acho muito bom porque aí eles se livram logo disso kk. Já eu, quero esperar o tempo do Junior. Estamos bem assim. A única coisa que tá me entristecendo, é a situação da Mari. Eu e a Liza já tinhamos desconfiado da gravidez dela á tempos. Mais nem nós queríamos aceitar. Só peço pra Deus abençoar ela, porque agora ela vai precisa de muita força pra enfrentar essa barra. Bom, agora são 17h15, estamos no avião indo pra Guarulhos. Sim, já deixamos porto e sim, foi triste.. [...] Já estamos aqui no aeroporto de Guarulhos, tá meio friozinho aqui em Sp. Já são 19h45,já liguei pros meus pais, e estamos esperando o ônibus que vai nos levar pra Santos chegar. Já nos despedimos de algunss e o clima aqui é esse.-
Dinha: galera, vamo tirar uma última fotoooo -falei alto e todo mundo concordou, a Mari não queria mais arrastei ela.- Liza: quem tá triste faz biquinho -rimos.Pedi pra um dos monitores, tirar lá pra mim e ele tirou. Postei.- dinhafontinelli: Acabou porto!  

sorriadinha: Ounn kkk neymarjr: Deus seja louvado kkk topsdoateneu: Lindoss!! pridenjr: comentário do Junior,ounn vishtirulipa: queria eu ter ido pelo menos kkk
Parei de ver lá. Em mais alguns minutos, chegou os ônibus. Entramos lá, e partimos pra Santosss[...] Enfim em casaaaa!! Meus pais já me babaram bastante, minha mãe até tá lá fazendo minha comida predileta pra eu jantar. Meu pai acabou de sair daqui,falou que vai tomar um banho e vir aqui no meu quarto, pra eu contar sobre a viagem pra ele. Agora tô aqui descansando na minha cama. Saudade dela haha. Depois de uns minutos vi que tava ficando sonolenta, devia ser o cansaço da viagem. Acabei virando pro lado e adormecendo..[...] Acordei com o meu celular tocando, caralho que susto! Estiquei a mão e peguei o mesmo. Atendi sem olhar.-
~cdl~ Dinha: quem ousa me incomodar? -falei toda molenga- xxx: o mlk mais ousado do Brasil! -caiu na risada. Era o Junior.- Dinha: nossa, que engra, essa é nova? Njr: cadê o senso de humor? Esqueceu em porto? Dinha: esqueci. E esqueci de durmir lá também. To morta aqui Njr: negócio foi bom então -falou num tom que vlh .. eu ri- tá rindo de que? Dinha: do seu tom. Só eu conheço esse tom. Njr: ah é? Só tu mesmo, nem eu conheço. Se quiser me informar.. Dinha: claro .. é aquele tom da pitada do ciúmes -ele riu- Njr: me conhece bem .. dá pra casar já. -gargalhei- Dinha: falo nada pra tu -rimos- Njr: eai , chegou bem? Dinha: bem, bem cansada -ri- Njr: vou te deixar durmir então. Dinha: não amor, já tava na hora de levantar. Tô com fome Njr: falou em desligar até de amor ela chama Dinha: palhaço -ri- Njr: só liguei pra te fazer um convite. Dinha: hmm diga então Njr: janta comigo amanhã? Dinha: vou pensar, se eu lembra de te avisar a resposta beleza. Njr: hahaaaa, tá com essa bola toda não hein ? -ri- Dinha: sou difícil baby Njr: eu que o diga -rimos- 
Dinha: que horas amanhã? Njr: nove beleza? Dinha: beleza Njr: então tá, vou desligar amor. Amanhã a gente se fala. Dinha: tá bom Ju, beijo Njr: beijo, boa noite Dinha: boa noite, tchau Njr: tchau ~fdl~ Desliguei, olhei a hora e eram 23:35. Fui pro meu banheiro, escovei os dentes e fui pra cozinha. Senti aquele cheirinho do strogonoff de carne que eu a-mo!! Fiz meu prato e sentei pra comer, meu pai apareceu por lá e ficamos conversando. Contei pra ele sobre a viagem e quando ele entrou no assunto do "jogador", eu desconversei kk. Lavei lá o que eu sujei e fui durmir.[...] Acordei por vontade própria. Por causa da viagem, não temos aula nem hoje e nem amanhã. Somente quinta e sexta. Levantei, fui pro banheiro,fiz minhas higienes, penteei o cabelo e fui pra cozinha. A mesa tava posta mais não tinham mais ngm. Olhei pro relógio da parede e vi que eram 12h02. Hora de almoço e eu vou tomar café rs. Sentei lá, tomei meu café, despois tirei a mesma, lavei o que tava sujo e tal. Fui pro meu quarto de novo, liguei a tv e começei a desfazer minha mala. [..] Agora são oito da noite, acabei de escolher o que vou vestir e separei a lembrancinha que eu comprei pro Junior. Aliás, eu e as meninas fizemos questão de comprar a mesma coisa kk. Bom, fui pro meu banheiro, me despí, tomei um banho demorado, saí, me vesti colocando o que eu tinha escolhido, passei meus cremes, perfume, liguei a chapinha, e comecei a passar no cabelo pra arrumar. Tava passando quando ouvi uma batidinha na porta que estava aberta. Olhei e era minha mãe.-
Luísa: vai sair amor? Dinha: vou sim mãe, já ia avisar -ri- Luísa: não devia descansar hoje? Chegou ontem e já vai sair. Em plena terça feira ainda. Dinha: vou sair pra jantar com uma pessoa especial -sorri e ri ao mesmo tempo.- Luísa: entendi -sorriu- com o jogador? -sentou na minha cama e eu me virei pra ela.- Dinha: é. A gente tá, ficando sério. Como eu falei. Luísa: a única coisa que me preocupa é essa profissão dele, aliás, seu pai ta pirando com isso. Ele me disse que o Rodrigo, falou pra ele que a Liza tava envolvida com um jogador também. O quê que vocês tão aprontando? Dinha: aprontando nada mãe, aconteceu. Eu entendo e vou entender que não vai ser muito fácil de vocês entenderem mais, na hora certa, se virar um namoro mesmo, vocês vão saber de tudo, aliás, se eu conheço ele, ele vai fazer questão de vir logo aqui se tudo der certo. Luísa: porque vai ser difícil de entender? Ele é conhecido? -respirei fundo e sorri sem mostrar os dentes- Dinha: se der certo, vocês vão conhecer ele. Luísa: é,porque você sabe a fama desses jogadores né? Principalmente daqueles que você e as meninas viviam atrás.-ri me lembrando daquele tempinho- Dinha: tá, eu sei mãe. Como eu disse, se der certo, ele mesmo vai falar com vocês tá? Luísa: tá bom, fico mais tranquila assim. O namoradinho misterioso da Mari também é jogador? Dinha: não, ele é empresário. Tá pra abrir um barzinho e tudo. Mais é amigo dos meninos também. Luísa: entendi..Bom, vou deixar você se arrumar aí. -se levantou- Dinha: tá, cadê o papai? Luísa: tá trabalhando -no 'trabalhando' ela mexeu os dedos como se estivesse digitando. Indicando que meu pai tava no not, trabalhando.Eu ri- Dinha: tá bom mãe.
Luísa: vai voltar tarde? Dinha: bom..acho que sim -ri- Luísa: juizo Amanda, muito juizo -falou séria e foi saindo. Voltei a me arrumar. Tava me sentindo um pouco estranha. Anciosa, acelerada. Me sentindo mais feliz do que nunca. Sei lá, deve ser a saudade do Junior. E bota saudade nisso, meu Deus kk. Terminando de arrumar meu cabelo, fiz uma make bem feita, coloquei uns acessórios, calcei um saltinho e fui arrumar minha bolsa. Quando arrumei passei mais perfume, peguei meu celular, olhei e vi que ainda faltavam alguns minutinhos pras nove da noite. Cara que nervosoo! Nesses minutos eu levantei, sentei, andei de um lado pro outro, fui pra janela, saí, peguei um bala na bolsa, coloquei na boca e agora tô na janela de novo. Acho que vou lá pra fora porque daqui a pouco meu coração salta pela boca. Peguei tudo e saí.- Dinha: mãe, pai, tô indo, beeeeijo! -gritei e nem ouvi as respostas. Saí e fui pra varanda. Eu me sentia tão feliz. Amo me sentir assim. Alguns segundos depois, ouvi o carro do Junior encostando. Ele não buzinou, estranho, será que me viu aqui? Bom, fui descendo e minhas pernas tremiam, os vidros estavam fechados e som altíssimooo! Tocando uns Black, parecia Chris Brown não sei kk. Saí, dei a volta a entrei no carro. Olhei pra ele sorrindo.Ele abaixou o som- porque tu não buzinou? Ou eu não ouvi por causa do som? -ri- Njr: você ia sair de qualquer jeito. Já vai implicar com o som? -oi? Ele falou todo..grosso!- Dinha: não vou implicar, só esperava ser recebida com beijos e não com tapas! -ele me olhava sério. De repente me puxou FORTE pela nuca e praticamente jogou minha boca na dele. Me deu um.. selinho? Sei lá se aquilo era um selinho. Eu gargalhei- Vai com calma neguinho! -ele permaneceu sério e a arrancou com o carro. Ele estava estranho demais. Não sorria, não me olhava. Credo!. Ele aumentou o som tipo..no último.Aquilo me incomodava e ele sabe disso. Agora abaixou os vidros.-
