domingo, 13 de julho de 2014

forty five ♡


Dedicado a Manu Gomes e Livia

Acabei de acordar. Estou me sentindo bem. Disposta, sem enjoos, ou mal-estar. Mais nem por isso vou sair dando pulos de alegria. Bom, levantei, olhei o reloginho e eram 10:35. Fui até a janela, abri a cortina, e o sol já era forte e o dia estava lindo! Fui pro banheiro, fiz minhas higienes,penteei o cabelo e fui pra cozinha. Meus pais tomavam café.- Mari: bom diaa -me sentei- Sérgio: bom dia querida Luciana: bom dia amor, tá tudo bem ? Mari: tudo mãe .. porque? -falei enquanto colocava leite num copo.- Luciana: nada é que cê anda tão quietinha.. Mari: não mãe, é que eu tô com um monte de trabalho pra fazer. Aí tô focada nisso. Sérgio: eu disse pra sua mãe que não era nada. -olhou pra minha mãe que riu.- Mari: é mãe, eu tô ótima tá? -sorri pra ela que assentiu.- Luciana: vai pra praia então? Mari: não é praia, é o iate do meu amigo -ri- Sérgio: seu namorado vem te buscar? Mari: vem sim. Luciana: nossa, até esqueci desse namorado. Ele não vem conhecer a gente não é? Mari: muito em breve mãe .. muito em breve. -falei me lembrando das circunstâncias em que estou. Terminei de comer as torradinhas, peguei uma maçã e fui pro meu quarto. Lá fui escolher meu biquini. Mais claro que vou de roupa por cima. Ainda mais agora. Escolhi lá um, e uma blusinha e um shorts pra por por cima. Ai eu tô morrendo de saudade do Gil. São quase 2 semanas sem se ver. Mais meu medo é maior que tudo.. [...] Agora estou almoçando, já arrumei tudo. Já é mais de meio dia com certeza. Quando terminei, lavei o que sujei e fui pro meu quarto, escovei os dentes de novo, peguei tudo, olhei o celular e eram 12h .Gil já deve tá por aqui. Fui no quarto dos meus pais.-
Mari: tô indo tá? Volto á noite. Luciana: tá bem querida. -sorriu. Acenei pra eles, eles devolveram e eu fui. Fechei a porta e assim que me virei vi o carro do Gil parado. No mesmo instante ele abaixou vidro. Daqui eu pude ver, os olhos dele brilhando e seu sorriso enorme enquanto me olhava. Eu olhava pra ele com culpa. Não sabia exatamente de quê mais, era culpa. E por um segundo consegui sorrir verdadeiramente de novo. Só ele tinha esse poder. Meu coração faltava sair pela boca. Não era o mal estar, era a saudade, a vontade de sentir o abraço dele. Então fui descendo. Quando cheguei lá, dei a volta e entrei no carro. Assim que entrei senti aquele perfume dele de novo. O olhei e de novo sorrimos um pro outro.- Gil: que saudade! -falou ainda sorrindo, chegou bem pertinho, me puxou pela nuca e juntou nossos lábios começando um beijo. Que saudade daquele beijo, que saudade daquelas mãos, que saudade dele. Nossas línguas se entrelaçavam calmamente como se também estivesse matando saudade. Ah, aquele gostinho! Só esse beijo tem. Delicioso. Estavamos viajando enquanto segurávamos um na nuca do outro. Até que fomos parando com selinhos. Ele afastou uma mecha do meu cabelo do meu rosto e continuou sorrindo pra mim.- ê ruivinha, que falta cê me fez. Nem parece que foi só esses dias. Acho que eu não acostumo ficar mais solteiro não sabia? -riu e eu continuava olhando ele falar calada. Sem saber direito como agir com ele agora- os mlks tudo me zuando -riu de novo mais logo ficou sério- cê não .. vai dizer nada? Mari: eu? -viajei- Gil: ufa! Achei que tinha perdido a voz em porto -ri de leve- Mari: não.. eu nem sei o que dizer. Eu morri de saudade -ri- Gil: eu também -sorriu e me deu mais um selinho- Mari: eai, cadê o bonde? Gil: foram direto com o Juninho. Vim te buscar agora, e daqui a pouco o Paulinho vem pra buscar as meninas. Queria ir sozinho contigo. Mari: fez bem -sorri- e já vamos? Gil: vamo sim. -deu partida e saimos. Ligou o som no Th e fomos ouvindo. Permaneci calada. Preciso pensar antes de dizer agora. Até que ele quebrou o silêncio..- sabe .. Esses dias eu pensei numas coisas. Mari: o quê? Gil: nossos pais. Eu nunca vi os seus, você nunca mais viu os meus. Acho que tá na hora de conciliar tudo né? A gente podia, sei lá, marcar um dia num bom restaurante, almoçar todo mundo. -olhei pra ele séria. Eu realmente não sabia o que dizer. Isso vai ter sim que acontecer, mais é como se eu quisesse adiar cada vez mais.- que cê acha? Mari: o que eu acho? Gil: é Mari. Olha, eu sei que minha mãe não é fácil, mais no final todo mundo vai se entender. -ele não sabe mais vamos ser obrigados á nos entender- Mari: somos obrigados á nos entender.. -falei baixinho mais sabia que ele tinha ouvido- Gil: obrigados? -riu- isso não né gatona? Mari: é , isso não -ri com o nariz- mais vamos marcar sim. Semana que vem, pode ser? Gil: uhum -me olhou e sorriu todo satisfeito. Ele é incrível. [..] Ele foi o caminho todo puxando papo comigo. Eu respondia normal mais sempre com a cabeça em outro lugar. Agora já estamos aqui no Guarujá, indo pra Marina onde está o iate.Agora tem um carro buzinando atrás da gente.- acho que é o Paulinho aí atrás. -assenti. Ele jogou o carro pro lado. O Paulinho encostou do nosso lado. Achei que ele ia falar alguma coisa mas, deu risada e ultrapassou.- Mari: ih, achei que ele ia falar alguma coisa Gil: filho da mãe -começou a rir e acelerou. O Ph já tava longe e o Gil foi acelerando cada vez mais.Queria ultrapassar de volta- Mari: devagar Gilmar! -falei meio apreensiva e ele me olhou sorrindo sapeca. Pisou fundo, sem parar foi acelerando. Acelarava cada vez mais, eu nem sabia á quantos quilômetros estavamos. Eu estava ficando com medo. Ele não me machucaria.Mais agora que estou.. grávida, não dá pra me aventurar assim- DEVAGAAAAR. -fui com o meu corpo todo pra trás e fechei os olhos. Vi que o carro do Ph agora estava pertinho. Ele acelerou mais! Acabamos ultrapassando e ele freou com tudo. Meu corpo foi todo pra frente e eu segurei as mãos no vidro. Eu estava sem cinto.- VOCÊ TÁ MALUCO?? VOCÊ TEM NOÇÃO DE COMO ISSO FOI PERIGOSO? AINDA MAIS PRA MIMMM!!! -gritei pondo as mãos no rosto- Gil: nossa, relaxa Mariana. Calma .. eu vou .. encostar -encostou o carro e vi que o Ph parou ao lado- tá tudo bem? -colocou a mão no meu ombro e eu tirei- Mari: você é louco!! Não podia ter feito isso. Me dado um susto desses!! Gil: cara, relaxa! Era uma brincadeira. Mari: BRINCADEIRA IDIOTA QUE PODIA TER ACABADO MAL ENTENDEU?? ainda mais comigo aqui dentro. Você não tem noção de como isso foi perigoso pra mim!! -ele me olhava assustado. Eu fiquei sim furiosa.- Liza: amiga!! Pega leve né? -falou lá do carro do Ph. A olhei e ela levantou a sobrancelha me lembrando que ele não sabia que pra mim foi mais perigoso do que pra ele.- Gil: desculpa.. Ph: ó, vamo indo hein? -o gil fez "positivo" pra ele e eles foram- Mari: vamo também. Gil: tu tá muito nervosa, tá até vermelha. Eu não ia machucar você, nunca! Mari: tá, eu sei. Fiquei nervosa mesmo. Desculpa por gritar com você. -respirei fundo me acalmando. Ele pôs a mão no meu rosto e sorriu sem fraquinho- Gil: tudo bem. -sorri fraquinho tbm. Ele deu partida e fomos. Acho que já estávamos chegando.[..] Acabamos de chegar aqui na Marina. Os carros estão todos aqui e daqui avistei o Ju, os meninos, lá dentro e a Rafa, a Laila,a Dinha e a Liza, lá no fim da passarela tirando fotos. Descemos, o Gil travou e pegou na minha mão entrelaçando nossos dedos. Assim que o Gui nos viu começou a assobiar. Fomos rindo até nos aproximar.- Gui: chegou o casal magiaaaa -gritou bem gay e todos riram- Mari: fala memo fã! Gui: ó que ousada -riram. O Gil pulou lá pra dentro e eu fiquei ali com as meninas.- Dinha: eles tão arrumando umas coisas e já a gente parte. -assenti-