Dinha: Junior abaixa um pouco. -ele não me olhou- Junior?..Junior?.. Hei? -ele tava fingindo que não tava ouvindo. Velho, aquilo me irritou- HEI CARALHO, ABAIXA O SOM POR FAVOR!! -aí ele me olhou e desligou o som- não precisa desligar, só abaixar. Njr: pronto, conseguiu! Desliguei, já era. Dinha: eu falei com educação primeiro, agora pelo visto você esqueceu a sua em casa hoje. Njr: ah, não enche! -fiquei boquiaberta, porque ele tava fazendo isso? Será que era ciumes de porto? Mais ele tava normal cara. Me calei, fiquei tentando entender porque ele tava assim comigo. Até que decidi perguntar né?.- Dinha: vem cá, o que eu te fiz hein? Njr: nada, ixii -nem me olhou. Ai que ódio!!- Dinha: ai quer saber? Vai se fuder me leva embora! Njr: tá nervosa? Vai ficar dando pití já? Dinha: anda, me leva embora! 
Njr: não! Dinha: porque não? Tá de mal humor e quer que eu fiquei perto de tu porque? Njr: de mal humor tá você. Dinha: eu??? Nem falei nada!! AAAII QUE ÓDIO! -ele não respondeu. Nossa vlh, eu tava tão feliz. Tão anciosa, e justamente a pessoa que eu mais queria ver, me trata feito lixo. Comecei a sentir vontade de chorar. Mais não, eu não ia chorar na frente dele, não agora. Quero só ver até onde ele vai com isso. Agora estamos na avenida da praia. Acabamos de passar pelo canal da casa dele. Imagino que estamos indo pro Tertúlia. Que é o único restaurante bom que tem pra esses lados. Ou não..pois acabamos de passar por ele.-
Dinha: dá pra você falar pelo menos pra onde a gente tá indo? Njr: guarujá Dinha: eu não quero ir pro guarujá. Aliás, quero ir embora pra minha casa. Njr: ai para meo, que saco! -falou e entrou pra ir pra balsa pra atravessarmos pro guarujá. Eu tava ficando cada vez mais puta.- Dinha: eu não tô mais afim de ir pra lugar nenhum com você! -ele não respondeu. Ficamos na fila e logo "entramos" na balsa.- Caralho Neymar Júnior, eu-quero-ir-embora!!! -gritei e falei pausadamente- Njr: ah vai nadando então -gargalhou e eu fuzilei ele com os olhos.- Dinha: tá! -abri a porta do carro pra sair e ele fechou a mesma correndo e segurou meu braço- Njr: não! tô brincando cara, af. -aquilo tava me dando nojo, o que ele pretendia com isso?. Atravessamos pro Guarujá, lá ele foi pegando as ruas como se nada estivesse acontecendo. Como eu fosse uma idiota que nunca tivesse ido no guarujá. Não conhecesse as ruas nem nada. Em alguns minutos vi que estávamos chegando á uma das Marinas de lá. Sabia que ele ia aprontar uma dessas.Estacionou.- Dinha: não vou nem descer, sem chance! Njr: ah, vai sim! -desceu e eu fui acompanhando ele com o olhar. Deu a volta e abriu a porta do meu lado. Pegou no meu braço e foi me tirando dali.- Dinha: ME SOLTA IMBECIL! -gritei e acabei saindo forçada. Ele travou o carro, pegou na minha mão e foi me puxando.- solta cassete! -continuou andando pela passarela que no fim dava pros iates. Me soltei dele.- já que você quer ser ridículo também vou ser. -sentei no chão da passarela e olhei pra ele. Ele riu, se agaichou do meu lado e me pegou no colo!- me soltaaa, você é louco, idiota, retardado, sem noçãããoooo!! -gritei e fiquei me debatendo. Ele ria. E só me soltou quando estávamos de frente pra um iate. Era o iate dele, lógico.- Ah que lindo, que numero eu sou? A trigésima? Njr: que? Dinha: a trigésima garota á entrar aí. -ele riu- Njr: vem -entrou lá- Dinha: eu não, você é maluco e bipolar. -cruzei os braços- Njr: anda logo Amanda, vai ficar aí sozinha? Dinha: prefiro! Njr: olhaa,se eu pular aí de volta.. -olhei pra ele- Dinha: não tô te suportando hoje. -pulei pra lá. Ele seguiu pra cabine e "ligou e saiu" com o iate.- que isso? Tu pode dirigir isso? Você sabe? Njr: eu posso tudo loira -balancei a cabeça negativamente e bufei. Fui saindo dali pra dar uma conhecida no iate né. Que era beem top diga-se de passagem.- Njr: hei hei, onde cê vai. Dinha: ver como é lá dentro, não posso? Njr: não, volta aqui. Dinha: como é que é? -falei bem surpresa com mais essa atitude dele- cara, pra quê você me tirou da minha casa? Pra me fazer de palhaça? -ele não respondeu. O celular dele apitou. Ele pegou no bolso, leu alguma mensagem que tinha recebido e guardou.- tô muito decepcionada. Guarda bem a minha imagem, grava bem a minha voz falando com você, porque depois dessa eu não quero mais nem olhar pra tua cara e nem ficar perto de você. Njr: duvido! Dinha: duvida? Porque? Quando eu sou grossa você adora né? -ele continuava sem querer conversa. Eu não tava entendendo mais, analisando tudo, ele só podia tá brincando com a minha cara ou armando alguma. Fiquei ali do lado dele sem dizer mais nada. Depois de uns 5 minutinhos vi que fomos nos aproximando de uma praia. Quanto mais se aproximava, mais eu via como ela era linda. Quando ele encostou na areia, me olhou e sorriu. Eu fiz uma cara confusa e completamente intrigada. Ele então jogou uma âncora na areia e desceu. Eu continuei ali. Olhando pra ele. Agora ele me olhou de novo e começou á .. correr? Ele tá maluco?.- ow?? Junior! -gritei e ele continuou correndo não sei pra onde.- JUNIOR! ... VOLTA AQUI IDIOTAAA! .. JUNIOOOR! .. NEYMAR!! .. SEU FILHO DA PUTAAA! -eu gritava, estava quase chorando. Ele tinha sumido atrás de uns coqueiros ou sei lá o que era aquilo. Coloquei as mãos na cabeça entrando em desespero. E agora? O que eu faço? Eu não me perdoaria se acontecesse algo com ele. Mais o papel de proteger aqui é dele. Me proteger! Ai foda-se vou atrás dele. Tirei minha sandália, segurei na mão e desci daquela porra. Graças a a Deus não tava muito escuro, aquela lua cheia tava iluminando a praia todinha. Começei a correr na direção em que o Junior tinha ido, com o coração na mão. Quanto mais eu corria mais sentia tudo ficando mais longe. Podia até ouvir meu coração batendo alto e devagar. Estava tudo tão estranho que eu ouvia até uma música beeeem baixinha. Meus olhos marejaram do nada, como se eu soubesse que algo ia acontecer. Não sabia se era bom ou ruim, mais algo estava acontecendo, além do Junior estar ficando maluco. Quando cheguei em frente aqueles coqueiros, e vi que ao lado dos mesmos, podia se ver um feixe de luz. Senti medo. Seria algo relacionado á macumba? Kk tá, parei. Eu tinha qua achar o Junior, vai que ele tá com algum problema e precisa conversar. Por isso me trouxe aqui. O mais estranho era meu coração estar saltando dentro do peito. Virei aqueles coqueiros e dei de cara com uma trilha de velas acesas na areia. A trilha era reta e pequena, e virava para esquerda. Essa praia é enorme e linda! Mais aquilo me deixou com medo. Eu sigo essa trilha? Ai Deus, melhor não. Vou voltar pro iate e esperar o Junior lá, ele tava brincando com a minha cara. Me virei pra sair dali.. mas.. eu ia estragar a brincadeira dele? Ai foda-se vou seguir essa porra! Fui andando ao lado da trilha, ouvia uma música ficando cada vez mais alta. Mais ainda não dava pra identificar. Eu estava nervosa. Quando cheguei onde a trilha virava, olhei pro chão e vi que havia acabado. Mais estava virada pra esquerda, ou seja,eu deveria entrar ali. E foi isso que eu fiz. Virei. E vi aquela trilha virando duas, formando um caminho, e no fim da mesma ..- Dinha: Meu Deus que lindo! -falei com a voz embargada de ver aquele lindo visual na minha frente. Aquele caminho de velas e no fim uma mesa de jantar que daqui parece maravilhosa! A música agora era mais clara. O que era isso afinal? Andei mais um pouco me aproximando, e meus olhos que estavam marejados, deixaram algumas lágrimas caírem quando caiu a ficha de que o Junior tinha preparado aquilo. Ele tinha me deixado maluca, só pra me trazer aqui. Sorri cheia de felicidade sentindo que estava ficando ainda mais apaixonada por ele. Isso era possível? Não sei mais, com ele tudo era possível, ele fazia minha vida ficar mais viva! Mais então cadê ele? Continuei andando entrar o caminho de velas, e ouvi a música ficar mais alta. Era "Tudo Mudou - Belo". Essa música é linda demaaais!. Quando dei mais um passo, vi uma sombra mais á frente. E ele apareceu .. Apareceu .. vestido de garçon! Uma camisa social branca com um coleinho preto de botão por cima e aquela gravatinha borboleta de garçon. Continuava com a calça e o tênis de antes. Estava segurando um bandeja ainda coberta pela "tampa". Coloquei as mãos na boca olhando pra ele, que sorria e ria da minha cara ao mesmo tempo. Com certeza por ter me feito de besta todo esse tempo e eu ter caído. Ele rindo e eu chorando. É, as lágrimas já tinham dominado meu rosto. Não tinha como, o que ele pretendia com isso? Eu tremia, e ele foi até aquela mesa, puxou uma cadeira pra mim e deixou a bandeja em cima da mesa. Eu ri ainda em meio há algumas lágrimas de nervoso e me aproximei pra sentar.- Njr: espera, a senhora aceitaria dançar comigo? -eu gargalhei- entra no clima -ele sussurrou.- Dinha: hm, seu patrão não vai gostar de ver o empregado dançando com a cliente. -ele riu- Njr: vou dizer pra ele que tô apaixonado. -sorri e estendi minha mão pra ele. Ainda tocava "Tudo mudou". Ele me guiou mais ao lado, e colou nossos corpos. Encaixei minha cabeça em seu ombro, ele me abraçou e ficamos dançando assim. Meu coração ainda saltitava com tamanho susto.- Dinha: você é maluco! E quase me deixou maluca também me tratando daquele jeito. -ele riu com o nariz- Njr: mais valeu a pena até agora? Dinha: valeu muito á pena! E esse jantar? Esse lugar? Tá tudo tão lindo! Eu nem sei se mereço tudo isso. -ri e ele pegou minha cabeça me fazendo encará-lo- Njr: eu também não merecia tudo o que você se tornou na minha vida. Dinha: ah é? O que eu me tornei? Njr: a razão dela. -eu sorri e mais uma vez meus olhos encheram de lágrimas- Dinha: você sempre foi a razão da minha.. Njr: então acho que a gente nasceu um pro outro. -assim que ele disse isso. Percebi que a música começou de novo. Ele devia ter colocado pra repetir. Continuei sorrindo pra ele, que agora mexia nos meus cabelos me olhando sério.- Olha Amanda, eu nem sei por onde começar, talvez por esse teu sorriso que de alguma forma gera o meu sorriso. Ou talvez por esses teus olhos, tão lindos que foi a primeira coisa que me encantou. Que me fez pensar "meu Deus, que mulher é essa!" No começo pode ter sido pela tua beleza exterior mais depois com certeza foi pela interior. Porque depois foi "nossa, que mulher é essa? Que mulher maravilhosa é essa? Que tá me deixando tão maluco?". -sorri e percebi que as lágrimas ja iam começar a rolar.-Porque eu acordo pensando em você e permanece assim até a noite. Acontece todos os dias, e eu não me canso dessa rotina. A noite vem e com ela vem uma vontade desesperadora, de correr pros teus braços. Na hora de dormir é só você quem eu desejo. Querendo o tempo todo poder sentir a tua pele, o teu cheiro, e a tua respiração bem aqui, pertinho de mim, me aquecendo e me apaixonando. É que uma única vez na vida, a gente encontra alguém que reflete nossa essência, que nos muda e nos marca por uma vida. Eu ainda não sei se você é essa pessoa, mas, tô muito afim de descobrir porque, eu gosto do jeito que você fala, mesmo que as vezes me machuque -ri em meio as minhas lágrimas- gosto das nossas conversas sem sentido, gosto do jeito sexy que você joga o cabelo, gosto do teu beijo, do teu abraço, gosto da cor dos teus olhos que ficam mais brilhantes quando me vê, gosto de te fazer rir,gosto do teu ciume e essa carinha inocente que você tá fazendo agora. -ri de novo sentindo meu coração não parar de saltitar.- Com você eu entendi que amar é ver sua felicidade nos olhos do outro. Eu vejo isso nos teus olhos. Sabe qual é minha vontade? Ser a última pessoa que você visse antes de dormir e a primeira ao acordar, por toda a minha vida, por toda a nossa vida, pra sempre. -eu já podia nadar nas lágrimas nesse momento- E é por isso tudo, que eu quero saber .. qual é a tua sorte hoje. -oi?. Olhei pra ele confusa e ele me guiou novamente até a mesa. Puxou de novo a cadeira pra mim e eu sentei me tremendo. Ele abriu a bandeja e lá tinha um.. biscoito da sorte?? E um coração de pelúcia.- Njr: abre! -minhas mãos suavammmm. Quebrei e abri o biscoito. Fiquei pasma, e quase gritei com o que eu vi.(imaginem que no papel a frase é "quer namorar cmg?" e as alianças imaginem as do link mais abaixo)- Dinha: ah Junior -falei quase sussurrando de tanto chorar. Dentro do biscoito, havia duas lindas alianças e um papel com a frase "Quer namorar comigo?". Eu já estava acabada.- Njr: quer que eu leia pra você? -apenas assenti e dei tudo na mão dele.- Amanda Fontinelli, você quer namorar comigo? -começei a rir e chorei ao mesmo tempo. Levantei de novo e abracei ele- 
Dinha: quero.. quero muito! -continuei chorando e ele me abraçou forte. O olhei- que homem é esse meu Deus! Njr: o teu homem, o que você acabou de aceitar. -sorri e colei nossos lábios. Num selinho que se tornou um beijo apaixonado. E foi como se tudo de ruim tivesse sumido. Agora era só eu e ele .. Só fomos parar quando nos faltou o ar.- Dinha: tem mais alguma coisa? Não porque se tiver me falar se não eu caio dura aqui -ri- Njr: vamo jantar vai.
Dinha: ah vamos? De onde veio a comida? Njr: olha, não sei se tá um pouco fria. Porque não sei quando eles sairam daqui Dinha: eles? -ele se sentou- Njr: é -sorriu e eu me sentei- ah, esqueci de uma coisa. Dinha: o quê? -ri. E ele pegou aquele coração de pelúcia, e me entregou- Njr: meu coração pra você -riu e eu ri tbm- Dinha: awn, que lindo amor. Amei! -fiquei sorrindo pra ele- Njr: vou buscar o jantar perai. Dinha: aonde? Njr: na mesinha ali do lado Dinha: tá, muda a música que já repetiu 3 vezes. -ele riu e foi. Trocou a música e veio com o nosso jantar. Começamos a comer e ainda não estava frio. Com certeza tem gente por aqui. Ou já foram. E com certeza é os meninos. Nossa,ainda não caiu minha ficha. Ele armou tudo isso pra mim. Quando terminamos de comer, ele disse que queria voltar pro iate. Nem hesitei. Devia ser mais uma das loucuras de hoje. Então fomos. Ele nem sabe, mais eu acabei de ver o Paulinho e o Jota passando correndo ali atrás. Eu não vou falar nada né, mais tô me segurando pra não rir. Entramos agora no iate e ele entrou lá pra dentro. Nossa era muito top! Fui atrás dele. Ele entrou dentro de um quarto. Fiquei meio assim de entrar- Njr: que foi? Entra Liza: ah, sei lá Junior -ri com o nariz- Njr: entra que tem uma coisa pra você em cima da cama. -ele acendeu a luz. E eu entrei dando risada. Olhei pra cama e tinha uma camisolinha rosa de ceda, linda esticada lá. Com um envelope branco do lado. Olhei pro Junior e ele sorriu. Fui até lá e peguei o envelope. Abri pra ler.- "dorme comigo essa noite?" -olhei pra ele de novo- Njr: se sim, você já tem o que vestir -balancei a cabeça negativamente sorrindo- Dinha: o que eu vou dizer pros meus pais? Njr: até nisso eu pensei. -eu ri- cê pode ligar pra tua mãe dizendo que vai direto pra casa da Mari porque ela tá mal porque brigou com o namorado e talvez você durma lá -sorriu confiante e eu gargalhei- Dinha: você é malucoo! Njr: eai? -acho que se eu pensasse muito diria não. Mais eu queria não queria?- Dinha: ai meu Deus.. tá bom vai. Njr: Aeeee, liga então. -peguei meu celular, e liguei. Logo ela atendeu e entendeu numa boa. Falei que ia chegar agora na casa da Mari . Não gosto muito de mentir pra ela. Mais era por uma ótima causa.