Rafa: ainn não vai me dar nem um abraçinho Marizocaa??? Mari: ounn, desculpa minha preta, tava distraída. -dei um abração nela- Laileeetee Laila: Marizocaaa -abracei ela tbm- comeram horrores lá né? Até deu uma engordadinha -riu e eu tive que rir também pra disfarçar.- Liza: comemos, bebemos, nossaaaa foi maravilhoso sério. Rafa: ano que vem a gente junta uma turma e vai. Dinha: boaa Rafrita, vamoss. Jota: aê suas maria fifi, vão ficar pra trás hein. -gritou e ouvimos que o "iate" ligou lá. As meninas gritaram e pularam lá pra dentro. Entrei tbm. As meninas foram lá pra frente. Assim que saíram com o iate, vi que aquilo balançava pra caramba! Nossa, agora que me lembrei, nem tomei meus remedios hoje. Espero que eu não passe mal. Vou logo procurar um lugar pra sentar.. ~Mari off~
~Liza on~ Domingão, sol maravilhoso, dia lindooo! Estamos todos aqui no iate do Junior. Na quarta jantei com o Ph. Matamos a saudade, que tava matando a gente kk. Ele ficou me enchendo o saco pra passar na casa dele e dar um "oi". Aham tá! As coisas não são assim. Quero ir com calma, e só depois que ele for na minha kk. Na quinta fui pro curso. Perdi 3 aulas mais recuperei de boa. A notícia boa é que vamos começar a montar nossa primeira peça oficial. Faz 2 anos que entrei pra Escola. É, é uma escola de teatro. Eu falo curso porque "escola" fica parecendo escola normal kk. Lá somos divididos em turmas. A minha turma começa o trabalho profissional agora. Em junho, vamos fazer uma festa junina, pra arrecadar fundos pra peça. (estamos em maio meninass) Tô muuuuito felizzz . Enfim, mas estréia mesmo, só no fim do ano. Bom, aqui no iate tá top!. Já ligaram o som, trouxeram as bebidas aqui pra fora.-
Gustavo: eaaae , quem vai dar o primeiro tibum? Rafa: sério? Vai estragar meu cabelo. Godoy: mais já não tá estragado? -eles gargalharam- Rafa: olha aí Junior!! Af seus idiotas Gui: olha aí Junior! -imitou ela fazendo um vozinha e ela deu língua pra ele- Njr: hoje não Rafaela. -ela fechou a cara pra ele, de repente ouvimos um "IHAAAA" e o Jota pulou na água- Liza: eu vou heinn , vamo amiga? -ri pra Dinha e ela levantou comigo. Tirei meu short e ela tirou o dela.- Gustavo: nossa hein? Fiu fiu -riu. O Ju e o Henrique se olharam e começaram a esmurrar o Gustavo. Brincando claro- Laila: nossa, como vocês são ridículos -rimos e subimos no bang lá- Ph: vão cair daí suas maluca Liza: esse é o objetivo baby -ri. Dei a mão pra Amanda- Dinha: Deve tá friaaaaa! Liza: vamo no 3 Dinha: tá -riu- Liza e Dinha: 1 .. 2 .. 3 e .. -quando íamos fala o "já" e pular, alguém empurrou a gente. Caímos na água gritando. Caralho tava friaaaa. O Jota tava cascando o bico aqui do lado- Dinha: quem foi o filha da puta?? Liza: só um aviso, quem foi se prepara!! -tava todo mundo rindo lá em cima. Mais pelas caras eu vi que foi a Rafa e a Laila- ahhhh foi as cachorra ali né? Dinha: se preparem. -riram. Ficamos megulhando ali. Depois de uns minutos o Ph pulou. Nadou agora até onde eu estou.-
Ph: eu já te vi de outras formas mais de biquininho assim á luz do dia, é maldaaade! -riu, eu corei e senti suas mãos segurando minha cintura embaixo d'água- Liza: gostou?? Tem dono. Ph: é, tô sabendo que ele é bem ciumentinho. Liza: isso mesmo, nem se apaixona, ele te quebra! Ph: quebra nada, franguinho ele -dei um tapa na cabeça dele- ow! doeu -riu- Liza: pra você aprender á nunca mais falar mal de você na terceira pessoa. -ele riu de novo- Ph: tu é demais -falou sorrindo todo bobo. Eu amo ver ele me olhando assim. É tão lindo e ao mesmo tempo tão estranho. Ele olhando assim PRA MIM.- tá pensando em quê? Liza: ham? Ph: tá pensando em quê? -riu- Liza: eu? Que chego lá naquele barco antes de você! -ri e apontei pra um barco mais a frente. Ele riu tbm- Ph: é uma aposta? -assenti rindo- o que eu ganho com isso? Liza: só vai saber se ganhar -mergulhei e saí nadando. Ouvi que ele me gritou e continuei. Nadei alguns metros sem parar e sem sentir a presensa dele atrás. Será que ele não levou á sério? Quando vi o barco pertinho mergulhei fundo. Subi rapidamente á superficie para chegar ao barco. Assim que cheguei tomei um puta de susto e gritei quando o vi o Henrique de frente pra mim.- Liza: puta que pariu, que sustooo!! -ele gargalhava.- como tu chegou aqui? Ph: nadando -riu- ganhei! Liza: você roubou. Não sei como mais roubou. -ele riu de novo- Ph: tá desconversando. Agora pode me dar meu prêmio. -ele me olhava debochando. E eu ainda mais. Ele veio se aproximando. Encostou nossos corpos e o barulho da água e o calor de quando nossos corpos se juntaram me fez arrepiar. Era incrível como até hoje eu me sinto assim quando ele me toca. Vem em mim aquela fã sonhadora novamente. Que não sabe como agir direito vendo ele me olhar dessa forma agora. Com tanto ..-
Ph: desejo..a cada dia eu te desejo mais. -eu estava quase me afogando kk. Sim, ali não dava pé. Já estava cansada de mexer os pés pra não me afogar.- Liza: será que isso é tão bom assim? Ph: porque? Liza: quanto mais você me deseja, mais eu te amo, mais eu fico maluca por você. Isso pode ser perigoso sabia? -ele riu todo leve- Ph: olha bem pra mim, vê se eu não tô disposto á correr qualquer perigo. -sorri. Ficamos nos olhamos por alguns segundos, até eu perceber que não somos mais estranhos e nem precisamos mais nos esconder de ninguém- Liza: me beija? -ele me olhou querendo dizer tipo, "agora". E juntos nossos lábios. Me envolveu num abraço me rodando naquele mar gelado e entrelaçando nossas línguas num bailar perfeito e delicioso. Explorando cada canto da minha boca. Não durou muito pois acho que ele também achou que fosse se afogar agora kk. Fomos paramos com selinhos.- acho melhor a gente voltar. -ri e ele sorriu. Mergulhei e fui voltando. Ele estava do meu lado agora. Fomos voltando a agora na água tava só a Rafa, a Laila e o Godoy. Subimos pro iate pela escadinha.- Gui: poluindo o mar né danado? -riram- Liza: vai começar.. Gustavo: tava não po, normal pra ele, tá em habitat Jota: pode crer, o mar é o lugar de ganso procriar -todo mundo riu- Ph: procriar o inchaço na tua fuça já já -rimos- Jota: afs, já vai partir pra violência -fez voz de gay e fingiu jogar o cabelo que não tem. Riram de novo. Fui pra perto das meninas. A Dinha tava com o copinho na mão já. E a Mari com uma cara péssima.- Liza: opaaa, vibe com vodka? -ela assentiu e pegou um copo. Sentei lá com elas. A Dinha foi fazendo meu copo- tá se sentindo mal amiga? Mari: o mal estar de sempre. Dinha: falei pra ela que também é porque o iate balança pra caramba. Liza: uhum, isso Mari: pode ser também. Ai tá um saco aqui. Tô incomodada demais. Não consigo aproveitar. Liza: Mari você tá "gravida" -no gravida sussurei- e não morta. Dinha: falei o mesmo pra ela. Hoje tudo bem porque tu ainda tá abalada com a notícia mais, você tem que começar a pensar diferente. Sabe disso. Mari: eu sei sim. Só que não tá sendo nada fácil. Liza: a gente entende, por isso estamos falando isso. -ela assentiu cabisbaixa. Vi as meninas voltando- shiu desse assunto -elas assentiram. A Dinha me deu meu copo.- Laila: humm, tão mandando ver já? Liza: mais é lóógico. Rafa: dá um copo de vibe só. Se o Junior me pega bebendo vai falar pouco. Dinha: é, nisso eu não ponho meu bedelho. -falou e de um copo pra Laila- Rafa: e tu Marizoca? Sem copo? Tá de ressaca de porto ainda? Mari: nada Rafinha, tô de boa hoje. Mais te acompanho na vibe -riu. Tomei uns goles lá. Depois tiramos umas fotos lá.- 
Liza: tira uma de mim aqui vai -pedi pra Dinha, ela tirou e eu postei- lizalbuquerque: A vida tem a cor que você pinta! #dominguera #solzera #boapratois