- Dinha: pronto -sorri pra ele que se aproximou pegando na minha cintura.- Njr: acho que essa tua roupa não tá muito confortável pra durmir. -falou e olhou a camisola em cima da cama- Dinha: é .. tem razão. -saí dele e peguei a camisola- banheiro? Njr: ali -apontou e eu fui. Me troquei colocando a camisola que ficou perfeita .. e curta! Mais enfim né, me olhei no espelho, joguei meu cabelo pro lado deixando um bagunçado lindo. Quando eu me imaginava tendo momentos íntimos com algum carinha, eu nunca me imaginei realizando fantasias ou mostrando meu lado sexy kk. Mais até que não é tão ruim assim, só tó morta de vergonha de sair daqui kk. Respirei fundo e saí de vez, e começei a rir.- Njr: tá rindo de quê? Dinha: de mim, vestida assim. Njr: não gostou? Então tira -me olhou malicioso. Eu ri e me aproximei.- Dinha: tira você! -ele arregalou os olhos e eu gargalhei.- tô brincando, nem pense! Njr: brinca comigo pra tu ver -ri de novo- Dinha: a gente não ia ver filme? Njr: ia? Dinha: ia! -deitei na cama e encostei na cabeceira.- Njr: não ia não. -veio e se deitou do meu lado-a gnt tem coisas melhores pra fazer. -se curvou pra mim, segurando minha cintura- Dinha: jura? -ele apenas assentiu. Me puxou pra ele e colou nossos lábios. Começamos um beijo que de começo já era feroz. Segurei o rosto dele, e ele já se agarrou nos meus cabelos, intensificando o beijo e deixando ele mais quente, o que fez com que eu começasse a sentir aquele desejo encontrolável de me entregar pra ele. Nossas línguas estavam em perfeita sintonia, se entrelaçando. Só podia se ouvir o barulho daquele nosso beijo, e o barulho do mar. Bem leve, e trazendo um ventinho gostoso ali pra dentro. O Junior então, colocou uma das mãos na minha coxa sem parar o beijo. Foi subindo a mesma até entrar com ela dentro daquela camisola. Quando ele encostou na minha parte íntima, senti um arrepio misturado com tesão, naquele mesmo instante percebi que fui ficando molhada. O beijo ficou mais devagar quando ele começou a massagear minha bct. Então parei o beijo, e agarrei seu pescoço. Começei a dar beijos e lambidas ali. Subia e descia a boca entre a orelha e o pescoço. Mordia sua orelha e ele se contorcia, assim como eu. Eu dividia meu prazer entre o que ele estava fazendo e o que eu fazia com ele. Eu já tava morrendo de vontade de tirar a roupa dele toda. Ele ficou de joelhos na cama agora, me olhou e eu fiquei também. Ele então sem esperar subiu aquela camisola e a tirou, não esperei nada também e tirei sua camisa. Ele me puxou pela nuca começando mais um beijo naquela posição. Sentei de frente em seu colo. Ele percorria suas mãos pelo meu corpo, como se estivesse marcando território. Era forte, e ao mesmo tempo arrepiava. Eu agarrei suas costas e as apertava, com vontade de ter ele de todas as maneiras. Ele então, me empurrou me fazendo deitar e ficar por baixo dele. Foi subindo suas mãos pelo meu corpo lá dos pés. Quando chegou, na minha calcinha foi arrancando ela com força. Tipo, já? Kk. Antes de fazer o que ia fazer, apertou meus dois seios me olhando cheio de malícia, eu não conseguia mais controlar o tesão que estava sentindo. Gemi baixinho e ele caiu de boca na minha bct. Enfiou sua lingua quente lá dentrou e começou a me chupar. Lambia, sugava e beijava ali como se fosse minha boca. Arreganhou minhas pernas, tentando explorar ainda mais o espaço, tirava a língua lá de dentro e ia passando devagar por cima, depois já enfiava de novo, me fazendo delirar e gemer ainda mais alto. Aquilo era delicioso! Eu já estava suando quando empurrei, ele querendo retribuir aquilo. Fiquei agora por cima dele. Abri seu zíper e fui tirando sua calça junto com sua cueca. Quando tirei. Joguei longe, olhei seu p. retinho e em pézinho e caí de boca. No mesmo instante ouvi um gemido. Eu subia e descia chupando até a goela. Dava algumas mordidas na cabeçinha vendo ele ficar maluco. Ele colocou a mão sobre a minha cabeça acompanhando cada movimento, enquanto gemia. Continuei aquilo, cada vez com mais vontade. O p. dele já estava molhadinho. Agora eu chupava mais rápido e sem parar. Até eu estava com vontade e gemer mais minha boca estava ocupada. Eu aumentava ainda mais a velocidade e ele a altura das gemidos.- Njr: nossa, vai .. na..não para. não parar .. não para que eu vou go..gozar .. -falou quase sussurrando, e eu continuei até que ele gozou na minha boca. Engoli tudinho e já subi em cima dele.- Dinha: cadê a camisinha? -ele apontou pra mesinha ao lado e eu peguei na gaveta. Abri, e coloquei olhando pra ele, que ofegava de tesão. Sentei com tudo em cima do pau dele. Começei a rebolar devagar. Olhei pra ele e mordi os lábios de prazer, e fui aumentando a velocidade. Até começar a quicar em cima dele, ele pegou na minha cintura acompanhando cada movimento meu. Gemíamos juntos e eu via que ele estava cada vez mais louco. Continuei com aquilo, até ele pedir pra mudarmos de posição. Ele agora veio por cima, abriu minhas pernas com tudo e enfiou seu p. em mim fazendo com que eu mais uma vez soltasse um gemido agudo. Foi metendo daquele jeito e me deixando mais louca a cada entocada. Puxei seus braços, agarrei suas costas e nossos corpos quentes ficaram completamente colados. Cravei minhas unhas em suas costas e ele deu uma mordida na orelha. Continuou bombando e a cada gemido meu ele bombava mais forte. E ia aumentando ainda mais a velocidade e o nosso prazer. Ele era incrível em todos os sentidos!! Ficou fazendo aquilo até nem eu nem ele aguentarmos mais e chegarmos ao orgasmo juntos. Ele se deitou ao meu lado ofegante e me nos olhamos.- Njr: vamo pro banho? -assenti sem ar, só me levantei e fui com ele, pro banheirinho dali. Ele ligou o chuveiro e saiu.- Dinha: vai aonde? -não respondeu, foi e logo voltou com uma camisinha na mão. Ri e ele abriu.- Njr: segundo rooound -riu daquele jeitinho safado dele e entrou no box. Me imprensou na parede, e colocou a camisinha. Começamos um beijo quente embaixo do chuveiro, nossas línguas desenfreadas uma procurando a outra. Parei o beijo e virei pra parede, segurando as mãos na mesma. me abaixei um pouco e ele enfiou. Ficou metendo daquele jeito, e nem demorou muito pra gozarmos de novo. Depois terminamos o banho juntos. Ele saiu primeiro. Terminei meu banho e saí de toalha.- Njr: nem precisa por a roupa, deita assim mesmo. Dinha: não brigada, sei que teu pique tá pra terceiro round mais ... Não! -rimos- Njr: tô brincando. -coloquei minhas peça íntimas e aquela camisola. Deitei com ele, ficamos conversando um pouco e ele me contou como armou tudo aquilo kk. Depois de um tempo adormeci nos braços dele. [...] Abri os olhos a claridade me fez fechar de novo. Os abri mais uma vez lentamente. Olhei pro lado e o Junior não tá mais aqui. Lembrei da noite passada e abri um sorriso. Que noite! Olhei pra minha aliança na mão direita e sim, foi real kk. Fiquei ali uns segundos viajando até ver o Junior vindo com uma bandeja de café da manhã.- Dinha: awnnn amooooor. Não acredito -ele sorriu. Eu me sentei na cama e ele colocou tudo do meu lado.- Njr: tudo seu, já comi. Dinha: quer me mimar mais? Vou ficar mal acostumada -ri- Njr: não me importo se você me recompensar como na noite passada -riu e eu dei um tapa nele- Dinha: Junior!! Njr: comi aí vai -riu e foi saindo- vou pegar mais café pra mim -foi. Peguei meu celular na mesinha ao lado. Olhei a hora e eram 7:04. Eu disse pra ele me acordar mais ou menos essa hora e nem precisou. Tirei uma foto daquele café e postei sem medo já meu pais não tem instagram e ngm sabe que tô com o Junior mesmo kk.-
dinhafontinelli: Como faço pra não me apaixonar mais, acordando com isso? #amor #agoraéoficial #perfeito #teamo  

reasonnjr: é isso mesmo produção?? DiMar é oficial???? taradasdoju: Eu sabia!! #loveDiMar #tevelepolepo taianesoares: to mortaaaaaaaaaaa!!! Ela durmiu com o Junior God! felipeduarte: sorriadinha: só falta foto de vcs juntos. Por favorrrrr. bondedotois: meus casais se assumindo. #PauLiza #DiMar amo muito tudo isso! jotace520: hummmmmm .. neymarmeuanjo: cara eu tô sem ar nesse momento! #scrr #jesusmeabana #éDiMarporra guustavo92: hummmmm .. 2 vishtirulipa: OMG! #tonochao #todaleste #tobarbienacaixa
Bom, parei de ver e fui tomar meu café.- Njr: tá gostoso? -ele voltou- Dinha: melhor impossível -falei e tomei um gole do café- Njr: gostou do iate? Da hora aqui né? Dinha: demais! Deve ter custado uma fortuna -rimos- Njr: tava pensando vim o bonde pra cá fim de semana. Que cê acha? Dinha: amei Ju! Sério, ia ser top. Sábado ou domingo? Tem jogo quando? -ri. Falei enquanto mastigava um croassan. Ele riu de mim- Njr: come aí depois a gente vê -ri sem mostrar os dentes. Agora é correr, ligar pra Mari e chegar lá rapidinho rs. Não importa se algo der errado, porque valeu muito á pena! ~Amanda off~
~Liza on~ Voltamos de porto na segunda. Hoje é quarta. A viagem foi maravilhosa. Curtimos ao máximo todos os dias. No início pensei que teria um pouco de dificuldade, pois sentiria vontade de ficar com alguém. Mais não tive. Nenhuma! Como iria ter? Se antes o Ph realizou o momento mais feliz da minha vida até aqui. E aí percebi que não importava mais quem eu era, quem ele era ou o que passamos pra chegar até aqui. E sim o motivo pelo qual nós finalmente estamos juntos. O nosso amor, que é único e verdadeiro. Não nos vimos até hoje. Na segunda cheguei super tarde, e ontem ele passou o dia ajudando o Junior á preparar o pedido de namoro da Dinha. Eu tô muito anciosa pra ela chegar e me contar tudo! kk. Não sei quando a gente vai ser mais estamos nos falando o tempo todo. Eu tô muito feliz com tudo o que aconteceu e ainda vem pela frente. Ele me passou total confiança esses dias. E por isso decidi e vou contar hoje pros meus pais todos os detalhes. Pra eles já se prepararem pra quando ele vier aqui. Mais claro que o nome dele eu vou manter em segredo até o último segundo kk. Principalmente pelo meu pai. Que é todo debochado, faz piada de tudo, ficava chamando elea de nariguro e os caralho pra me irritar kk Mais pensando por outro lado e ele não vai surtar só por isso. Mais também por ver a menininha dele realmente crescendo. Ele tá de boa pô, mais quando cair na real quero ver kk. Bom, tô acabando de almoçar agora. Assim que acabei tirei, lavei tudo o que sujei, e quando tava indo pro meu quarto a campainha tocou. Fui até a porta, abri e era as meninas.-
Dinha: hiiii bitchhhh Liza: hello dog girl -rimos- Mari: oi -dei espaço e elas entraram.- Liza: oi -imitei a Mari- af, é EAAAAAI CACHORRONAAA -fiz cócegas nela e riu sem ânimo.- tava indo pro quarto, vamos. -fomos pro meu quarto, eu liguei o ar e a tv e ficamos lá. Arranquei tudo e mais um pouco da Dinha. Até alguns detalhes sórdidos kk. Mais foi lindo demais o pedido que o Ju fez pra ela. Aliás, a aliança tbm é linda. Mais quando a Dinha tava terminando de contar, a Mari corre pro banheiro e lá deve ter vomitado. E tá saindo de lá agora.- Liza: Maaari Maaari, não tá tomando os remédios? Mari: hoje eu esqueci .. Dinha: não é brincadeira não amiga.. Mari: eu sei gente. -sentou na cama- foi só hoje. Liza: rum, bom mesmo. Dinha: já tá pensando em falar pro Gil? Mari: eu penso o tempo todo. Mais não sei como vou fazer isso. E nem quero pensar nisso agora. Liza: mais precisa procurar um obstetra pra te acompanhar né? Mari: eu sei calma, eu preciso respirar primeiro. -abaixou a cabeça- Dinha: isso, vamos falar de coisa boaaa!! Liza: vamos falar de tekpixx!! -rimos- Dinha: não palhaça, do fim de semana mesmo Liza: o que temos? Dinha: iate do Junior, muito provavelmente. Liza: sérioooo??? Que tooopp Dinha: sério, ele falou que vai combinar com o bonde. Liza: quero muuuitoooo!! -riu- queremos né Mari? -olhou pra Mari- Mari: eu? Não sei. Dinha: ai amigaaaa -deu um chacoalhão nela que sorriu. Continuamos ali conversando. E tentando animar a Mari. Sério. Não tá sendo difícil só pra ela. Todo hora vem na minha cabeça que muita coisa vai mudar daqui pra frente. E mesmo que alguém não fique do lado dela, com certeza tanto eu quanto a Dinha estaremos aqui. Bom, depois de algumas horinhas elas foram embora. Agora eu acabei de tomar banho, ouvi a voz da minha mãe. Então meus pais chegaram. Assim que acabei de me vestir, vi que meu iphone começou a tocar. Peguei e era o Ph. Atendi.- Liza: oi Ph: se eu não ligar você não liga né? Liza: primeiramente boa noite né? -ri- Ph: boa noite, se eu não ligad você não liga né? -eu ri- Liza: é, eu prefiro esperar você ligar. Tem mais graça -ri- Ph: só se for pra tu -riu- tá fazendo o que? Liza: sentindo saudade de uma pessoa e você? Ph: eu tô de boa Liza: aaaaah é?? -ouvi ele rindo- então vou dar uma volta ver se acho alguém que também tá com saudade. Ph: isso, para no canal 4. Quer o endereço completo? Liza: sei de cor, deixa. -ele riu- Ph: tava brincando. Tô com saudade de uma marrentinha aí também. Liza: lindo! -ri- ela também tá pode ter certezaa. Ph: a gente vai se ver quando? Liza: não sei, tô esperando seu convite -ri- Ph: jantar amanhã? Liza: simm. Vou falar com os meus sobre a gente hoje. Ph: vai marcar meu jantar aí? Liza: semana que vem a gente marca, vou só esclarecer tudo hoje. Só não digo seu nome -ri- Ph: porque? Liza: porque quero ver a cara do meu pai Ph: ihhhhhh -rimos. Fiquei conversando com ele mais um tempo. Depois desliguei porque ouvi minha mãe me chamando pra jantar. Fui e eles tinham trago iscas de frango com fritas. Comemos e tal, e quando acabei decidi falar logo antes que eles acabem.- Liza: queria falar com vocês. Rodrigo: sobre? Liza: sobre meu namorado. -ele pausou e me olhou- Flávia: Ahh! Então, aquele dia o que deu? -sorri pra minha mãe. E mostrei a aliança. Ela pegou minha mão.- ounnn minha filha, que lindaaaa. É ourooo!! -rimos- Rodrigo: é ouro! -nos imitou e rimos de novo- se ele acha que vai comprar a gente com ouro tbm tá errado. Flávia: e ele comprou alguém aqui? Olha como você fala da nossa filha Rodrigo! Rodrigo: tá, tá . Liza: então, ele me pediu em namoro sim. Eu aceitei, claro. Eu sou completamente apaixonada por ele. Sou á muito tempo. A gente se conheceu de um jeito estranho que prefiro contar junto com ele -ri me lembrando- Ficamos amigos, depois de uns dias, começamos a ficar. Tinha uma coisa que atrapalhava a gente de ficar juntos, e nisso se foram esses 3 meses. Agora conseguimos resolver tudo e estamos juntos. E tudo isso vai ser explicado quando ele vier aqui na semana que vem. Ele vem conhecer vocês e formalizar o namoro. Entendeu seo Rodrigo? Formalizar! Não é pedir. Rodrigo: eu entendi, eu não sou contra querida, nunca fui. Só a profissão dele que me assusta um pouco você entende? Liza: claro que entendo. Flávia: e qual é a profissão? Isso você não me contou Liza: jogador de futebol. Joga no Santos. -meu pai engasgou. Começou a tossir.- Rodrigo: Santos?? Liza: é. -começei a rir- Flávia: nossa filha -riu- eu nem o que dizer, quero conhecer ele logoo!! -sorri pra ela. Fiquei feliz pelo apoio- Rodrigo: eu também quero muito conhecer ele. -ri pra ele. Levantei, lavei o que eu sujei e sumi logo pro quarto. Isso, sumi kk. Tava ficando tensa com aquela conversa. Mais espero de verdade que tudo dê certo. Meus pais nunca me decepcionaram. E não vai ser agora né? ~Liza off~
~Mari on~ Porto Seguro .. Nunca mais vou esquecer aquele lugar. A diversão foi somente um detalhe. Lá eu descobri meu destino. Um destino incerto, assustador, amedrontador. Um destino que eu preciso aceitar e aprender a amar. É muito cedo ainda pra pensae em aprender a amar. Mais não é isso que as mães de primeira viagem tem que fazer? Aprender a amar um ser crescendo dentro de si. Desde que voltei de porto tenho pensado assim. Não, não é cedo. Cedo foi a forma com que isso aconteceu. Agora, se acostumar rapidamente é o necessário. Naquele momento eu pensei "como assim, eu mãe?". Mais é isso. Como?? Eu deixei isso acontecer, e agora eu mesma arcarei com as consequências. Sejam elas boas ou ruins. Agora o que mais me assusta é o Gil. Não é meus pais. É o Gil. O Gil que eu conheço eu sei bem o que me diria e faria. Mas, eu conheço ele.Não sei! Hoje já é noite de sábado. Precisamente 23h20 da noite. 5 dias desde que voltamos de Porto. 5 dias me sentindo angustiada. Com meus pais eu converso o necessário. Eles já perceberam que não tô bem desde que voltei. Espero que não me questionem. Não agora pelo menos. Tô aqui deitada vendo tv. Passei esses dias assim. Emagreci um pouco até. Nessa altura do campeonato isso é bom. Eu não vi o Gil todos esses dias. Tenho fugido dele. Disse que tô fazendo uns trabalhos escolares que não tinha entregado. Ele engoliu até. Mais quinta a gente discutiu pelo telefone. Teve jogo e eu não quis ir. Todos foram. Menos eu..e ele. Mais amanhã não tenho mais como fugir. O Junior convidou o bonde todo pra ir pro iate dele. Eu tenho que pôr fim pelo menos na distância com o Gil. Pra acalmar os meus ânimos. Ele disse que viria me buscar 12h30, depois do almoço. Disse que ia vir sozinho no carro dele. Espero conseguir demonstrar o mínimo de felicidade. Bom, vou durmir que o amanhã só pertence á Deus! [...]