teampauliza: olha esse corpooo  você é maravilhosa!  rayssacosta: meu Deus me ensina a ser diva como vc,pff bondedotois: Lin-daa iagotorres91: você pinta cumaeu pinto? kkk #gostosa pridenjr: se liguem, no emoji que ela colocou.. ta no iate do Ju???? brilhaliza: roubou a beleza do universo!! lizalbuquerque: nossa querido antiga essa hein? .. e tu block como eu block? @iagotorres91 bielmaciel: #exxtourodatiradaa saudade heinn  caioyukio: Linda!
Parei de ver lá, aquele mlk foi um pouco longe demais. Dei block na hora, vai saber se ele comentaria mais merdas né. Peguei meu copo, fiquei ali bebendo e conversando com as meninas. Agora o Gus sentou com a gente. Tá aqui falando as merda dele.- Gustavo: sério, mais não é verdade? Ele tem cara de punheteiro po -a gente gargalhava- Laila: tu que é amigo dele eu não sei -riu. Estávamos falando do Gui- Gustavo: ah Lailete até parece que tu nunca presenciou uma cena dele -riu- Laila: pior que já -riu- lembra de quando ele raspou metade do bigode e uma sobramcelha? -o Gus assentiu e a gente riu- Rafa: o Guilherme bêbado é de outro mundo Liza: fígado dele é de aço! Dinha: eu acho ele maluco de qualquer jeito. olha aquilo! - Apontou pra ele se balançando, tendo um ataque com a música eletrônica que tava tocando.Rimos muito. Como pode? A pessoa já tá bêbada kk.-
Gustavo: e tu Marizoca? Tá viva? Mari: hm? Tô po -riu sem ânimo- Gustavo: tá memo? Então vamo dar aquele tibum comigo vai -levantou e puxou a mão dela- Mari: não Gu, não quero não. Depois. -ele continuou puxando. Ele acabou levantando- Gustavo: vamo carai. Desamarra essa cara de cebola aí -rimos- Mari: quero não Guzinho, sério. Gustavo: ihh, ó cebola, tá com abstinência aqui ó -apontou pra ela e a gente riu. O Gil só olhou porque não entendeu nada. A Mari deu um tapa no braço dele e sentou lá de novo. Deu um gole na vibe dela.- vai, tira uma foto aí pra nóis Lizinha -me deu o celular e eu tirei lá pra ele. Sentei lá de novo. Peguei meu iphone, vi a foto e curti.- guustavo92: Tá flex! @dinhafontinelli @rafaella @lailastos @mabittencourt

gustavetes: Gu sempre lindooo bondedotois: tão, tão perfeitos! thaiscortez: Lindossss razaogcebola: minha vida @mabittencourt  felipedias91: tá bem hein mlk? livianjr: Junior ali atrás? principenjr: essa namoradinha do Gilmar tava cada vez mais estranha kkkkkk
Parei de ver e espero que a Mari também não veja. Porque esses comentários idiotas só faz piorar a situação dela. Bom, continuamos ali bebendo, se divertindo e tal. Falando em beber eu simplesmente odeio quando o Henrique toma um gole sequer. Eu já percebi que assim como o Junior ele é super fraco pra beber. Fico estranho rapidinho. E eu já tô vendo ele alegrinho demais.-
Dinha: só eu tô vendo que esses meninos tão ficando bêbados? 
Rafa: dali só o Guilherme aguenta
Laila: verdade, alá tão tudo alegrinho já -riu e fomos nos aproximando- Liza: issooo Lailete, tudo franguinho que fica bêbado com cervejaa -falei disfarçando, e pra eles ouvirem. Rimos- Jota: hm, teu nariz girininha. -rimos de novo. Ficamos ali naquele clima e sol maravilhoso. O iate era enorme. Depois de um tempinho esticamos umas cangas, a Rafa pegou uns bonés, e ficamos tomando sol. Os meninos tão lá dentro fazendo sei lá o que- Liza: eai Rafinha, e o boy? Rafa: o boy? Vou mandar pastar já já Dinha: ó, que radicaaaaal -rimos- porque? Rafa: eu não entendo ele juro. A gente ficava, ele falava que não queria nada sério. Depois disse que tava gostando de mim e começamos a namorar. Agora ele nem liga pra mim direito. As vezes ficamos um dia e meio sem nem ligar e falar um com o outro. Isso é namoro? Não é. Laila: verdade. Nunca vi. Por isso eu não namoro. Pra não ter que passar por isso -rimos- Mari: credo, menino estranho. Parece tão apaixonadinho Rafa: eu também achava que era. Porque eu vejo, meu irmão por exemplo, tudo o que ele faz hoje em dia tem a Dinha no meio. E o Lukas nem se importava comigo. Liza: é amiga, por mais que a gente goste de uma pessoa nunca é o bastante pra ficar junto. -ela assentiu- Mari: mais acho que cê tava bem melhor antes hein? Quando a gente sai cê gosta daquele mooonte de gatinho em cima de você -rimos- Rafa: hm, eu gosto mesmo tá? Laila: por isso que a gente se completaaaa -riu e abraçou ela de leve-
Dinha: mais vocês terminaram ou não? Rafa: AINDA não -enfatizou e rimos de leve. Continuamos ponde o papo em dia.Agora vimos os meninos voltando.- Dinha: quero uma foto bem ali ó -apontou. E nos chamou com a mão.- tira aqui pra gente Gu? Mari: não! Eu tiro pra vocês -pegou o celular da mão da Dinha. Tirou lá a foto, a Dinha postou. Peguei o meu e fui olhar.Curti- dinhafontinelli: tá ruim, tá ruim ..