CONTINUA!

Olá meninas, tá aí mais um capítulo pra vocês. Gostaram do momento DiMar? O hot foi menor, sabemos, mais é que ainda tinha bastante coisa pro capítulo e não dava pra esticar muito. Mais mesmo assim, eles tiveram uma noite maravilhosa kk. E ah, nos hots a gente coloca as vezes uma foto mostrando como foi a posição que estão fazendo lá né? Então, as foto serão sempre em desenho. Porque assim, claro q já lemos fics em que colocam aqueles gifs de sexo, e sei lá, não acho muito necessário. Com o desenhinho, dá pra imaginar a posição certinha e o resto fica por conta da imaginação de vcss haha. Eaii?? O que será que vai acontecer na ida deles pro iate? Será que a paz vai ser selada entre o casa MariMar?? E PauLiza?? Como vai ser o jantarzinho em família?? Kk. Acompanhem! Estamos bem tristes com os comentários. Caiu do nada. Pode ser sido pela demora mais, não deixem de comentar esse pra nos dar estímulo pra postar o próximo mais rápido. Porque nesse anterior, tivemos muuuuuito trabalho ora fazer perfeito. Igualzinho a viagem de verdade mesmo. Com fotos, vídeos e o detalhamento perfeito. Esperamos ser recompensadas nesse.Ah, se alguém quiser fazer como a Leitora Luiza Santos, que deixou seu user para usarmos na história, será super bem vindo kk. Bom, é isso. Comentem e não preciso mais dizer sobre o grupo do whats né? Kk Deixe nome e número quem quiser entrar beijinhuxx

37 comentários:

  1. Aaaaaaaaaaaaaaaaah que capitulo foi esse ? *O* ta muito perfeitoooooo,mega curiosa pra saber a reação do gil,amei o pedido de namoro cara,fiquei emocionada :') .Não tenho mais o que dizer,pq ta perfeito demaaaais <3

    ResponderExcluir
  2. Awnn amei a surpresa que o Junior fez pra amanda foi lindo, espero que de tudo certo no jantarzinho com os pais da liza, e espero sinceramente que a Mari conte pro Gil e ele apoie ela pq ele foi homem pra fazer tem que ser pra assumir, e isso meninas não demorem pra postar o próximo, bjus amo vcs♥

    ResponderExcluir
  3. adorei o cap ,nao demora pra postar estou muito anciosa

    ResponderExcluir
  4. Jesus amado! O que foi esse cap? Serio, foi mttttt bom, acho até que valeu um pouco a demora haha. Continuem logo porque n quero morrer de curiosidade imaginando o que pode acontecer no iate, rs. Tomara que o próximo seja tão maravilhoso quanto esse. Então não demorem, pelo amor. Bjs, Bruna.

    ResponderExcluir
  5. Ameeeii o capitulo.Que surpresa foi aquela do Junior ? ameeiii.Que parte hot foi aquela ? Adoorei.Acho que o jantar tem que ser bem divertido o pai da Liza ficar meio assim no começo e no final acabar até jogando video game com o PH.Acho que a Mari tem que contar pro Gil de um modo diferente,especial.Acho que ela poderia comprar varias coisinhas de bebe,botar em uma caixa preta de presente e colocar no carro dele.É isso,espero que vcs nao demorem a poostar por favor.Podem dedicar o próximo capítulo a minha pessoa ? Kkkkk BEIJOS
    (Meu user pra usar - @HugsNjr)

    ResponderExcluir
  6. Meu Deus vcs sao perfeitas, amei, amei, amei mil vezes... faz mais partes dos meninos narrando acho bem legal... tmb acho q a mari tem q conta pra o Gil de um jeito difetente... cara vcs demoram mt pra posta, tenta posta mais rapido agora q tao de ferias. Aah meu user para vcs usarem é @ILoveNeeyJR

    ResponderExcluir
  7. Aaaaaaah caramba ! Um dia vcs me.matam vlh' serio... MUITO LINDO ! A.D.O.R.E.I !!!!!! CONTINUA

    ResponderExcluir
  8. uhuuuuuul posta mais, sdds :((

    ResponderExcluir
  9. Manoww caraiii vcs sao fodasticassss sem palavras como sempre e ja estou morrendo de curiosidade pra saber a reaçao do gil mari tristinha </3 aaaah e ja ia esquecendo eu concordo com as minas ai em cima da mari falar de um jeito diferente
    sobre DiMarrr tudo perfeitoooooo ♥amei amei amei mt
    PauLizar oficializando para os pais ♥♥
    #Rafaaa :*