sorriadinha: eu sei que você é linda, agora vi que você é perfeita @dinhafontinelli danielpontes: deliciosas hein? #queissomlk hugsnjr: comentando com os pés porque com a mão tô aplaudindo. #maravilhosaaas familiatoiss: aí eu vejo isso e penso "porque não nasci assim" ? felipeduarte: ! iloveneeyjr: mais gente, essas meninas foram esculpidas só podeee !! maaa_gomes: eu vou matar vcsssssss lukinhascrispin:
Liza: Rafaaaaaa o Lukas comentou olha!!! -mostrei pra ela- Rafa: palminhas? Af que idiota essa mlk. -bufou e nós rimos. Olhei pra trás e o Henrique tava com uma cara de cú que só Deus. Vou lá? Não! Porque eu não fiz nada pra ele tá assim. Agora o Junior acabou de puxar a Dinha lá pra trás. Acabei ficando só eu de menina aqui. Já que as outras foram lá pra dentro e já tá lá com o Gil. Ai quer saber? Vou lá perguntar porque ele tá assim.Me aproximei- Liza: hei, que cara é essa? -ri. Ele me encarou e foi saindo. Peguei no braço dele- tá me ignorando porque? Porque eu não fiquei o tempo todo com você? Se for isso não tem nem cabimento. -ele tentou de novo e eu não deixei- dá pra responder? -ele não dizia nada. Nem me olhava.- fala!!! -tentou sair mais uma vez. Segurei forte o braço dele- seja homem caramba, fala pra mim o que foi! -ele riu sarcásticamente e se virou pra mim.-
Ph: tá falando pra eu virar homem? Então toma vergonha na tua cara e para de ficar postando foto de biquini porque os macho tão de pau duro no teu instagram! Liza: ham???? Tá malucoo??? Ph: dá olhadinha lá. -se soltou bruscamente de mim. Peguei meu celular na hora e abri os comentários daquela foto.- rafaelcardoso: uma palavra define ::::::: gostosa! thiagofontes: aqui a minazinha que minha irmã disse que era mina do Ganso kkkkk @brunoguedes samuelcosta: hmm o gigante acordou aqui .. dlc brunoguedes: caraio kkk pelo menos ele sabe escolher mulher. Gostosa hein @thiagofontes aoseuladoph: linda, diva, maravilhosaaaa alanlima01: vem aqui pra minha casa que nois vai pintar o 7!! kkkk
Caralho, parei de ver porque tinha coisas horríveis. Fui na foto que tirei com as meninas agora no perfil da Dinha e tinha coisas pioresss. Só não privo meu insta porque ficar me chamando de metida né? E tbm não foi culpa minha. Entrei lá pra dentro, não achei o Ph. Subi e achei ele perto da cabine sozinho. Fui lá- Liza: que culpa eu tenho? O instagram é pra postar fotos. Não tenho culpa se aqueles mlks não tiveram limites. Eu respondi um, você não viu? Ph: vi .. vi que o "gigante acordou" "tu é gostosa pra cacete" "gostosa a mina do ganso" isso que eu vi.
Liza: nem sei como eles sabem da gente tá? Não tenho culpa. E você só tá assim porque tá bêbado tbm. Ph: ah me poupe Lizandra. Que bêbado o que! Você quer que eu ache o que? Graça? Liza: quero que você entenda que não foi culpa minha só isso! E outra, marias chuteiras tão aí pra quem quiser ver. Dispostas á tudo! E olha que disso que entendo muito bem. Ph: nunca te dei motivo pra disconfiar de mim até hoje. E nem vou dar. Liza: eu tô dando motivo? -ele bufou todo nervosinho- Ph: como você acha, -se aproximou- que eu me senti vendo aqueles caras chamando a MINHA MULHER -deu ênfase- de gostosa? -awn, a mulher dele. Não deu pra não achar absolutamente fofo.sorri- Liza: a culpa é minha se você não era acostumado com isso? A Giovanna não te deixava de cabelo em pé? -falei rindo toda sínica- Ph: não -negou- esse poder é todo seu. Liza: culpa sua baby. Você me quis, você me teve, agora aguenta! -falei séria e me virei pra sair. Ele segurou meu braço me virando de volta. Colocou seu copo na base ao lado.- Ph: você não existe garota! Liza: existo assim. Tô aqui pra você. O tempo todo, todos os dias por você! Vê se enxerga que a já passou a pior fase. -ele assentiu- Ph: desculpa? Eu sou um idiota .. um babaca que não enxerga a preciosidade que tem. -sorri sem mostrar os dentes- Liza: tudo bem.. só quando eu tiver as minhas crises de ciúmes você vai ter que se lembrar dessa nossa conversa -ri com o nariz e ele tbm.- Ph: pode deixar -me pegou pela nuca e levou minha boca na dele. Começamos um beijo calmo e delicioso como de costume. Só paramos com selinhos quando nos faltou o ar.- Liza: vamo voltar pra lá -ele assentiu e fomos voltando. Assim que saimos, vimos mais lá pra frente o Ju e a Dinha encostados na grade, se pegando. Olhei pro Henrique, ele assobiou e eles olharam sem graça. O Junior fez um sinal pra gente vazar. A gente riu e foi descendo. Eu não posso dizer que não gostei dessa ceninha com ele agora. Afinal, que mulher não gosta de ver o amado enciumado? kk ~Liza off~
~Mari on~ Aff aqui no iate tá um saco! Sinceramente não devia ter vindo. Ou pelo menos devia tr tomado meus remédios do enjoo. Essa balançar do iate tá me deixando muuito zonza. Eu sei que preciso procurar logo uma clínica, e um médico pra me acompanhar na gravidez. Lá vou esclarecer minhas dúvidas. Principalmente, porque tanto enjoo e mal estar o tempo todo. Bom, agora tô aqui dentro do iate. Todo mundo se divertindo com as histórias, e conversar. Não que eu não fosse mais sorrir. Mais sabe, eu não consigo parar de pensar nessa situação. E como eu preciso resolver.Agora o Gui entrou todo alvoroçado.- Gui: aê aê, ta ligado aquele barco que tava na nossa cola? -falou olhando pros meninos que assentiram- tudo imprensa, fotógrafo e os caralho. Perderam o medo, chegaram aqui de frente pra fotografar. Njt: taqueopariu -passou a mão no rosto.- fica todo mundo aqui dentro. Daqui a pouco eles vazam. Ph: melhor a gente voltar pra marina. Sol tá indo embora já memo.
Jota: pode crer, melhor a gente vazar já. -estávamos um pouco longe da Marina. Os meninos subiram todos pra cabine. As meninas estão conversando. Estou apenas prestando atenção no que falam. Mais assim que o iate saiu. Me veio um mal estar forte. Minha cabeça começou a girar. Como aquele dia em porto. Aquele dia que eu acordei no ambulatório. Fechei os olhos e coloquei a mão no rosto.Eu precisava tomar um ar.Cutuquei a Dinha na minha frente- Mari: tô passando mal. Preciso ir lá fora. Fala pra Liza. -falei baixinho e ela levantou.- Dinha: vamo lá fora com a Mari Liza. -a Liza me olhou e entendeu.- Laila: tá tudo bem Mari? Mari: tá sim .. só preciso tomar um ar. -ela e a Rafa ficaram sem entender nada. Fomos saindo- Godoy: hei pra onde vocês vão? É pra ficar aqui dentro. Liza: foda-se a menina tá passando mal -saimos lá pra fora. Me encostei na grade- Mari: agora ele vai falar pro Gil Dinha: mesmo se ele não falasse. Não tem com esconder isso dele pra sempre Mari. -assenti- Liza: tá sentindo o quê? Mari: tô zonza e enjoada de novo. Dinha: se tiver que vomitar, vomita. Fazer o quê. -respirei fundo e vi a Rafa chegando aqui- Rafa: tá passando mal mesmo? Fiquei preocupada. Mari: tô sim Rafa. Tô zonza, enjoada. Não tô bem.. Rafa: olha, quando o Ju comprou esse iate, a primeira vez que eu entrei até vomitei. balança muuuito -riu e as meninas me olharam.É, a Rafa não sabia de nada. Ela era uma ótima amiga, sempre esteve com a gente. Desde o começo. Acho que era hora de contar pra ela- Mari: não amiga.. não é culpa do balançar. -pausei- é que .. eu tô grávida! -falei baixinho e ela arregalou os olhos. Colocou a mão na boca- Rafa: meu deus! é sério? Tipo, tem certeza? -assenti já com os olhos marejados- e o Gil?? Ele já sabe disso?? xxx: eu? Sei de quê? -levantei a cabeça e o Gil estava ali. Me olhando.Senti meus orgãos gelando por dentro- Liza: amiga, a gente vai entrar. Força! -pegou no meu braço e a Dinha fez o mesmo. Entraram levando a Rafa também- Gil: Mariana, você tá passando mal de novo? Mari: eu .. eu tô. Gil: o que você me prometeu? Que ia na porra do médico quando chegasse! Mari: calma, eu cheguei faz nem uma semana direito. Gil: calma? Isso já passou dos limites porra. Será que você não tá se tocando? Você não tá normal. Entendeu? -se aproximou- não-tá-normal! -falou pausadamente. Ele estava nervoso. Bela hora pra contar a novidade- Mari: para de me tratar assim, como se eu fosse uma idiota! Gil: mais você tá fazendo papel de idiota mesmo. Ou de boba. Ou o bobo sou eu? Que fico te bajulando. Olha o teu tamanho. Com medinho de ir no médico, dá licença meo! Mari: Gil para de falar assim comigo! -meus olhos se encheram de lágrimas mais uma vez. Ele estava me magoando antes mesmo de dizer o que tinha que dizer- Gil: o que você quer? Que eu diga "ai amorzinho, não liga, daqui a pouco você melhora" -falou debochando- você não é mais criança! -quase gritou e eu acabei deixando as primeiras lágrimas cairem- e para de chorar também. Isso é tudo culpa sua! Você vive vomitando pelos cantos, não fala mais, não brinca mais. Tá quase um bicho!! -nesse momento eu já estava derretendo em lágrimas. Ele não se importava mais- Mari: você não sabe o que tá falando! Você não tem idéia do que tá acontecendo! -quase gritei e ele se aproximou pegando forte no meu braço. Estava vermelho, nervoso- Gil: ENTÃO FALA CARALHO! ABRE A BOCA E FALA O QUE TÁ ACONTECENDO! -berrou me sacudindo e eu chorava igual criança. Eu precisava dizer- Mari: PARA!! -soluçei entre o choro- Gil: FALA !! -berrou e me sacudiu de novo. - Mari: VOCÊ QUER OUVIR? QUER? EU TÔ GRÁVIDA! .. OUVIU? GRÁVIDA!! -gritei na cara dele. Ele soltou meus braços e eu desabei em lágrimas. O iate havia acabado de encostar na marina. Claro que com os nossos gritos ninguém vai vir aqui agora. Eu sentia vontade de me jogar naquele mar. O Gil me olhava com os olhos extremamente arregalados. Deu alguns passos pra trás.- Gil: como é que é? -falou ofegante- Mari: é isso mesmo, quer que eu repita? Eu-estou-grávida! -falei pausadamente e ele ia ficando cada vez mais espantado- Gil: não .. não .. não tem como! -levou as mão na cabeça tentando processar aquilo- Mari: eu não sei como, mais foi isso que aconteceu. E eu tenho certeza. Descobri em porto, eu desmaiei lá e .. -ele interrompeu- Gil: você não podia ter feito isso. Mari: quê?? Eu?? -se aproximou de novo e pegou forte no meu braço- Gil: Mariana olha pra mim, me fala que isso é mentira. Não se brinca com isso. Mari: me solta! -ele soltou- já falei que é verdade. Não me importo de fazer outro exame. Já tô fudida mesmo. Tô grávida Gilmar. Tô grávida de você! Gil: garota .. -o semblante dele foi mudando. Vi ele ficando roxo. De raiva?? Isso raiva de mim! As lágrimas não paravam de rolar aos montes- VOCÊ FERROU COM A MINHA VIDAA -me segurou com força- VOCÊ NÃO PODIA TER FEITO ISSO! -ele gritava, me chacolhava- Mari: me solta, eu vou gritar!! Gil: SUA GOLPISTA!! -empurrei ele com tudo o fazendo me soltar- Mari: golpista?? -como parar de chorar?- eu .. eu te odeio Gilmar!! Te odeio!! EU NUNCA TE CONHECI, VOCÊ É NOJENTO -ele foi se afastando. Saindo do iate- DESGRAÇADO, PREPOTENTE, EGOÍSTAAA !! -eu gritava chorando vendo ele ir embora. Começei a sentir a tontura aumentando. Me segurei na grade, tentando respirar mais sentia que ia cair a qualquer momento. Minha vista foi embaçando mais pude ver o bonde todo se aproximando de mim. As vozes deles ecoavam em minha mente. Senti minhas pernas deslizando, e a ultima coisa de que me lembro é de alguma mão me segurando e os meus olhos se fechando .. ~Mari off~
~Gil on~ Eu sabia!! Eu sabia que tinha algo de errado com a Mariana. Ela vivia passando mal, vomitando, zonza, enjoada. Mais sabe quando você pensa que tudo vai acabar bem? Que as coisas ruins só acontecem com os outros? Isso mesmo! Ruins! Ela chega dessa porra dessa viagem e vem me falar que tá grávida?? Tá grávida de mim?? Como?? A gente sempre se protegeu. Só aquela primeira vez que não mais.. sei lá, faz tanto tempo! Eu não esperava isso dela. Juro que não. Ela se tornou a base da minha vida. Era com quem eu queria realmente ficar mais, aí ela faz isso! É, eu tenho certeza que foi de propósito. Não sei como e nem porque mais foi. Estou agora dirigindo rumo a Santos. Transtornado, com ódio!! Pensando até em fazer alguma besteira. Sentia vontade de chorar memo. De decepção! Atravessei a balsa sem conseguir esquecer. Sem conseguir entender. Eu sei que a minha relação com ela sempre foi conturbada. Mais eu sempre tive esperando e força de vontade pra levar isso pra frente. E agora acabou. Tudo destruído! Minha vida, a vida dela, nosso namoro. Tudo!. Sem perceber estava pegando o caminho da casa dela. Dei a volta, rumo á minha. O que eu vou fazer agora?. Passei de novo pela praia e lembrei daquele dia. O dia em que ela se entregou pra mim. Me fez prometer que nunca a deixaria depois daquilo. E eu, tão burro, prometi. Meu Deus!! Entrei agora no meu prédio. Subi pro meu apê querendo matar um! Quando cheguei, abri a porta, fui direto pra cozinha, quando fui abrir a geladeira pra beber água vi um bilhete grudado na mesma. Li-
"filho, eu, seu pai e o Davi fomos pra casa da Pri sua irmã. Voltamos somente amanhã a tarde. Beijos, mãe". Graças a Deus!! Preciso de paz. Peguei uma jarra, coloquei num copo e bebi. De repente ouvi uma batida de porta vindo lá de cima. Larguei o copo assustado. Não tem ninguém aqui que porra é essa? Abri a gaveta da cozinha e peguei uma faca. Séloco, não sei quem é, vou pra cima foda-se. Fui subindo, devagar. Agora outra batida! Filho da puta, tava vindo do meu quarto, tem memo alguém aqui. Subi rápido agora. Fui direto pro meu quarto. Parei na entrada, com a faca mais a frente de mim e entrei!! Gil: você? -falei espantado com quem eu estava vendo ali diante dos meus olhos.Sentada na minha cama- xxx: que isso Gilmar? É assim que você me recebe? -gargalhou e se levantou. Meu Deus, não é possível. Hoje não. Era ela, estava ali. Depois de 2 anos! Era a Letícia!!- Gil: le..letícia?? Letícia: oun, perdeu até a voz quando me viu -riu e veio se aproximando. Eu estava sem reação- sou eu mesma baby. De carne, osso e saudade de você -me abraçou. Eu não sabia como agir naquele momento. Eu não estava esperando, muito menos hoje. A abraçei também. Ela apertou minhas costas, fazendo o abraço ficar tão bom. Nossa, eu não devia mais gostei. Estava precisando de um abraço.Logo nos soltamos- que saudade desse abraço. Você tá tão lindo! -sorri ainda nervoso e assustado- olha essas covinhas, ainda tão iguais -passou a mão pelo meu rosto e me abraçou mais uma vez. Eu não conseguia dizer nada. Deixei ela me abraçar. Eu precisava, e ela parecia saber. Nos soltamos- não vai dizer nada? Não tô mais linda também? -riu. Eu sempre gostei do bom humor dela. Acabei rindo de leve e entrei de vez no meu quarto. Deixei aquela faca em cima da cômoda- 
Gil: é.. tá linda sim. Quando você chegou? Como..Como entrou aqui?
Letícia: cheguei faz 5 dias. Não sei se você sabe mais meus pais estão morando em Santa Catarina agora. Aí eu tava lá. Cheguei hoje mais cedo aqui em Santos. Tô na casa da Babi. -Babi era a melhor amiga dela.- Gil: e como você entrou aqui? -ela riu- Letícia: vim te ver e a Su disse que você tinha saído. Aí ela pediu pra eu ficar aqui te esperando. Na verdade acho que eles sairam pra deixar a gente sozinho -falou e passou a mão no meu peito rindo. Me esquivei. Ela chamava minha mãe de Su. Elas eram muito amigas. Claro que minha mãe queria facilitar pra ela. Ela sempre falava que queria me ver casado com a Letícia- Gil: ah .. entendi. -abaixei a cabeça- Letícia: que carinha é essa? Não tá feliz em me ver? Ou ainda tá magoado por eu ter ido passar 6 meses na Holanda e ficado 2 anos? -gargalhou de novo. Ela sempre gostava de fazer piada com tudo- Gil: não, já superei isso -rimos- tô com alguns problemas, só isso. Mais fiquei feliz em te ver sim. Como foi tudo lá? Faz tempo que a gente não se fala pelo telefone. -sentei na cama. E ela sentou do meu lado- Letícia: eu perdi o telefone de vocês. Fui achar pouco antes de vir -riu- Foi ótimo. Como você sabe, acabei arrumando um estágio num canal de tv de lá. Acabei de terminar a facul, e agora tô á um passo de virar repórter lá -falou toda animada. Ela tinha ido pra lá fazer jornalismo. Infelizmente eu não tava nem um pouco animado pra dizer coisas legais pra ela.- Gil: irado, era tudo o que você queria. -sorri- Letícia: era sim -sorriu tbm- mais, me conta sobre esses "alguns problemas" que você tá? -fez aspas- Gil: não po, vamo falar de coisa boa. Não vou ficar te ocupando com os meus problemas. Letícia: ah para, a gente tem intimidade o suficiente. E você sabe que pode confiar em mim. Sempre te ajudei em tudo né totoso? -olhei pra ela e gargalhamos por longos segundos. totoso kk. Ela me chamava assim no começo do namoro quando queria me zuar- lembra disso?? Gil: nossa cara, lembro -rimos mais um pouco. Até eu ficar sério e encará-la.- só você pra me fazer rir um pouquinho.. Letícia: é branquinho, a alegria da sua vida voltou! -sorriu. Branquinho era o apelido normal. É, namorar tem dessas boioliçes kk. Olhei pra ela e sorri também. Ela agora ficou séria. Passou a mão pelo meu rosto. O rosto dela estava tão sereno, tão tranquilo. Ela me passava isso. Nem um pouco preocupado igual o da Mari. Que é sempre tão cheia de insegurança, dúvida, confusão. Era impossível não comparar a Mari e a Letícia naquele momento. A Letícia agora se aproximou um pouco mais de mim. Segurou minha nuca me fazendo arrepiar. Parece que retrocedemos 2 anos e todos os meus problemas sumiram. Nossa!- deixa eu matar minha saudade vai -falou bem baixinho e agora pude sentir a respiração dela perto da minha boca. Não pensei em mais nada. Eu queria tanto esquecer de tudo que.. que.. É, eu a beijei! Não sei explicar se foi eu ou ela que tomou a iniciativa. Não teve língua nem nada. Apenas encostamos nossos lábios. Mais quando me dei conta do que estava fazendo, das consequências que aquilo poderia ter, a empurrei.- Gil: não! Letícia: o que foi? Gil: As coisas mudaram. Isso não podia ter acontecido. Letícia: ahh por favor né? Tá falando de quê? Mudou o quê? Gil: eu.. eu tô com uma pessoa e.. -ela interrompeu- Letícia: aaaaaahhhh -levantou- entendi. Tá falando da pirralhinha que você anda comendo? -riu e se agachou até mim- Mariana não é? -olhei pra ela- você sabe que eu nunca liguei muito pras piranhas que te rodeavam mais, não podia ter escolhido uma melhorzinha não? Ela é estranha e bem vulgar -riu- da pra ver pelas fotos. Gil: não, ela não é estranha e nem vulgar. Letícia: ah não? Não vai me falar que tá apaixonadinho? -falou num tom bem debochado e começou a gargalhar- Gil: para vai, para! Letícia: presta bem atenção. -pegou no meu rosto- a sua mulher sou eu. Eu voltei entendeu? A tua mulher voltou. -começou a me dar vários beijos pelo rosto, eu tentava empurrá-lá. ..- Gil: pa..para. Letícia para. Para!! -empurrei ela com força, ela se levantou e eu também- chega tá, chega! você acabou de chegar e já tá me virando do avesso. Vai embora a gente conversa outro dia. -falei empurrando ela do quarto- Letícia: Gil , não .. Para! -empurrei ela pra fora e fechei a porta com tudo. Tranquei- tá bom, eu vou. Mais eu volto .. em breve! -riu. Acho que ela foi embora. Pqp que dia! Eu sinceramente não sei o que fazer da minha vida agora.. ~Gil off~