    ResponderExcluir
  10. Tiiiiipoooooo, eu to quase infartando aquiiiiiiii !!!! Vou ir dormir pensando nooo próx. Aaahhh ta peerfeeito ! Choorei o cap. TODO ! Kkkkkk
    Diivaaas Contt loogo ♥ Amoo Vcssss ♡♡ a prova disso é: eu reiniciei o meu celu umas 15 vezes pra pode ler e comentar.
    O povo AMA me deixar curiosa, é os seriados que eu assisto é a fic de vcs e de mais uma Neymarzete... kkkkkk ♥♥♡♡

    ResponderExcluir
  11. Queee pedido de namoro lindo - Chorei e ri -♥♥♡♡ a mari tem que falar logo com o gil.. nau acho q tem q ser com jeito especial, pq ela nem tinha apresentado pro pai e nem conversado entre eles msm pra querer ter filhos e tal e alem disso a relação deles sempre foi tumultuada . so acho - minha opinião tah, considerem se quiser kkkk -. ela tem quer conto logo e ele assumir e ter responsabilidade....... To super ansiosa pra esse jantar do PH kkkkk continuem logo bjuss

    ResponderExcluir
  12. Nossa gente, que capitulo! Meninas, preciso muito do próximo. Quando fico no tédio preciso da fic pra desentediar. Kkk
    No jantar do ph:
    Os pais da liza não vão aprovar muito. Mas, o ph faz algo surpreendente, revirando toda a cabeca deles.
    Gravidez da mari:
    O Gil não vai gostar, nem um pouco. Mas, com um jeitinho carinhoso, ele acaba percebendo que, isso não é o fim do mundo.
    DiMar:
    Tá perfeito, facam mais hots! Na ida pro iatedo junior, algo vai acontecer, deixando a dinha suuuuper invocada. No final das contas eles fazem as pazes, e os dois decidem contar para os pais dela quem é o homem que está tomando conta desse coraçãozinho.
    Meninas, facam mais partes Deles narrando. Coloquem mais fotos delas no insta, sei lá e conta pra midia sobre casalzinho dimar. Usem meu user: @livianjr e dediqurm o prox. Pra minha pessoa! <3
    CONTINUEM!

    ResponderExcluir
  13. HAHAHAHAHAHAH MEU DEEEUS, OBRIGADA!!!!!!!!!
    Que capitulo perfeito foi esse? A mari ta gravida.. já suspeitávamos. A surpresa do Junior,que coisa mais fofa gente?Quero um boy magia desse kkkkkk O Ph e liza são uns amorzin. Eu acho que está cedo pra ela ta gravida, não sei oque vocês estão planejando mas acho que o Gil acima de tudo precisa ficar e demonstrar estar do lado dela.. MAS acho que ela podia perder o bebe, ta muito cedo pra isso tudo! Ta cedo demais e eles ainda tão com esse problema da leticia(se não me engane) ex do gil.. então é isso :)
    Eu quero entrar no grupo do whatsApp sim 031 8330-6612 !!! E EU AMEI O COMENTARIO NA FOTO HAHAHAHAHHAHAHAHAH #TONOCHÃO #TODALESTE #TOBARBIENACAIXA HAHHAHA ! CONTINUEMMMMMMMMMMMMM @vishtirulipa

    ResponderExcluir
  14. scrr, estou tentando me recuperar dessa mega cap !!! To amando DiMar, ta um ARRASO ! MARIMAAAAAAAR É VIDAAAA, acho q eles tem que discutir a Mari termina com ele e no embalo da situ, sem querer solta que ta gravida, e o Gil msm bravo, apoia ela e vai assumir o filho, e acabam meio que voltando ali !! No jantar os pais da Liza quase dar um treco do susto, mas aceitar de boa e ficar tudo jóia entre eles !! Bom essa é minha opinião, mas o que vocês colocarem vai estar PERFEITO !! bjs e postem logo

    ResponderExcluir
  15. Aaain' eu chorei muito ! No começinho, com a mari narrando eu desabeeeei... kra eu amei esse pedido de namoro. Achei muito top ! E o ph e a liza ? Gente que lindos, acho q qnd o ph for se apresentar pros pais da liza, tipo, o pai da liza tava bebendo agua, ai o ph entra com a liza e o pai dela vê, arregala os olhos e engasga kkk. Ai a mae dela trata o ph super bem, o pai da liza é meio seco no começo mas acaba cedendo. Na ida pro iate o gil podia ficar perguntando pra mari pq ela tava assim, meio triste. E ela nao fala q ta gravida. No iate ela fica mal pq tipo, fica balançando com a agua ne... ai ela fica meio zonza mas logo passa. Ela podia ficar meio sozinha isolada e tal. E o gil percebe e vai falar com o jr e com o ph (gil narra) o gil conta pra eles q a mari ta estranha e tal e eles aconselham o gil a ir conversando com ela aos poucos tipo,chegar nela e ir tentando arrancar algumas coisas. Ela nao fala da gravidez mas fica contando como foi a viagem, conta de tudo q rolou la, enfim... fica conversando com ele pq ela percebeu q o gil tav mal com essa "distancia" q ela tava dele. Ai resolve ficar conversando com ele pra tentar deixar ele melhor...
    Na situçao da mari, eu faria isso. Pq poxa, o gil gosta dela e ela fica se mantendo distante dele. Ele fica chateado ne.. :( CONTINUAAAAAAA EU ADOREI E QUERO MAIS LOGOO !!! Tt: @UaiJuninho -Maari

    ResponderExcluir
  16. até 2h da manha lendo tem noção? kkk AMEI e to mega feliz com o cap. Espero q nao demorem pro proximo :)

    ResponderExcluir
  17. Continua logo PFV...Só quero vê a reação do Gil quando saber que vai ser Papai.E o Junior e Dinha que lindooosss...Já que todos tão "namorando" deveriam levar os meninos pra conhecer os sogros (Só acho)...
    Amanda

    ResponderExcluir
  18. genteeeee q cap foi esssseeee???????????

    ResponderExcluir
  19. Que lindo *---------*

    ResponderExcluir
  20. Consegui leeeer YEEER ... rs Adorei o cap e to louca pra ver a reação do gil quando ela falar.

    ResponderExcluir
  21. Esse neymar é demais... kkkkkk tadinha da garota.

    ResponderExcluir
  22. Ei, continua ai. To triste com a lesão do neymar. Então n consigo nem escrever muito...

    ResponderExcluir
  23. + quero saber do gil logo

    ResponderExcluir
  24. a a mizade delas é taoo... lindaaaaa *-*

    ResponderExcluir
  25. porfavoooor precisooo deee maiiiiis

    ResponderExcluir
  26. Sem palavras! Continua

    ~Silvia

    ResponderExcluir
  27. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  28. +++++++++++++++++++++++++++++

    ResponderExcluir
  29. CARALHO, ta perfeito

    ResponderExcluir
  30. haha quando minha prima disse que aqui era bom, não levei muita fé pq era do neymar..... mas a historia é muito boa, vcs sao muito criativas. adorei e ccontinua

    ResponderExcluir
  31. falei pra vc! Só salvar agora nos favoritos e comentar pq elas só postam com bastante. :) conti

    ResponderExcluir
  32. Indica?? http://what-to-do-about-you.blogspot.com.br/?m=1

    ResponderExcluir
  33. amando cada vez mais. Ja sonhando e tudo com a segunda temporada kkkkk

    ResponderExcluir
  34. tipo assim..... amando vcs

    ResponderExcluir