~Mari on~ Não sei como posso definir esse dia. O pior da minha vida? Não. Acho que foi o primeiro dia dos piores dias da minha vida. É, acho que é isso! Eu tive que contar pro Gil da gravidez da pior forma possível. Eu não queria que fosse daquela forma. Sim, eu pensei em fazer uma surpresa ou algo assim. Mais ainda bem que eu não fiz. Ele reagiu de um jeito que eu nunca pude imaginar. Eu fiquei tão chocada, tão decepcionada! Eu passei mal, eu cheguei a ficar alguns segundos desacordada. Não cheguei e desmaiar completamente não. Quando abri os olhos ainda estava no iate. Me disseram que eu estava delirando. Pedi, implorei pra não me levarem pro hospital. Ninguém sabe. Aliás, agora só eles sabem. E eles fizeram o que eu pedi. Agora já estou em casa. Já tomei meus remédios e estou bem. Não tão bem quanto eu queria mais estou. Tô com muito ódio do Gil. Eu não tenho idéia de como vai ser tudo agora. Mais hoje tive a certeza de que não vai ser nada fácil. [...] Segunda-feita. Eu e as meninas estamos na escola. Quarta aula. Depois de ontem eu já me sinto outra pessoa. Não sou mais aquela menina cheia de indecisões, bobinha e apaixonada. E disposta á tudo pra fazer meu namoro com o Gil durar. Mais sinceramente? Eu estou desesperada por dentro. Sei que tenho que procurar um médico, contar pros meus pais. Mais na verdade, eu só queria fechar os olhos, e quando abrí-los ver que esses últimos 3 meses foram só um sonho com um final ruim .. ~Mari off~
~Amanda on~ Ontem fomos pro iate do Junior. Pra mim não poderia ter sido melhor. Tava com saudade de juntar o bonde todo pra bagunçar. Faltou algumas pessoas porque o bonitinho do Junior não queria encher o iate de gente . Blz, mais foi legal do mesmo jeito. Amei tudo! Principalmente ficar com o Junior naquele lugar tão maravilhoso. Ele estava tão carinhoso, cuidadoso, tão perfeito! Só ele pra me mudar e me fazer dizer essas coisas fofinhas kk. Mais é isso, estou completamente cada vez mais apaixonada pelo Junior. Porque pelo Neymar eu sempre fui né kk. Bom, agora estou saindo da escola com as meninas. A Liza seguiu pro curso e eu e a Mari seguimos pra casa. Falando nisso, estou muuuito preocupada com a Mari. Chegando em casa, vou tomar banho e ir pra casa dela. Não quero deixar ela sozinha depois de ontem. Ela tá estranha demais.. [...] Cheguei em casa, fui pro quarto, deixei minha mochila no chão, tirei meu vans e fui pro banheiro. Lá, me despí, entrei no box e tomei um banho demorado. Saí, me vesti colocando um shorts jeans, e uma regatinha azul de florzinhas rosas. Amarrei meu cabelo num rabo alto, calcei meu chinelo, peguei meu celular, minha chave e saí. Tranquei a porta e fui pra Mari. Entrei lá, toquei a campainha e logo ela abriu.-
Mari: entra aí, tô terminando o almoço. -entrei e ela fechou a porta. Segui ela até a cozinha, puxei uma cadeira e sentei perto dela.- Dinha: eai, tá se sentindo bem? Mari: tô, acabei de tomar os remédios. Dinha: e nenhuma notícia do Gil ainda? -ela apenas negou- ele deve tá de cabeça quente ainda .. Mari: por mim, mesmo se ele procurasse eu não quero falar com ele. Não agora. Dinha: mais você sabe que precisa marcar logo uma consulta né? Mari: sei .. eu fiz umas contas ontem. Não faço idéia de como isso aconteceu. A única vez que a gente não se protegeu foi na nossa primeira vez. Aí eu já estaria com 3 meses e minha barriga estaria beeem maior. Dinha: também acho. Vocês olham se a camisinha não furou depois que terminam? Mari: não .. o Gil nem dá nó. Mó nojo, ele tira e já joga fora. -assenti. E ficamos em silêncio uns segundos- PUTZ! -gritou- Dinha: ai, o quê? -ri- Mari: teve uma vez, há uns 2 meses atrás por aí. A gente fez e uns dias antes ele tinha me dito que ganhou umas camisinhas de um primo dele que trampava na policlínica. Aí falei, que não queria que ele usasse porque tem fama de ser tudo fraca essas. E outra.. -interrompi- Dinha: perai .. tu tá pensando que .. -ela interrompeu- Mari: ele usou aquela porra, e tava furada ou rasgou! Dinha: Mari a probabilidade disso é muito pequena. Mari: sim pode até ser, maaaass, tu não deixou eu terminar de contar. Dinha: falaaa! Mari: Ele concordou comigo quando eu disse pra não usar. Falou que o primo dele disse que tava dando porque aquela tava com defeito. Mais não era furo nada disso. Eles eram pequenas -riu-. Aí ele ficou falando que o pau dele não era pequeno e blá blá blá. -rimos- Dinha: não tô entendendo mais nada -ri de novo- Mari: amiga presta atenção. Na hora do tesão a gente não pensa muito. Ele deve ter pegado aquela porra e colocado. E obviamente estourado sei lá. Tenho que perguntar pra ele. Dinha: caralho que história -rimos- é, é a única explicação. Viu como você precisam conversar? Mari: é .. precisamos. Mais não tô com cabeça hoje. -assenti. Peguei meu celular e abri meu insta. Caralho como tinh notificação. Vi os comentários da foto que postei ontem, como sempre também tinham vários novos seguidores. Mais percebi que tavam me mandando um link nos comentários. Cliquei né.Abriu uma página da Ego.- Dinha: caraaaalho Mariii. Tem reportagem de ontem!! Mari: quê? Lê aí!! -começei a ler:

NEYMAR SE DIVERTE EM IATE COM AMIGOS
Craque do Santos estava em seu iate no Guarujá, com amigos nessa tarde

Neymar Jr. o camisa 11 do Santos, não se preocupou em ser discreto quando estava em seu iate, no Guarujá com seus amigos nesse domingo, 16. O jogador estava bem a vontade com uma mini sunga branca e rodeado pela irmã, Rafaella Santos, e outras belíssimas garotas. Cujo uma estava em clima de intimidade com o craque em uma das imagens logo abaixo. Dentre os amigos, estava o jogador Paulo Henrique Ganso, companheiro de Neymar no Santos fc . O camisa 10, foi mais discreto que o amigo, não permitido que nenhum clique dele fosse feito de perto. Segundo fontes anônimas, a loira que aparece com Neymar seria seu affair á cerca de 3 meses, cujo nome não foi divulgado. Ainda segundo essas fontes, a morena que aparece em outra foto, conversando com Neymar e seu suposto affair, deitada, seria a nova namorada de Paulo Henrique Ganso, que á alguns dias confirmou o término de seu namoro anterior. Veja fotos abaixo:




Mari: puta que pariu, olha essas fotos, olha você!! -riu-  Dinha: gente do céu, como essas pessoas descobrem? Credooo!!  Mari: né? Dá até medo. -rimos. Ficamos comentando sobre isso, depois almoçamos e fomos pro quarto dela. Fiquei lá até a tarde depois fui pra casa. Carammmba, a Liza vai morrer quando ver aquela reportagem kk. Isso tudo é muito louco ainda.Agora são seis da tarde. Tô de bobeira vendo tv aqui em casa. Meus pais ainda não chegaram. De repente ouvi meu iphone tocando. Estiquei o braço, peguei e era o Junior. Atendi.- ~cdl~ Dinha: oi Njr: nossa que oi sem animação. Dinha: oi com animação Njr: hahaha sem graça -eu ri- Dinha: fala mozãooo! Tá bom assim? -ri- Njr: melhorou melhorou -rimos- liguei só pra te fazer um convite.  Dinha: mais um? Sou uma menina muito importante.  Njr: na verdade não sou eu que tô te fazendo esse convite. Dinha: aaaah não? Então é quem?  Njr: minha mãe.  Dinha: QUÊ? -gritei- o que ela quer comigo senhor?  [...]


CONTINUA!


Olha meninas, as sugestões serão sempre muito bem vindas. Mais dificilmente mudaremos algo. E sinceramente, acho q algumas meninas estão querendo demais. Os nossos capítulos SEMPRE são CHEIOS de emoções. São três personagens e não dá pra por o máximo de emoção na vida das 3 em todos os capítulos. Espero que entendam e gostem de tudo o que vai acontecer daqui pra frente. Porque eu garanto pra vocês que essa história é diferente de qualquer outra. Eu sinceramente se fosse leitora não reclamaria de nada. Muitos blogs que leio por aí são super cansativos, com tanta briga o tempo todo. E esse blog já passou dessa fase não acham?? Elas já brigaram, choraram, sofreram, lutaram e agora conseguiram ficar com os amores das vidas delas. Já a Mari, sempre esteve com o Gil e agora o relacionamento deles entra numa outra fase. Como a leitora Kah disse muito bem, o relacionamento deles sempre foi muito conturbado. Entendo que vocês estão anciosas porque não tem a menor idéia do que ainda vem pela frente. Mais gente, eu guardei essa história muuuito tempo e se decidimos soltar e postar aqui é porque realmente é MUITO BOA!! E não adianta tentar adivinhar o que vai acontecer. Volto á repetir, ESSA HISTÓRIA JÁ FOI ESCRITA, JÁ SABEMOS TUDO O QUE VAI ACONTECER ATÉ O FIM DESSA TEMPORADA. Desde o primeiro capítulo até o último sabemos de tudo. E repito mais uma coisa. NÃO VAMOS DECEPCIONAR. MODÉSTIA Á PARTE ESSA HISTÓRIA DEMAIS! Então é isso, comentem o que acharam desse. A Letícia voltou!! Logo agora?? E agora?? É, não deu pra por o jantar PauLiza nesse. Mais no próximo ele estará, e vai ser super mega imperdível. Será que a Liza vai conseguir fazer os pais gostar do Henrique? E a Dinha? O que a dona Nadine quer com ela? Querem mesmo saber?? Não parece!! Mais uma vez os comentários diminuiram. Sabemos que é pela demora e essa demora é justamente por causa da demora de vcs comentarem. mais essa é a ultima vez que vamos avisar. Não dá pra ter incentivo, vendo muitas de vocês comentando outros blogs e não comentando esse, ou deixando pra comentar muitos dias depois. Mais uma vez, não temos previsão pra voltar. Se os comentários vieram rápido voltamos rápido. Se não, não sei. Estamos bem tristes. Tanta coisa já estava planejada e agora não sabemos se será feita! Se quiserem perguntar algo já sabem. Deixe nome e numero que adicionamos vocês ao grupo no whats. Beijos, e até a próxima.


45 comentários:

  1. Continua ja quero o próximo capítulo♥

    ResponderExcluir
  2. Amei o capitulo. Odiei a reação do Gil, mas como vcs sempre me surpreendem, to feliz. :) Espero que comentem e vcs nao demorem pra postar

    ResponderExcluir
  3. Caraca *o* não imaginava essa reação do Gil,mas enfim ta muitooooooooooooo perfeitoooooo

    ResponderExcluir
  4. Cada dia mas PERFEITO...Continua logo PFV..
    Amanda

    ResponderExcluir
  5. Matar gilmar já JÁ!!!! Hahahahaha que raiva. E essa leticia hein?? Afee

    ResponderExcluir
  6. Nossa que decepção a reação do gil.. Mas enfim eu amo mesmo essa historia e mesmo que os comentarios sejam poucos, releve tem muito mais leitores aqui! Bjs e postem logo

    ResponderExcluir
  7. CARACAAAAAAAA !!! Que capitulo foi esse ? ARRASARAAAAAAM ! Eu amei, tudo ! Serio, muito bom. Ainda bem que o gil sabe das consequencias q ele teria se tivesse deixado rolar algo com a leticia haha kra eu amei, serio. Ficou ótimo esse capitulo ! CONTINUAAAAA !! -Maari

    ResponderExcluir
  8. uhuuuuuuul, posta mais!!!!

    ResponderExcluir
  9. Manw essa e a melhorr finc de TODASSSS. sem palavras pra vcs
    CONTINUEM
    #Rafa

    ResponderExcluir
  10. Ta muito bom mais tao demorando muito pra posta e tao me deixando curiosa de mais rsrs. Fiquei com dó da Mari pelo que o Gil fez com ela :'( . #Ray

    ResponderExcluir
  11. oiiiii menis nau deu pra comentar ontem - motivo, meu WiFi ta ruim- .. mais vamos la .. oq dizer desse cap, nossa amei muitooo, ta certo dele ter ficado bravo e tal, pq eles tao jovens, so nau gostei do gil ter falado q a mari se aproveito dele poxa.. que odio do gil... ai a liza e o Ph um amor so ne, muito ansiosa para o almoço em familia Ebá kkk... a Tia chamando a dinha HU.UM ai tem!!
    Quero cap dedicado tbm POXA - Olha a ousadia da pessoa kk-

    ResponderExcluir
  12. PARABÉNS TUDO... QUE CAPITULO TOOOOP FOI ESSE?
    👍👌👏 AMEI o "meu" comentário na foto 😃😍.. JURO que eu estou com MUITO vontade de bater no gil kkkkkkkkk NÃO DEMOREM A COMENTAR MEU POVO! Amei esse capítulo ser dedicado a minha pessoa 😍😍😍 quero mais pra ontem BEIJOS 💕

    ResponderExcluir
  13. Maravilhoso, amando tudo. Tô curiosa pra ver como vai ser agr col a chegada da Letícia e a Mari grávida. Continua logo!!!!

    ResponderExcluir
  14. Maravilhoso, curiosa pra ver o q vai dar ...
    Continua logo !!!

    ResponderExcluir
  15. maravilhosamente maravilhoso!

    ResponderExcluir
  16. Mds acho q o gilmar merece uns tapas nessa fuça kkk continaa ta mt perfeito

    Ps: madu

    ResponderExcluir
  17. vcs sao umas foofas cara

    ResponderExcluir
  18. gente que que é isso ??? Querem me matar ?? Tenho sentimentos ta ??? Sou apaixonada nesse blog e é por isso que já fica nos meus favoritos !! Meninas vocês são de maaais !!! Continuem logoooo

    ResponderExcluir
  19. necessito de maiiiiis

    ResponderExcluir
  20. Muito bom . Continua logo

    ResponderExcluir
  21. Indica esse blog por favor?? http://voceeosonhoqueomeumundosemprequisnjr.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  22. Oiinn sou Leitora Nova akiii comecei a ler a poukin tempo mais ou menos 2Dias,Assim eu to supreendida com essa fic,Ela ta muito top kara! Nao sei onde vc tirou isso tudo Eu só tenho que te dar meus Parabéns Neguinha!! Continua sim! (Lary Nery) Se for possivel me add No Facebook!

    ResponderExcluir
  23. hoje eu só quero que o dia termine bem.... com a postagem de vcs. kkkk cont

    ResponderExcluir
  24. continuaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaa

    ResponderExcluir
  25. to ficando triste junto com a Mari.:/ tadinha car

    ResponderExcluir
  26. intendo voces meninas e apoio. Sei como é isso de ficar maior tempao escrevendo pra ter pouquissimos comentarios. Espero que não demore muito pro pessoal se ligar e ver que um unico comentario é melhor pra eles mesmo pq vai mais rapido as coisas. beijos e adoro voces

    ResponderExcluir
  27. Ameeeei seu Blog e Principalmente esse Capitulo Giil tem qq sofrer um Pouco kk mais não mate nois do Coração sem posta nn, Ja to viciada :D Posteeeee logo. Mim Add la no WhtasApp (079-96485040 )

    ResponderExcluir
  28. Gostei, mas NUNCA esperaria essa atitude do Gil. Continua pq nao to aguentando de ansiedade aqui

    ResponderExcluir
  29. eu vou matar vcs por ter terminado assim o cap CONTINUA

    ResponderExcluir
  30. por que demorei tanto pra ler? estava perdendo esse capitulo maravilhoso que voces escreveram...

    ResponderExcluir
  31. Indica meu Blog? --> http://loucurasdeumavidacerta.blogspot.com.br/ <-- obrigada desde já :)

    ResponderExcluir
  32. Desculpa a demora pra comentar. Só lembrei agora de comentar. continuem, vcs sao demais

    ResponderExcluir
  33. Ain que vontade de bater nesse gil,merecendo uns belos tapas pra tomar juizo kk..Continua

    Amanda

    ResponderExcluir
  34. concordo com as meninas.. Esse Gil merece uma surra de vara de goiaba. k

    ResponderExcluir
  35. Começei a ler ontem, nao parei enquanto nao acabei e vcs fuderam com o meu emocional, pqp o que é isso?! Mano sofri junto com as menina, to aqui agora sofrendo com a Mari. Tadinha mano nao merece isso, Gl fdp e acho que a Leticia tem q ser deportada u.u me coloca no gruupo 51 99932238
    Uma das nelhores historia q ja li

    ResponderExcluir
  36. Indica por favor meu blog ~> http://fantasiasrealizadas-njr.blogspot.com.br/ <~Obrigada ♥

    ResponderExcluir
  37. Ain meu Deus que perfeiçao,tô amando a fic e ja pode continuar!!

    ResponderExcluir